15 dicas para aproveitar o inverno sem alergias

Doenças respiratórias, provenientes da baixa umidade no ar, costumam aumentar neste período. Saiba como se prevenir

Redação

Com a chegada oficial da estação mais “elegante” do ano, é hora de tirar os tradicionais agasalhos do armário e também de ter cuidados extras com a saúde, pois os registros de doenças respiratórias costumam aumentar neste período,  provenientes da baixa umidade no ar.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o ideal é que a umidade relativa do ar esteja entre 50% e 70%. Abaixo dos 30%, gera alerta e já pode ocasionar alguns desconfortos físicos nas pessoas, o que costuma a acontecer nesta época do ano.

A baixa umidade do ar resseca as vias aéreas e compromete a proteção natural do nariz. São comuns incômodos nasais, que incluem sangramento, além de sintomas como garganta seca, ardência dos olhos, rouquidão, entre outros. Rinite, asma, coriza, espirros e gripe estão entre os problemas mais comuns.

O infectologista Alberto Chebabo, do Lâmina Medicina Diagnóstica, alerta para alguns cuidados importantes nesta época do ano. “Evitar ambientes fechados, lavar sempre as mãos e manter a caderneta de vacinação em dia. Idosos e crianças necessitam sempre de uma atenção especial”, ressalta o especialista.

A  pediatra e pneumologista Natália Barbosa Gomes, do Grupo Prontobaby, destaca que, para crianças e adultos, todo cuidado é pouco, desde fazer a manutenção de áreas da casa até uso correto de materiais de limpeza, que também podem ser vilões do ambiente. Uma orientação de ouro é a vacinação contra a gripe, disponibilizadas em unidades de saúde por todo o país. Além disso, os cuidados em casa vão fazer a diferença.

A aspiração e organização da casa são as principais aliadas na hora de se proteger. Limpar o ar-condicionado, usar antimofo e manter a higiene deixam o ambiente livre de bactérias e fungos, que trazem alergias”, explica a pediatra.

Por isso, é importante ingerir bastante água, lubrificar os olhos, utilizar hidratantes e manter a casa livre de poeira. Ela lista 15 dicas para prevenir doenças e aproveitar da melhor forma a estação mais fria do ano. Confira:

1. Evitar aglomerações – Nesta época o clima fica mais propicio a transmissão de vírus e a proliferação de bactérias e fungos, sendo assim, evitar locais com aglomeração de pessoas diminui este risco.

2. Limpeza regular – é impossível eliminar toda presença de ácaros da poeira, porem é possível sua redução, quanto menor a população de ácaros menor o risco de exacerbações.

3. Aspiração da casa – importante a rotina de aspiração da casa pelo menos 1 a 2 vezes na semana, preferencialmente com aspiradores de filtro HEPA (alguns alérgenos por serem muito pequenos acabam passando pelos filtros normais). Caso não tenha aspirador use a vassoura ou rodo com pano molhado, nunca use a vassoura, pois a mesma levanta a poeira deixando os ácaros no ar.

4. Organização da casa – evitar acúmulo de caixas, roupas e etc, pois podem se tornar locais de acúmulo de poeira.

5. Evite tapetes, carpetes ou cortinas – esses são grandes vilões no acumulo de poeira, por mais limpo e higienizado que sejam o acumulo de partículas que podem desencadear uma crise alérgica é muito grande. Caso não seja possível a retirada destes lembrar-se de lavar regularmente e sempre deixar secar ao sol.

6. Casa livre de mofo – manter sempre vigilância para possíveis infiltrações e focos de mofo pois a presença de fungos e um forte gatilho para a alergia.

7. Arejar a casa – manter a casa arejada diariamente, pelo menos 1x ao dia por 30 minutos permitir a circulação de ar com janelas abertas.

8. Lavagem frequente da roupa de cama – faca a troca frequente da roupa de cama, pelo menos 1x na semana. Fazer a lavagem das mesmas com água quente evita proliferação de germes e mata os ácaros já existentes. Se possível, fazer a secagem na maquina com altas temperaturas, se não, deixe secando exposto ao sol.

9. Utilizar capas em travesseiros e colchões – existem hoje no mercado diversas capas protetoras que são resistentes ao acaro, evitando que os colchões e travesseiros acumulem esse germe. A capa deve ser lavada a cada dois meses.

10. Bichinhos de pelúcia – no quarto de crianças alérgicas estes não devem aparecer, por ser um grande acumulador de poeira. Para aqueles que têm deve-se ser feita a lavagem frequente com água quente e exposição ao sol regular.

11. Uso correto de materiais de limpeza – evitar sempre produtos com forte odor.

12. Limpeza do ar condicionado – atente-se a limpeza regular tanto do filtro quanto de seus dutos, o acumulo de poeira nesses locais pode levar a disseminação de ácaros no ar quando o aparelho estiver ligado.

13. Animais de estimação – manter sempre o animal limpo (banhos semanais) e evitar que este frequente o quarto do alérgico, e se possível, evitar que o animal fique no sofá.

14. Limpeza regular do sofá – manter um sofá limpo e higienizado evita o acúmulo de ácaros.

15. Vacinação – por ser um período propicio à transmissão de vírus a vacinação torna-se essencial para proteção de pacientes alérgicos.

Fonte: Grupo Prontobaby e Lâmina Medicina Diagnóstica

In the news
Leia Mais