5 dicas para deixar a preguiça de lado e praticar exercícios

Dia Mundial da Atividade Física, 6 de abril, chama a atenção para a importância dessa prática para a saúde. Educador físico ensina como tornar a prática mais prazerosa

Redação
Praticar atividade física ajuda a emagrecer e ainda evita doenças (Foto: Divulgação)

Vamos deixar o sedentarismo de lado e colher os bons frutos que a prática regular de atividade física proporciona ao nosso corpo e mente. E não adianta pensar naquela velha desculpa de que é difícil começar, não tem tempo ou que é complicado dar continuidade aos exercícios físicos. Aderir à prática de atividades físicas, por, ao menos, três vezes por semana, só depende de nós.

A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é a prática de 150 minutos por semana de atividade aeróbica de intensidade moderada ou pelo menos 75 minutos por semana de atividade de intensidade vigorosa. Os resultados obtidos no levantamento surgiram da realização de exercícios físicos de no mínimo 20 minutos diários como caminhada rápida, bicicleta ou dança, por exemplo.

Fazer atividade física já é um fator de proteção contra diversas doenças. Movimente-se. “Temos uma tendência de poupar energia. Só que hoje tudo é feito para dar conforto e não precisarmos realizar nada. E, por isso, estamos fadados a adoecer”, alerta o educador físico Sávio Camargo, da Maternidade Escola Januário Cicco, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, da Rede Ebserh.

Sávio destaca que precisamos colocar movimento em nosso dia a dia. Ao Blog da Saúde, do Ministério da Saúde, ele preparou cinco dicas para quem deseja começar a praticar exercícios físicos com regularidade (e muito prazer).

DICA 1 – Experimente diferentes possibilidades

Faça uma caminhada, tente fazer uma corrida, dance, prove modalidades esportivas, faça hidroginástica, musculação, natação ou veja outras alternativas dentro de uma academia ou na sua comunidade.

“É muito importante que você se identifique com o que vai ser mais prazeroso para você. O que você vai gostar de fazer? Quando a gente coloca atividade física como fator de proteção para saúde, é importante experimentar coisas diferentes para fazer da atividade física um hábito, uma coisa prazerosa, que não seja uma obrigação. Por isso, experimentar diferentes possibilidades é uma estratégia muito boa”, recomenda o educador físico.

DICA 2 – Experimente se exercitar em horários diferentes

Faça essa experimentação até descobrir em qual momento do dia você se sente mais disposto, ou qual é o momento que se encaixa melhor na sua rotina.

“Isso vai facilitar que o exercício não seja percebido como obrigação. É importante entender este ponto: colocar a atividade física dentro da sua rotina e fazer com que ela se encaixe no seu dia a dia e seja uma coisa bem natural”, reforça Sávio Camargo.

DICA 3 – Tenha uma boa companhia

Uma boa companhia pode ser o impulso que falta para você começar e continuar a fazer sua atividade física.

“Tudo o que for auxiliar você a fazer atividade física, você precisa dar importância. Tudo que puder ser usado a favor da prática esportiva deve ser usado”, aconselha.

DICA 4 – Inicie com cargas baixas

Tente adquirir o condicionamento físico aos poucos. Não se esforce exageradamente, para manter no exercício uma sensação prazerosa.

“Com a sequência das atividades, você pode ir aumentando um pouco as cargas de exercícios. Mas, inicie com cargas baixas e vá aumentando aos poucos para trazer um condicionamento melhor para o corpo, até chegar no ponto onde terá um benefício para saúde. Se já começar querendo fazer muita coisa, você pode não sentir prazer naquilo e se desmotivar”, alerta o educador físico.

DICA 5 – Não fique planejando demais

Vista a roupa, calce um sapato confortável e comece! Planejar demais, esperar por isso ou por aquilo pode te desmotivar e fazer com que você não comece nunca.

“Você sempre vai adiar, se planejar demais. Sentiu a necessidade, inicie. Vá fazer uma caminhada. No outro dia, tente uma coisa diferente, mas faça. Quanto antes vier esta pratica regular, melhor vai ser para sua saúde”, finaliza Sávio.

Movimente-se

Gostou das dicas? Então, mãos à obra. Coloque este corpo para se mexer e aproveite os inúmeros benefícios para a saúde física e mental.

Veja ainda:

Como andar de bicicleta pelas cidades
Praticar atividade física reduz risco de morte por câncer e doenças crônicas
Atividade física ajuda a reduzir uso de remédios

Do Blog da Saúde, com Redação

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.