5 dicas para não perder a autoestima na busca por emprego

Em entrevista exclusiva ao ViDA & Ação, psicóloga e job hunter dá dicas preciosas. Tais Targa lança guia sobre recolocação nesta segunda (24) no Rio

Rosayne Macedo

taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,5% no trimestre de fevereiro a abril, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São nada menos que 13,2 milhões de brasileiros em idade produtiva à margem do mercado de trabalho. Uma alta de 4,4% em relação ao trimestre anterior.

Alguns desses trabalhadores estão há mais de um ou dois anos sem emprego formal! A pesquisa também apontou que 4,9 milhões de pessoas já desistiram de procurar emprego. Sem dúvida, é a pior crise de que se tem notícia nos últimos anos no Brasil. E não há sinais de melhora a curto nem médio prazos.

Quem se encontra nesta situação, sabe muito bem que a autoestima vai lá no pé: afinal, como reconquistar a autoconfiança e seguir na luta por uma justa recolocação? Em seu novo livro, a psicóloga e job hunter Tais Targa dá dicas preciosas. Ela autografa “Você de emprego novo! O guia perfeito para seu projeto de recolocação” nesta segunda-feira, dia 24 de junho, no Shopping Leblon, no Rio de Janeiro.

À seção Ler Faz Bem, a autora lista 5 dicas úteis para quem pretende se recolocar no mercado:

  1. Encare este momento com uma grande provação, não se culpe e olhe para o seu histórico profissional, não esqueça das suas realizações e do quanto já colaborou positivamente quando estava empregado. Para isto, não use o termo desempregado (a). Quando for falar de você diga simplesmente que está em recolocação e qual é a sua profissão.
  2. Pratique gratidão. Mesmo nos piores momentos pratique a gratidão. Reserve um tempo, preferencialmente à noite, e agradeça as bençãos que recebeu. Tem gente que sonha com água potável ou com um banho quente. Tenha um caderninho e anote diariamente 5 situações pelas quais você é grato.
  3. Aproveite o momento para se reinventar, fazer novos cursos (a internet oferece muito conteúdo gratuito). Leia um livro por semana, aprenda novas ferramentas tecnológicas e veja quais competências pode desenvolver. Às vezes um momento de pausa na carreira pode ser um divisor de águas para o desenvolvimento de suas competências profissionais.
  4. Peça a ajuda de parentes e amigos (nesta hora é que a gente vê com quem pode contar). Nada como uma boa crise pra fazer um “detox” nos relacionamentos. Aproveite a deixa e se afaste das pessoas pessimistas.
  5. Invista na qualidade dos seus pensamentos. Tente varrer os pensamentos negativos e derrotistas. Pratique gratidão nestes momentos. Tenho certeza de que tem muita gente em posição muito pior que a sua. Lembre-se, você é aquilo que pensa. Pare de comparar o seu bastidor com o palco nos outros. Se for pra comparar, que seja com você mesmo. Tente dar o seu melhor pra ser um profissional mais competente do que era há um ano atrás. Invista a sua energia e o tempo livre no seu próprio desenvolvimento, comprometa-se agora a ser um ser humano melhor. Use o tempo livre para isto.

MAIS SOBRE O LIVRO

No livro, Tais Targa busca dar dicas e ajudar o trabalhador a conquistar os seus objetivos; aprofundar estratégias e planejamentos para que o público se recoloque no mercado de trabalho. “Vejo diariamente pessoas incertas em relação ao futuro, desesperadas porque não sabem se conseguirão garantir o futuro e o bem-estar da família”, comenta.

O livro apresenta formas de compreender a situação atual e oferecer ferramentas para reinventar a si mesmo. “Foi assim que eu fiz, foi assim que tantos profissionais que atendi usaram essa pausa”, relata. O livro aborda outros temas, como recolocação 50+, produtividade, LinkedIn, e entre outros.

Sobre a autora

Tais Targa é psicóloga, coach, mestre em Educação, job hunter, especialista em Recolocação e Carreira. Reconhecida como uma das 15 brasileiras que mais influenciaram o LinkedIn em 2016 – LinkedIn Top Voices.

Vlogueira, palestrante, escritora, viciada em redes sociais e empreendedora, é também diretora da empresa TTarga Carreira e Recolocação.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.