6 dicas de cuidados com a pele do idoso

Cartilha da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) destaca as principais doenças da pele dos idosos, medidas de prevenção e recomendações sobre envelhecimento

Redação

Estudos e pesquisas apontam o crescimento da população idosa no Brasil. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018, o indicador da população idosa estava em 13%. Em 2030, as projeções do órgão apontam para 32%. Isso significa que em cerca de 20 anos, o Brasil terá mais idosos que crianças e adolescentes de 15 anos de idade.

Diante deste cenário, a sociedade necessita estar preparada para cuidar da pele envelhecida. A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) elaborou uma cartilha  com os cuidados com a pele do idoso. O material destaca as principais doenças da pele das pessoas com idade mais avançada, medidas de prevenção e recomendações sobre envelhecimento e pele saudável – veja a cartilha AQUI.

Diante de tantas alterações na pele do idoso, benignas, malignas ou potencialmente graves, o cuidado é essencial. Ter acesso à informação correta é um importante diferencial no atendimento dessa população cada vez maior e mais atuante na sociedade”, afirma  Luiz Gameiro, assessor do Departamento de Geriatria da SBD.

Elaborada em parceria com a Secretaria da Pessoa Idosa, vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, a cartilha será lançada durante o 2° Simpósio de Envelhecimento e 12° Simpósio de Cosmiatria e Laser, no Rio de Janeiro.

O envelhecimento é um processo natural, universal e a pele é um órgão que se modifica muito com o passar dos anos. Perda da hidratação, oleosidade e elasticidade e aumento de sua fragilidade, física e defesa imunológica são algumas consequências do envelhecimento.

“Cuidados diários envolvendo o uso de protetor solar, limpeza e hidratação são capazes de garantir o envelhecimento com uma pele saudável”, explica Silvia Marcondes, coordenadora do Departamento de Geriatria da SBD.

CONFIRA AS DICAS

– Beber no mínimo dois litros de água por dia (exceto quando existir contraindicação do seu médico geriatra ou clínico);

– Evitar banhos quentes e muito demorados; evitar se ensaboar demais e usar buchas, que também contribuem para alterar a composição do manto hidrolipídico (hidratante natural produzido pelo organismo) que protege a pele;

– Usar hidratante logo após sair do box – ainda no banheiro – com aquele vaporzinho pós-banho, que ajuda na penetração do creme;

– Para pele oleosas e acneicas, evitar hidratante comum no rosto, usar oil free nas áreas de maior oleosidade (Rosto e Tórax);

-Os lábios também costumam ressecar muito no inverno. É importante usar hidratantes específicos para essa região e, assim evitar rachaduras;

– Usar filtro solar diariamente.

Sobre os hidratantes

Os hidratantes não precisam ter composto efetivo. O importante do hidratante é conter substâncias que tenham propriedades emoliente (aumenta a camada lipídica), umectante (capaz de levar água das camadas mais profundas da pele para a superfície e até retirar agua do meio ambiente quando a umidade do ar for alta) e oclusiva (diminui a evaporação da água). Normalmente os hidratantes comerciais contem ureia ou lactato de amônio, ácido hialurônico, glicerol, dimeticone, alantoina, ácidos graxos e outros compostos.

CURSO PARA CUIDADOS DE IDOSOS

A SBD promove, pelo segundo ano consecutivo, o curso “Cuidados da Pele do Idoso: o que é importante a população saber para cuidar da pele envelhecida”. A atividade acontece no primeiro dia do Simpósio de Envelhecimento da SBD Nacional, 28 de março (quinta-feira), das 10h às 12h, no Hotel Windsor Oceânico, na Barra da Tijuca (RJ), e prioriza inscrições para os cuidadores profissionais e familiares de idosos.

Diagnóstico precoce do melanoma, doenças mais comuns nesse período da vida e prevenção dessas enfermidades são alguns dos assuntos em pauta. Os interessados em participar da atividade podem se inscrever pelo e-mail graca@sbd.org.br, informando nome completo, CPF, RG e telefone de contato. O curso tem lotação máxima de 50 pessoas e o valor é de R$ 50,00.

Da SBD, com Redação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.