‘A História da Ciência para Quem Tem Pressa’

Curiosidades sobre Medicina e Biologia são alguns dos temas deste instigante livro que conta um pouco as histórias das descobertas científicas e seus autores

Domenico-Fetti_Archimedes Archimedes, cientista grego, cunhou a expressão 'eureca', que significa "encontrei”, “descobri”

Sabemos todos que o mundo, nos últimos 200 anos, passou por retumbantes progressos científicos, tecnológicos e sociais: do advento de vacinas à descoberta do automóvel, além da criação da internet. É isto que vamos verificando à medida que lemos ‘A História da Ciência para Quem Tem Pressa – De Galileu a Stephen Hawking em 200 páginas!’, como os principais beneficiados desses progressos científicos que somos.

Embora goste de Ciências, sou — como a maioria de nós — totalmente leiga no assunto. Pois é este o barato deste livro, que nos dá a conhecer as principais descobertas científicas desde os tempos antigos até a nossa era, em linguagem simples, mas instigante, para leigos.

São sete capítulos com temas que abrangem várias ciências, entre elas, medicina, biologia, matemática, astronomia, geologia e por aí vai. A publicação vai nos contando de que maneira e como as ciências e as descobertas científicas foram transformando o mundo e quem mora nele de forma definitiva e grandiosa.

A cada página, vamos conhecendo um pouco das histórias dos autores das descobertas e, claro, suas descobertas. Descobrimos que o inventor do www da internet,Tim Berners-Lee, foi proibido de usar os computadores da sua universidade, depois de descobrirem que ele estava hackeando o sistema.

Ciência, do latim scientia, conhecimento, é exatamente o que o livro retrata: um esforço aplicado, criativo e sistemático de saber como o universo funciona e como funcionam todos e tudo que cabem dentro deste universo.

Curiosidades sobre filósofos

Lançada em 2017 e escrita pelas autoras e editoras especializadas em obras científicas, Nicola Chalton e Meredith MacArdle, a obra traz as histórias de Aristóteles e Marie Curie, entre outras feras do ramo. Curie nasceu em Varsóvia, então parte do Império Russo. Estudou na Sorbonne, onde se formou como a primeira aluna da turma em 1893.

Em 1903, tornou-se a primeira mulher a ganhar o Prêmio Nobel, concedido a ela por suas pesquisas sobre radiação na área da física, com Pierre, seu marido, e Henri Becquerel. Em 1911, ganhou seu segundo Prêmio Nobel, desta vez em química, por sua descoberta dos elementos químicos rádio e polônio. A façanha tornou-a a primeira cientista a ganhar dois Prêmios Nobel em diferentes áreas do conhecimento.

Já o grego Aristóteles, embora mais conhecido como filósofo, interessava-se por todos os aspectos do mundo natural. Não por acaso é considerado o primeiro grande biólogo do mundo. Relacionou uma enorme quantidade de dados sobre o comportamento e a estrutura de plantas e animais, classificando mais de 500 espécies diferentes. É eureca que não acaba mais.

Como nasceu a “eureca”

]Eureca, aliás, vem do grego heuriskéin e significa “encontrei”, “descobri”. A palavra teria sido dita pelo cientista grego Arquimedes de Siracusa (287 a.C. – 212 a.C.), quando descobriu como poderia calcular o volume da coroa do rei, sem precisar derretê-la e deixar seu soberano furioso.

Arquimedes decidiu, então, tomar um banho (talvez para dar uma relaxada). Ao entrar na banheira, observou que o nível da água subia.  Fez uma analogia com a coroa: mergulhou-a na água e calculou o volume de água deslocado, que intuiu ser equivalente.

Dizem as más línguas da época que Arquimedes saiu nu, correndo pelas ruas e gritando eufórico: “Eureca! Eureca!” (Achei! Achei!). Vai saber… Mas a descoberta ficou conhecida,  de fato,  como o princípio de Arquimedes, considerado um dos principais cientistas da Antiguidade Clássica.

Até domingo que vem!

SOBRE AS AUTORAS

nicola chalton

Nicola Chalton (foto) escreveu e editou diversas obras de teor histórico e de não ficção, entre as quais uma série de livros sobre a história da ciência e da filosofia. É proprietária de uma pequena editora em North Yorkshire, a qual administra em parceria com a sócia. Meredith MacArdle é escritora e editora residente em Londres.

SERVIÇO:

A-Historia_da_Ciencia-Para_Quem_Tem_Pressa

  • Livro: A História da Ciência para Quem Tem Pressa – De Galileu a Stephen Hawking em 200 páginas
  • Autoras: Nicola Chalton e Meredith MacArdle
  • Páginas: 197
    Preço: R$ 34,90
  • Editora: Valentina

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais