Ajuda humanitária em forma de alimentos e materiais de limpeza

Governo do Estado distribui 1 milhão de kits a famílias de 16 municípios. Prefeitura do Rio entregou 23 mil cestas. Faetec anuncia que distribuirá 12 mil cestas

Cestas básicas são entregues a famílias em Itaboraí (Fotos: Rafael Gomes / GovRJ)

Patrick Costa Lima trabalhava em uma montadora de andaime, mas ficou desempregado com a pandemia do novo coronavírus. “Não estou conseguindo nem trabalho temporário. A situação está de mal a pior”, diz o morador de Itaboraí (RJ). Ele foi um dos primeiros a receber a cesta básica do Mutirão Humanitário do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Camila Dias também reforçou a importância do programa durante esse período de pandemia. Sou trabalhadora autônoma e o cenário atual me afetou diretamente. Só tenho a agradecer por essa ajuda”, disse.

Até o próximo fim de semana, mais de 27 mil famílias vão receber as cestas básicas do Mutirão Humanitário em Itaboraí. Para evitar aglomerações, os beneficiários recebem um SMS com data, local e horário marcado para retirada das cestas. O programa entrega cestas básicas à população em situação de extrema pobreza ou baixa renda por causa da crise do novo coronavírus. Inicialmente, estão sendo beneficiadas pessoas já inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

O programa é coordenado pela Vice-Governadoria do Estado e conta com a parceria das secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e de Governo (Segov). Outras secretarias e órgãos do Estado estão ajudando na logística. As cestas começaram a ser distribuídas no dia 22 em Queimados, beneficiando mais de 19 mil famílias. Só nesta terça-feira (28) foram entregues cerca de 3 mil kits de alimentação e de higiene pessoal em Itaboraí. Além de escolas municipais, o posto de vistoria do Detran.RJ no município recebeu o Mutirão Humanitário.

Como retirar o kit – O beneficiário vai receber dois SMS: o primeiro, informa o direito ao benefício; no segundo, recebe um código, além do dia, hora e local da retirada do kit. Toda a ação do Mutirão Humanitário é monitorada por um sistema de inteligência artificial, que mostra em tempo real quem abriu o SMS e aqueles que retiraram as cestas básicas. Para consultar se tem direito ao benefício ou tirar qualquer dúvida basta acessar o site mutiraohumanitário.com.br.

Doações da iniciativa privada – O Governo do Estado do Rio de Janeiro criou um grupo de trabalho para mobilizar empresas para a captação de doações de equipamentos médicos e cestas básicas para ajudar no combate à propagação da Covid-19. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado de segunda-feira (27/04). Os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e equipamentos hospitalares doados serão enviados à Secretaria de Saúde, e as cestas básicas, com materiais de higiene e limpeza e água mineral, encaminhadas para o RioSolidario. O governo garante a isenção do imposto incidente sobre doações (ITCMD).

Faetec vai distribuir 12 mil kits de alimentos

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), instituição vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, vai distribuir 2.400 cestas básicas para os estudantes matriculados na Educação Básica e na Escola Especial Favo de Mel, voltada para alunos com deficiência intelectual. A previsão é de que cerca de 12 mil kits de alimentos sejam distribuídos. De acordo com o presidente da Faetec, Romulo Massacesi, única escola pública voltada à formação profissional de pessoas com deficiência do Brasil foi a primeira a receber as as cestas básicas.

As unidades devem criar um plano de ação para que seja realizada uma logística de contato com o aluno ou um representante de sua família, para o agendamento da entrega da cesta básica. Cada escola vai organizar a ação, com o objetivo de não promover a aglomeração de pessoas, assim como um controle de identificação dos alunos contemplados com a entrega. Dependendo da quantidade de estudantes, a ação poderá ser realizada em diferentes dias e turnos.

Instituto Vital Brazil entrega cestas básicas em Niterói

O centenário Instituto Vital Brazil (IVB),  um dos 21 laboratórios oficiais brasileiros e um dos quatro fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos para o Ministério da Saúde,  também está fazendo a sua parte. A unidade começou a distribuir nesta quinta-feira (16) alimentos e itens de higiene e limpeza para moradores das comunidades Vital Brazil e Souza Soares, que ficam perto da instituição, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.
Até o momento, o IVB arrecadou mais de meia tonelada de produtos alimentícios, o que irá beneficiar centenas de pessoas neste momento em que a pandemia da Covid-19 avança pelo estado e país. Com a ajuda de moradores e comerciantes da região, foram recolhidos mais de 600 quilos de arroz, feijão, macarrão, açúcar, farinha, óleo, leite em pó, fubá, entre tantos outros. Também foram arrecadadas centenas de litros de água sanitária, sabonetes, frascos de detergente, creme dental e papel higiênico.
A distribuição dos produtos arrecadados é feita de acordo com um cadastro realizado na comunidade do Vital Brazil. O IVB disponibilizou um grande espaço em seu almoxarifado para receber as doações e realizar a montagem de cestas básicas. As doações podem ser feitas na entrada da instituição (Rua Maestro José Botelho 64, Vital Brazil, Niterói), de segunda a quinta, das 8h às 17h.

Prefeitura do Rio já entregou 23 mil cestas básicas

A Prefeitura do Rio de Janeiro também tem se empenhado em garantir a sobrevivência de milhares de famílias cariocas afetadas economicamente pela pandemia. Desde março já distribuiu cerca de 23 mil cestas básicas para a população, incluindo taxistas, ambulantes legalizados, pacientes de hemodiálise e moradores de comunidades beneficiados pelo programa Territórios Sociais, que auxilia pessoas em situação de extrema pobreza. Parte do material foi comprado pelo município, que também recebeu doações de empresas. Está programada para as próximas semanas a entrega de outras 14.700 cestas na cidade.
O site Sportingbet, pertencente à GVC Holdings PLC, um dos maiores grupos de apostas esportivas e jogos do mundo, ofereceu à prefeitura 16 mil cestas básicas que serão doadas às famílias com casos confirmados de Covid-19 e pessoas em grupos de risco. As cestas básicas contêm: arroz, feijão, óleo de soja, fubá de milho, açúcar refinado, sal, café, achocolatado em pó, macarrão espaguete com ovos, farinha de trigo, extrato de tomate, biscoito recheado, leite em pó integral, tempero completo e sabonete.
Serão 16 pontos de distribuição das cestas básicas, considerando hospitais de referência e de campanha, as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), as Clínicas da Família, e as Lonas e as Arenas de Cultura. Famílias com casos confirmados de covid-19 e com pessoas em grupos de riscos (idosos, fumantes e portadores de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, asma) terão prioridade no recebimento da cesta básica. Cada ponto de distribuição entregará até 500 unidades por dia, em dois turnos, de forma a evitar a aglomeração das pessoas.
ASSISTÊNCIA SOCIAL – A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos comprou 25 mil cestas básicas. Das 20 mil já entregues pelo fornecedor, 12.200 foram para ambulantes legais (8.100) e taxistas auxiliares (4.100). A distribuição ocorreu em pontos de apoio da Guarda Municipal e num sistema drive thru montado no Riocentro, respecitivamente.
Das 7,8 mil cestas em estoque, 6 mil serão entregues para auxiliares de ambulantes, a partir da próxima segunda-feira. As 5 mil que faltam ser entregues pelo fornecedor chegam na semana que vem e serão destinadas a grupos que não eram alcançados anteriormente pela Assistência Social, como: mototaxistas, guardadores de veículos, associação de Músicos, comunidades quilombolas e ambulantes de trem do ramal Santa Cruz.
A Assistência Social recebeu ainda a doação de 3 mil cestas, via Secretaria de Cultura. Todos os pacotes entregues têm arroz, feijão, farinha, óleo, sal refinado, açúcar, leite em pó, café, macarrão, extrato de tomate, sardinha em lata, fubá de milho, achocolatado em pó e biscoitos.
EDUCAÇÃO E CULTURA – A Secretaria de Educação entregou, em 19 de março,  1.500 cestas básicas para as famílias de alunos que foram almoçar nas escolas nos dois primeiros de suspensão das aulas, em março. Já a Secretaria de Cultura entregou 2.888 cestas básicas, doadas pela empresa Sportingbet, para profissionais da cultura que atuam na cidade. Ainda serão distribuídas 270 cestas, fruto da mesma parceria. Ao todo, a campanha vai beneficiar 12.640 pessoas das zonas Norte, Oeste e Sul e do Centro.

OBRA SOCIAL ABRACE O RIO – A Obra Social Abrace o Rio já conseguiu entregar 1.775 cestas básicas. Desse total, 1.290  foram para famílias do Programa Territórios Sociais, do Instituto Pereira Passos, que atende pessoas  que vivem abaixo da linha da pobreza e em regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Do material arrecadado, mil cestas foram entregues pela comunidade chinesa do Rio, por meio da Câmara de Intercâmbio Cultural Brasil/China.

PESSOA COM DEFICIÊNCIA E TECNOLOGIA – A Secretaria da Pessoa com Deficiência e Tecnologia está distribuindo até o fim desta semana 1.700 cestas básicas, sendo 200 doadas por servidores e parceiros e  1.500 ofertadas pela Sportingbet. Estão sendo beneficiados os usuários dos equipamentos municipais e de centros de convivência, além de funcionários de limpeza, vigilância e de entidades parceiras.

VIGILÂNCIA SANITÁRIA Entregou 520 cestas, entre os dias 17 e 27 deste mês, a pacientes em tratamento de hemodiálise em unidades da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

DIVERSIDADE SEXUAL – A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual doou 950 cestas para instituições que apoiam e acompanham a população LGBT no Rio. A entrega teve início no fim de março, e a distribuição mais recente, de 200 pacotes, ocorreu ontem (28/04).

RIOTUR – Mestres e diretores de baterias das escolas de samba do Rio criaram a campanha “Ritmo Solidário” e arrecadaram 100 cestas básicas. Famílias da Acadêmicos de Santa Cruz, do Salgueiro e da Estácio já foram atendidas. O mutirão ocorre no Sambódromo, espaço gerido pela Riotur. Informações e contato para doações pelo e-mail ritmosolidario@gmail.com.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais