Tragédia humana: Brasil tem 29% das mortes por Covid no mundo. Até quando?

País tem apenas 2% da população mundial. São 310 mil mortes, sendo 3.400 em apenas um dia. SP fiscaliza aglomerações e Rio vacina no domingo

Rosayne Macedo
Silvino Policarpo da Silva, de 72 anos, já teve Covid-19 e foi o primeiro a se vacinar no posto do Jockey Clube (Foto: Edu Kapps / SMS-RJ)

Com apenas 2% da população mundial, o Brasil concentra hoje 29% dos casos de Covid registrados dentre todos os países. São mais de 310 mil mortes neste sábado (27/3) e uma média diária que ultrapassa 3.400 óbitos. Apesar disso, nas cidades que decretaram medidas mais restritivas para conter a catástrofe humana nos 10 dias do feriadão prolongado, muita gente ainda ignora as vidas perdidas e viola as regras de distanciamento social e  uso de máscaras. Um completo desrespeito com os profissionais de saúde que estão exaustos nos hospitais superlotados e desprezo pelas famílias que choram a perda de seus entes queridos.

A situação é de caos absolutos por conta da falta de leitos de UTI para atender tantos doentes graves ao mesmo tempo. Na sexta-feira (26/3), o jornalista, radialista e advogado José Carlos Cataldi, de 68 anos, morreu enquanto esperava na fila de uma UTI num pronto-socorro de Pindamonhangaba. Enquanto isso, segue em ritmo ainda abaixo do esperado – e necessário – a vacinação contra a Covid. Pouco mais de 7% da população brasileira (cerca de 15 milhões de pessoas) foram vacinadas nesses dois meses de campanha. Para piorar, a chegada da temporada da gripe H1N1 e um surto de dengue podem agravar ainda mais a já trágica situação nas unidades de saúde.

Confira algumas das notícias oficiais da pandemia neste domingo:

Fiscalização encontra 352 pontos de aglomeração em São Paulo

O trabalho do Comitê de Blitze de São Paulo realizado na noite deste sábado (27) permitiu a dispersão de 352 pontos de aglomeração em diferentes regiões da capital paulista e na vistoria de 196 estabelecimentos, com a autuação de 26 deles pela Vigilância Sanitária, Procon e agentes municipais de fiscalização, por descumprimento da fase emergencial do Plano São Paulo na Capital. Dois eventos também foram encerrados na região do Brás.

As reuniões aconteciam em dois locais distintos na Rua Doutor Costa Valente. Os organizadores foram levados até o 78° Distrito Policial, onde foram autuados por infração de medida sanitária preventiva. Em outro endereço na mesma rua, os responsáveis por um bar foram autuados pelos agentes do comitê da Blitze pela identificação de pessoas sem máscaras, de uso obrigatório.

As ações da Polícia Militar resultaram na prisão de 13 pessoas, sendo sete delas procuradas pela Justiça. Ao todo, 10.186 veículos foram vistoriados e 113 deles, produto de furto e roubo, foram recuperados e serão restituídos aos seus proprietários.

Parceria e fiscalização – O Comitê de Blitze foi criado em 12 de março em parceria com a Prefeitura de São Paulo. O objetivo é reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas da fase emergencial e evitar a propagação do coronavírus.  Desde o dia 1º de julho de 2020 a 24 de março de 2021 a Vigilância Sanitária Estadual realizou 230.515 inspeções e 5.019 autuações.

Integram o Comitê agentes da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo. Pelo Governo do Estado, atuam profissionais da Vigilância Sanitária, Procon e das Polícias Civil e Militar.

Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br, do Centro de Vigilância Sanitária.

Rio de Janeiro vacina idosos neste domingo

Idosos cariocas acima de 70 anos se vacinam em posto do Jockey Clube (Foto: Edu Kapps / SMS-RJ)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inaugurou, na manhã deste domingo, dia 28 de março, um novo posto de vacinação na Zona Sul do Rio de Janeiro. O Jockey Club Brasileiro, a partir de agora, faz parte dos mais de 240 endereços destinados à vacinação da população do município do Rio de Janeiro. Idosos de 72 ou mais tiveram mais uma oportunidade de tomar a vacina contra a Covid-19. 

Primeiro idoso a ser vacinado, neste domingo, Silvino Policarpo da Silva, de 72 anos, morador de Bonsucesso, que já teve Covid-19, contou como foi a experiência. “Quando li no jornal que teria vacinação, hoje, peguei um táxi e vim. Estava muito ansioso para tomar a vacina, pois já tive a doença e fiquei internado por seis dias. Agora, também tenho a esperança de voltar a trabalhar”.

Cerca de 630 mil cariocas já receberam a primeira dose da vacina, o que corresponde a 10% da população. Nesta segunda-feira, dia 29, a SMS inaugura mais um ponto de vacinação no Hotel Fairmont Copacabana. Seguindo o calendário de vacinação, a imunização será destinada a homens e mulheres, de 71 anos, sendo elas pela manhã  (8h às 13h) e eles à tarde (13h às 17h). O novo ponto de vacinação funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Idosos cariocas acima de 70 anos se vacinam em posto do Jockey Clube (Foto: Edu Kapps / SMS-RJ)

Hoje é o primeiro dia que estamos realizando a vacinação no domingo. O objetivo desta repescagem é vacinar quem, durante a semana ou no sábado, não conseguiu  ir a um posto.  Dependendo da demanda de hoje, passaremos a vacinar todo domingo em algum ponto da cidade”,  disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz. 

O presidente do Jockey Club Brasileiro, Raul Lima Neto, comentou sobre a inauguração do posto. “A parceria entre o Jockey Club Brasileiro e a Prefeitura do Rio é motivo de muita felicidade, pois traz esperança neste momento difícil que estamos vivendo. Colocamos à disposição um espaço amplo para atender a população carioca, que será atendida não só pela equipe médica, mas também com funcionários voluntários do Jockey”.

Nesta segunda-feira, dia 29 de março, um novo posto de vacinação será aberto no Hotel Fairmont Copacabana. Seguindo o calendário, a imunização será destinada a homens e mulheres, de 71 anos, sendo elas pela manhã  (8h a 13h) e eles à tarde (13h a 17h). O novo ponto de vacinação funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Também a partir desta segunda-feira, dia 29 de março, os postos drive thru do Sambódromo e do Engenhão, que já vinham funcionando aos sábados, passarão a receber a população também de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, como já acontece no Parque Olímpico. Além desses postos, o drive thru da Uerj funciona nesta semana até a quinta-feira, 01, aplicando a 2ª dose para quem tomou a 1ª no local.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais