Campanha para doação de sangue em hospital do Rio

Confira o roteiro do projeto Roda-Hans no Rio, evento sobre diabetes em São Paulo e outras atividades na Agenda Positiva da semana

Redação

Com uma das maiores emergências da cidade do Rio de Janeiro e, portanto, necessidade de grande volume de sangue para transfusões que são necessárias nos procedimentos, o Hospital Municipal Miguel Couto (HMMC) promove nesta sexta-feira, dia 23 de agosto, mais uma edição da campanha “Doe Sangue, cada doação salva até quatro vidas”. A ação acontece das 10 às 15h e é a segunda realizada este ano pela unidade, localizada na Rua Bartolomeu Mitre 1800, Gávea, zona sul carioca. O objetivo é repor os estoques de sangue em caráter emergencial. A ação é uma parceria com o Hemorio.

Na primeira edição deste ano, que aconteceu dia 28 de abril, cadastraram-se ao todo 130 doadores e foram coletadas 108 bolsas de sangue no total, que vão ajudar a salvar vidas, dando esperanças para quem necessitava de transfusão em casos de alto risco. Os doadores poderão receber, caso necessário, declaração de comparecimento e dispensa médica para apresentar no trabalho. Os resultados dos exames dos participantes da campanhas erão entregues no prazo de 30 dias.

Os interessados em participar da campanha de doação de sangue devem atender alguns requisitos básicos, como ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos necessitam do consentimento do responsável) e pesar mais de 50kg. É necessário também levar documento oficial com foto, ter feito repouso por, pelo menos, seis horas na noite anterior à coleta e ter evitado a ingestão de comidas gordurosas nas três horas que antecedem a doação.

Para quem teve gripe, resfriado ou febre, é preciso aguardar uma semana após o término dos sintomas apontados. Pessoas que tenham colocado piercings ou que tenham feito tatuagens deverão aguardar por 12 meses após os procedimentos para participar da doação. Mães que estejam em fase de amamentação podem doar após o 12º mês do parto. Não podem doar sangue as pessoas que possuem infecções sexualmente transmissíveis ou que tenham injetado drogas ilícitas no corpo.

Carreta contra a hanseníase percorre municípios do Rio

Com duas semanas atravessando o Estado do Rio de Janeiro, o projeto Roda-Hans já registrou 1.122 atendimentos, identificando 35 casos de hanseníase, além de realizar 33 exames de baciloscopia e capacitar 282 profissionais de saúde. Agora, depois de passar por sete cidades, a carreta está estacionada esta semana nos municípios de Itaboraí e São Pedro da Aldeia, das 8h às 17h.

Realizada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro, em parceria com o Ministério da Saúde, a iniciativa consiste em uma carreta com consultórios e laboratório que percorre 19 municípios para conscientizar a população sobre a hanseníase e combater o preconceito associado à doença. Inédito no Rio, o projeto começou a rodar o estado no último dia 5, data que marcou o Dia Estadual de Conscientização,  Mobilização e Combate à Hanseníase.

Nos dias 26, 27 e 28 de agosto o projeto itinerante estará em Campos e nos dias 29 e 30, em Macaé. Em setembro, o Roda-hans vai percorrer as cidades de Itaperunsa (2, 3 e 4), Santo Antônio de Pádua (5 e 6), Nova Friburgo (9, 10 e 11), Cordeiro (12 e 13), Vassouras (16, 17 e 18),  Resende (19 e 20), Volta Redonda (23 e 24) e Angra dos Reis (25, 26 e 27). Veja mais aqui.

Saúde e vitalidade depois dos 50

Fernanda Abreu e Toni Garrido são protagonistas da campanha criada por uma marca de suplemento alimentar para pessoas com essa faixa etária. O lançamento será promovido pelo UOL AD_LAB, a plataforma de soluções de marketing do UOL, no evento “Celebra 50” em parceria com a marca Vitasay, no dia 22 de agosto, na Casa Dözen, no Rio de Janeiro. A festa receberá atrações musicais e tem como objetivo ressaltar a vitalidade das pessoas a partir dos 50 anos.

A atual campanha da Vitasay50+ conta com a regravação da música “Tempos Modernos”. Além dessa apresentação principal, haverá pocket shows individuais com esses dois consagrados nomes da música brasileira. Outros artistas, como o DJ Math Gori e DJ Tartaruga, também estão confirmados para o evento. Com apoio da promoter Carol Sampaio, a festa receberá cerca de 400 convidados.

Debate sobre homens e igualdade de gênero

A Secretaria de Estado de Saúde, em parceria com a ong Promundo, realiza evento sobre homens e igualdade de gênero. Inédito no Rio, o debate, que acontece nesta quinta-feira (22), tem como objetivo discutir o envolvimento de homens como aliados na promoção da igualdade de gênero. As inscrições, gratuita, podem ser feitas pelo endereço https://bit.ly/2P5rp6m

O debate, que é gratuito, aproveita o mês em que é celebrado o Dia dos Pais para abordar o envolvimento de homens em paternidade e cuidado e, além disso, servirá como palco para o lançamento do segundo relatório “Situação da Paternidade no Brasil”, elaborado pela Promundo.

EM SÃO PAULO

Evento reúne pessoas com diabetes tipo 2 e cuidadores

Com o intuito de sensibilizar as pessoas sobre o risco cardiovascular associado ao diabetes tipo 2, a ADJ Diabetes Brasil firmou parceria com a Novo Nordisk para promover o workshop “Quem Vê diabetes Vê Coração”, no próximo sábado (24), a partir das 9h, na sede da associação. O evento é voltado para pessoas com diabetes tipo 2 e cuidadores. A iniciativa é gratuita.

A iniciativa tem o intuito de promover na primeira parte do evento um bate-papo sobre diabetes e o risco cardiovascular. O workshop será conduzido por uma educadora em diabetes e um cardiologista que irão abordar de forma interativa e educativa as práticas saudáveis, como ajudar a escolher os melhores alimentos, como incorporar a atividade física à rotina diária e o uso correto dos medicamentos, dentre outros.

Sabe-se que a glicemia constantemente elevada causa danos aos vasos sanguíneos, sendo fator de risco para insuficiência cardíaca. Estima-se que 80% dos indivíduos com diabetes tenham pressão alta e 55% taxas elevadas de colesterol.

Na segunda parte, o evento promoverá uma oficina sobre a Fotografia e o Coração. A atividade busca reforçar a ideia da importância dos cuidados com o diabetes na prevenção das doenças cardiovasculares. A fotografia funciona como um espelho das pessoas, do mundo e da vida. É o coração que bate no seu próprio ritmo, respeitando e expressando, por meio da fotografia, muitas histórias de vida.

Para o encerramento do evento, um piquenique será oferecido em um parque de São Paulo, onde os participantes poderão desfrutar deste encontro ao ar livre e registar todos os momentos por meio de seus celulares. Posteriormente, as fotografias tiradas na ocasião serão apresentadas em uma exposição.

Lançada em junho de 2019 pela Novo Nordisk, a campanha “Quem Vê Diabetes Vê Coração” conta com apoio de entidades e sociedades médicas brasileiras. Para mostrar que o coração está mais perto do diabetes do que se imagina, a iniciativa prevê uma série de ações durante o ano em diferentes regiões do Brasil. Mais informações podem ser acessadas nowww.adj.org.br.

Cuso ensina como lidar com jovens portadores de doenças crônicas

O período da adolescência é marcado por certas características que se repetem no nosso imaginário. Independentemente dos diferentes gostos, classes sociais e vontades, os jovens vivem intensamente suas descobertas e a necessidade de se encaixar em um grupo. No entanto, adolescentes com doenças crônicas lidam com as questões da transição para a vida adulta ao mesmo tempo em que aprendem a conviver com sua condição de saúde.

Devido à importância do tema, a Associação Viva e Deixe Viver (Viva) irá promover o curso “Vida – Valorização Integral da Adolescência”, totalmente gratuito, com objetivo de destacar a humanização do atendimento de jovens com doenças crônicas. A iniciativa tem como público-alvo estudantes e profissionais da saúde, voluntários, pacientes e seus acompanhantes.

As aulas ocorrerão de 26 de agosto a 30 de setembro, todas as segundas e quartas-feiras, das 18h30 às 21h30, sede da Escola de Enfermagem da USP. No total, serão 10 módulos, que abordarão temas como aderência ao tratamento, convivência com a doença, preconceito, valorização pessoal e autoestima, políticas públicas relacionadas à humanização da saúde, e direitos e deveres do paciente adolescente.

A abertura do curso será realizada no dia 24 de agosto, das 9h às 12h, com um bate-papo sobre o tema com o fundador e presidente da Viva, Valdir Cimino, e a diretora da Escola de Enfermagem da USP, Regina Szylit, durante o Fórum – Futuro e Sustentabilidade. O curso possui carga horária de 30h. Mais informações em (11) 3081-6343, no site da entidade (vivaedeixeviver.org.br) ou pelo e-mail site@vivaedeixeviver.org.br.

Campanha de doação de sangue e ações de saúde

Preocupada com a saúde e bem-estar de seus colaboradores, a Arquivei, startup que fornece tecnologia de monitoramento, gestão e inteligência de documentos e dados fiscais, realiza desde a última segunda-feira (19), a Semana da Saúde com diversas atividades até este sábado (24), como massagens, check-ups com medição de glicemia e pressão, sessões de yoga, meditação e chi kung.

Além da Feira alimentar nutricional e medicinal, que oferece ações terapêuticas voltadas à prevenção do câncer, durante a semana, também serão doados lenços para serem usados no cabelo. Todas as ações acontecem na sede da Arquivei, na cidade de São Carlos. Nos finais de semanas haverá uma ação especial. Nos últimos dois sábados do mês de agosto (24 e 31, respectivamente), a equipe da Arquivei fará doação de sangue para o Hemocentro da Santa Casa de São Carlos. Parentes e amigos dos colaboradores também podem participar da ação da startup.

Mutirão de implantes auditivos 

Terminou no último domingo (18) o mutirão da audição realizado pela Cochlear, espealizada em implantes auditivos. Foram oferecidos testes de audiometria e otoscopia, conscientizando a população quanto aos riscos que podem levar à surdez, como infecções, uso de fone de ouvidos com som alto e também diminuir o preconceito em relação ao uso de aparatos auditivos. A unidade móvel e os especialistas estiveram na escultura ‘Aprender Brincando’, patrocinada pela Cochlear e produzida pelo artista, Bruno Ferrari, localizada no Largo da Batata, em São Paulo.

Da Redação, com Assessorias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.