Casal emagrece 30 quilos com alimentação funcional

Chef Juliana Andrade e o marido Thiago decidiram apostar no mercado e abriram loja especializada em receitas leves e sustentáveis

Redação
Juliana e Thiago - Thinkfit - Arquivo pessoal
Thiago emagreceu 22 quilos com os alimentos funcionais, aliados a uma rotina de exercícios. (Arquivo pessoal)

Catorze mil anos. Esta é a data do pão mais antigo já encontrado por pesquisadores da Universidade de Copenhague, na Dinamarca. O primeiro filão foi descoberto na Jordânia e continha dois ingredientes: trigo e cevada selvagem, dizem os estudiosos. De lá para cá a dieta humana evoluiu bastante e a preocupação atual é saber se os alimentos contêm glúten, açúcares e conservantes.

Depois de longos anos a humanidade redirecionou a atenção com a alimentação. Saímos da preocupação com a sobrevivência e passamos a buscar sabores. Uma escolha capaz de provocar profundas mudanças na dieta alimentar, difundindo o uso de açúcar e realçadores de sabor. Invenções químicas que agravaram uma série de problemas alimentares em todo o mundo.

Hoje buscamos equilibrar essa balança com os chamados alimentos funcionais. Ou seja, comidas que trazem benefícios à saúde, além de suas funções nutricionais básicas. Saber preparar comidas nessa linha de raciocínio é uma tarefa complexa para quem há anos consome alimentos repletos de açúcar e outros ingredientes químicos, perigosos à saúde”, explica a chef funcional Juliana Andrade.

Casal começou a criar as próprias receitas

Juliana e Thiago - Thinkfit - Arquivo pessoal
Juliana perdeu 8 quilos criando as próprias receitas com alimentos funcionais (Arquivo pessoal)

Juliana e o marido Thiago Andrade simbolizam bem esse quadro. Ex-integrantes da Marinha do Brasil, ambos buscavam meios de mudar o estilo de vida, só não sabiam como. Formado em Direito e Ciência da Computação o casal pensava em largar o emprego e estabilidade do militarismo para investir em uma vida mais feliz. Acreditaram que o melhor caminho era apostar na alimentação funcional.

Com a orientação de uma nutricionista começaram a fazer seus próprios alimentos. Logo Juliana passou a mergulhar nas pesquisas de receitas e ingredientes capazes de produzir comidas saudáveis, saborosas e nutritivas. Os resultados vieram rápido. Ambos começaram a perder peso. Nesse período foram embora 30 quilos e muita indisposição. Ela perdeu 8kg e ele, 22 kg. Tamanha dedicação causou admiração nos médicos. E eles resolveram abrir um negócio especializado em alimentação funcional, a Thinkfit.

Uma vez a nutricionista provou um brownie de abobrinha que eu fiz e ficou impressionada com o sabor. Ela nos incentivou a seguir cozinhando e perguntou se eu não tinha desejo de vender para outras pessoas. Foi muito gratificante ver as pessoas se alimentando bem assim como nós”, lembra Juliana.

Cresce procura por alimentos mais saudáveis

O comportamento é generalizado no Brasil. Uma pesquisa feita pela Euromonitor mostra que os brasileiros estão cada vez mais interessados em consumir alimentos funcionais, naturais ou de perfil saudável, como os orgânicos, diet e light. De acordo com notícia publicada pela Época Negócios em junho, “os produtos sem glúten têm a maior previsão de crescimento no país até 2022, com aumento nas vendas estimado entre 35% e 40% ao ano”.

Desde 2015 a Thinkfit produz produtos 100% artesanais, entre eles, manteigas de oleaginosas, manteigas de coco, pães, hambúrgueres, salgados, refeições e doces sem aditivos químicos, livres de conservantes, corantes e adoçados naturalmente. Os temperos e os ingredientes usados pela empresa não são químicos e todas as iguarias da marca são isentas de glúten, açúcar e lactose de vaca.

Para isso é necessário um rigoroso controle de qualidade e seleção de ingredientes. O foco é permitir aos consumidores recuperarem o paladar e proporcionar mais bem estar, nutrição e saúde às pessoas. Há três anos a marca vendia apenas via internet e desde julho 2018 a Thinkfit mantém uma loja-conceito, sustententável e com os descartáveis são biodegradáveis e feitos de amido .

A atitude sustentável inspirou a empresa a conquistar o selo ambiental eureciclo. Com essa marca a Thinkfit foi incluída no rol de companhias que destinam recursos para o desenvolvimento e operação das cooperativas de reciclagem”, explica Thiago Andrade, também sócio da marca.

Fonte: Thinkfit

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.