Dentista se passa por médico e oferece até cura para o câncer

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) acusa profissional de “exercício ilegal da medicina e com toques de charlatanismo”

Redação

No último domingo (28), uma reportagem exibida no programa Domingo Espetacular (TV Record) – veja aquichamou a atenção, especialmente, de pessoas que buscam a qualquer custo a cura do câncer para si próprios, familiares ou amigos.  Na matéria, o dentista Marco Botelho é acusado de se passar por médico e oferecer tratamentos de modulação hormonal que poderiam contribuir para vários problemas de saúde, até mesmo para combater o câncer. Ele prescreve remédios e tratamentos médicos e ministra cursos para profissionais da saúde.

Nesta segunda-feira (29), a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) emitiu uma nota oficial em que manifesta seu repúdio frente à atuação do dentista Marcos Botelho. “De forma antiética e em descompasso com os pressupostos científicos válidos, ele oferece tratamentos de modulação hormonal e promete até cura para doenças crônicas, como o câncer. Em síntese, trata-se de exercício ilegal da medicina e com toques de charlatanismo, que tem como consequência o agravamento de quadros clínicos, comprometendo o bem-estar, a saúde e a vida daqueles que confiam em suas orientações”.

Dentista é investigado por exercício ilegal da Medicina (Foto: Reprodução de internet)

ViDA & Ação não conseguiu contato com o especialista. Confira abaixo, a nota na íntegra:

“A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) vem a público manifestar seu repúdio frente à atuação do dentista Marcos Botelho, conforme denúncia veiculada em reportagem exibida em rede nacional, pelo programa Domingo Espetacular (TV Record), no dia 28 de abril (domingo). Assista a reportagem: https://bit.ly/2IZIlGK.

De forma antiética e em descompasso com os pressupostos científicos válidos, ele oferece tratamentos de modulação hormonal e promete até cura para doenças crônicas, como o câncer. Em síntese, trata-se de exercício ilegal da medicina e com toques de charlatanismo, que tem como consequência o agravamento de quadros clínicos, comprometendo o bem-estar, a saúde e a vida daqueles que confiam em suas orientações.

Espera-se que a apuração dessa denúncia, que já está sendo conduzida pelo Ministério Público, culmine na punição dos abusos e das irresponsabilidades cometidas. Porém, infelizmente, o caso de Marcos Botelho não é isolado, existindo outros não-médicos que têm ludibriado a população com a promessa de resultados e que devem ser denunciados.

“Alertamos aos brasileiros que, diante de situações desse tipo, denunciem às autoridades competentes e procurem sempre contar com o suporte de um médico para fazer o diagnóstico e o tratamento de uma doença. No caso de procedimentos estéticos ou cosmiátricos na pele, cabelos e unhas, recomenda-se que sejam executados por dermatologista, com título obtido em Programa de Residência Médica ou associado à sociedade da especialidade”, afirma Sergio Palma, Presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia”.

Da SBD, com Redação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.