‘Boas Ações’: mães em vulnerabilidade social recebem quentinhas

Empresa faz doações para 34 instituições que atendem crianças especiais. Nova ecobag destina 100% do lucro para programas sociaisConfira esta e outras iniciativas no nosso roteiro de Boas Ações

Tudo começa às 7 horas da manhã, quando o religioso Pai Denisson d’Angiles e Mãe Kellyd’Angiles, do Instituto Céu Estrela Guia em São Paulo, com mais 12 ajudantes começam os trabalhos para preparação das quentinhas que serão distribuídas a pessoas em situação de vulnerabilidade social. São distribuídas em torno de 500 quentinhas diariamente.

Todos os dias a equipe precisa de um planejamento diferente, pois o instituto depende de doações para que tudo aconteça, e esse trabalho cada vez mais pede ajuda. O número de moradores de rua vem crescendo a passos largos enquanto as doações vêm diminuindo. “Se ajuda fosse endêmica e não pandêmica teríamos um mundo bem melhor” ressaltou Pai.

Mesmo com toda dificuldade, o projeto não pode parar e preparou uma programação para Mulheres/ Mães neste final de semana. No sábado dia 7, na comunidade de Alba que fica na Zona Sul de São Paulo, será servido um almoço para 500 mulheres. Na parte da tarde será oferecido um Café da Tarde para as Mães da Ocupação Chácara Gonzaga.

Os religiosos Pai Denisson d’Angiles e Mãe Kelly d’ Angiles estão preocupados com a situação que vem se agravando. “Estamos no outono e já — já estaremos entrando no inverno, precisamos nos unir quanto antes, pretendemos ir até o Rio de Janeiro em busca de novas forças e parcerias. Se for preciso rodamos o mundo” afirmou Pai  Denisson.

Rede de lojas de moda feminina doa computadores ao Instituto Maria da Penha

O Instituto Maria da Penha recebeu a doação de 25 computadores em Recife. Os equipamentos foram doados pela Marisa, que tem o combate à violência doméstica contra a mulher como uma das suas principais causas. A ONG irá destinar a contribuição às suas ações de educação e inclusão digital de mulheres na qualificação em trabalho remoto.

O Instituto, criado em 2009 e com representação em Recife desde 2019, conta com o auxílio de uma rede de apoiadores para estimular e contribuir com a aplicação integral da Lei Maria da Penha (11.340/06), e assim prevenir e combater a violência doméstica e familiar. Só em Pernambuco, são registrados 113 casos de lesão corporal contra as mulheres todos os dias.

Upcycle de roupas: bazar promove ação social com peças customizadas

Técnica em que se reutiliza um material que seria descartado, o upcycling ajuda a minimizar os impactos ambientais; estimula o consumo consciente; e proporciona uma moda com causa. Há 50 anos o o Unibes Bazar – um dos pilares da Unibes (União Brasileiro Israelita do Bem Estar Social), atuante há 106 anos na cidade de São Paulo – recolhe doações de produtos.

Primeiramente, serão destinados às pessoas atendidas pela instituição, e então encaminhados para serem vendidos nas sete lojas do bazar ou no e-commerce, que tem 100% da renda obtida com as vendas revertida para os programas sociais da instituição. Sempre carregando a sustentabilidade em seu DNA,  – se juntou ao artista César Marchesoni para promover o upcycling de peças de roupas.

O Unibes Bazar traz peças exclusivas da Coleção 3R – Reuse, Recicle, Reduza, produzida a partir dos princípios da moda sustentável, trazendo assim o conceito do upcycling de maneira autêntica. As peças estão disponíveis na loja virtual www.unibesbazar.com.br e na loja física da Lapa: unibes.org.br/lojasbazar.

Nova ecobag destina 100% do lucro para programas sociais

O Hinode Group acaba de lançar a Ecobag Social, uma sacola retornável que chega com objetivo de reforçar, na prática, a essência do Instituto FAR, seu braço de responsabilidade social que tem como propósito transformar vidas. Todo o lucro da Hinode arrecadado com o produto será 100% revertido em prol dos programas sociais do instituto.

A iniciativa também é ambientalmente positiva, pois incentiva a troca das sacolas descartáveis por um produto sustentável e retornável. Com modelos colecionáveis, as sacolas podem ser adquiridas no e-commerce oficial da marca (www.hinodeonline.com.br) ou diretamente com um consultor Hinode por R$ 29,90.

O Instituto FAR é mantido pela Hinode, seus consultores, franqueados e apoiadores e desde 2015, quando foi lançado, já alcançou mais de 290 mil vidas, com investimento de mais de 10 milhões de reais em programas sociais com foco em educação de crianças e jovens, e ajuda humanitária de populações vulneráveis.

Entre os programas do Instituto FAR e parceiros que ele apoia está o Avance, de educação empreendedora, totalmente gratuito, para jovens do Brasil e demais países onde o Hinode Group atua. A Parceria Social é uma frente de apoio a projetos voltados à educação de crianças e jovens, enquaato a Solidários atua na doação de produtos e recursos para ajuda e crises humanitárias. Já o Amor na Massa é um programa de voluntariado que busca conectar os doadores aos programas.

Para conhecer mais, acesse @institutofar_hinode.

Doações para 34 instituições que atendem crianças especiais

Instituições de assistência social localizadas em vários estados do Brasil estão sendo beneficiadas com doações da Rech, fornecedora de peças para máquinas agrícolas e pesadas. Essa doação representa 1% da receita obtida com as vendas realizadas durante a Black Week através de lojas localizadas em 14 estados do país.

Ao todo, receberão os recursos 34 instituições que desenvolvem trabalho assistencial com crianças com necessidades especiais e em situação de vulnerabilidade social e mulheres vítimas de violência doméstica. Todas as instituições estão localizadas em municípios onde a Rech marca presença com suas lojas, o que reforça os laços da empresa com as regiões do seu entorno.

Com quase sete décadas de atuação, a APAE foi uma das entidades escolhidas para receber as doações devido a sua importância quando se trata de defesa dos direitos e inclusão das pessoas com deficiência na sociedade. Presente em mais de 2 mil municípios do país, atende cerca de 250 mil pessoas com deficiências intelectual e múltipla. A instituição é reconhecida dentro e fora do país pelo seu pioneirismo, seriedade e compromisso integral à pessoa com deficiência.

Segundo o presidente da Federação Nacional das Apaes, José Turozi, ações como as da Rech ajudam a expandir a atuação da entidade em diferentes áreas, como: saúde, educação e assistência social. “Ao longo dos anos, a Apae tem trabalhado de forma voluntária para se tornar protagonista pelos avanços da inclusão social no Brasil e para que a população alcance vitórias. Muito já foi feito, mas sabemos que ainda temos muitas conquistas pela frente. Em nome de todas as Apaes, agradeço a Rech por nos integrar em seu programa de sustentabilidade”, comemora Turozi.

Comunidades periféricas do Nordeste recebem 21 toneladas de alimentos

Ainda vivendo o impacto da pandemia na economia, milhões de famílias perderam acesso à renda, deixando de ter o consumo de alimentos garantido. Diante desse cenário, a Transforma Brasil e a M. Dias Branco, fabricante de massas e biscoitos, conseguiram atender mais de 500 iniciativas sociais nas comunidades periféricas do Nordeste, levando mantimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Ao todo, entre janeiro e o início de abril, foram doadas mais de 21 toneladas de biscoitos e massas, distribuídas nas cidades de Recife, Natal e Salvador.

Dar apoio social às comunidades que vivem no entorno de suas unidades industriais e centros de distribuição é uma das diretrizes da área de sustentabilidade da M. Dias Branco. “A entrega de mantimentos a essas famílias é mais do que doação de comida, é entrega de dignidade àqueles que precisam contar com o apoio de voluntários e de entidades que trabalham em prol de causas”, explica Luciana Scapin, CEO da social tech Transforma Brasil, responsável por conectar projetos sociais a voluntários por todo o país.

Com Assessorias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais