Em 2050, poderá haver mais plástico do que peixes nos oceanos

Para chamar atenção contra a poluição dos mares, ONGs realizam neste fim de semana ações de limpeza em praias de todo o país

 

Lixo boiando, animais morrendo. Essa é a realidade de boa parte dos oceanos, lagos e rios. A poluição afeta a água e impede sua utilização. Para conscientizar as pessoas sobre a importância de se preservar os recursos hídricos, anualmente realiza-se o Dia Mundial pela Limpeza das Praias e Rios. Trata-se de um movimento internacional que estimula a limpeza desses locais em todo o mundo.

Acontece no terceiro sábado de setembro e é promovido por diversas instituições que atuam com conservação marinha e políticas públicas. É a maior ação global para limpeza do planeta. Este ano os mutirões de limpeza de praia o World CleanUp Day acontecem neste sábado, dia 15 de setembro, quando 150 países estarão mobilizados para 24 horas de limpeza. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre o descarte irregular de resíduos sólidos urbanos que vão parar nos rios e oceanos.

No Brasil, o movimento é realizado pelo Limpa Brasil, que atuará em mais de 300 cidades, engajando a sociedade civil, o setor privado e os órgãos do governo na campanha, estimulando a educação ambiental e conscientizando a população brasileira para o problema do descarte inadequado de resíduos. Atualmente nosso país está na 16ª posição do ranking de países mais poluidores dos mares.

“Nosso mundo está sendo inundado por resíduos plásticos prejudiciais”, afirmou o secretário-geral da ONU, António Guterres. “Todos os anos, mais de 8 milhões de toneladas acabam nos oceanos”. Se as tendências atuais continuarem, em 2050 nossos oceanos terão mais plástico do que peixes, disse o secretário.

Ainda de acordo com a ONU, a taxa média global de reciclagem de plástico é de 25%, o que significa que um volume enorme de lixo plástico vai parar nos oceanos — e, muitos desses resíduos são garrafas descartáveis de água. São necessários pelo menos 450 anos para que uma garrafa plástica se decomponha e desapareça do meio ambiente.

Ações no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o Projeto Ilhas do Rio vai fazer neste sábado (15) seu sexto Mutirão de Limpeza no Monumento Natural das Ilhas Cagarras, no Rio de Janeiro. A ação tem como principal objetivo sensibilizar e educar a população sobre a importância de preservar o meio ambiente.
Em cinco mutirões, já foram retirados mais de meia tonelada de lixo, classificados entre plásticos, papeis, vidros, metais e outros. O lixo é uma questão que vem sendo debatida globalmente e impacta não só a saúde da população como também de animais e plantas. O lixo marinho, por exemplo, traz problemas para aves, corais, golfinhos e baleias, que não só ingerem esses resíduos como muitas vezes ficam presos neles e acabam morrendo.
“É num evento como este que as pessoas têm a oportunidade de perceber a relação de suas ações cotidianas impactando diretamente o meio ambiente”, explica Mariana Tavares, Gerente de Mobilização Social do Projeto lhas do Rio.
Ainda no Rio de Janeiro, a Comlurb, por meio do Galpão das Artes Urbanas e da Gerência Operacional do Leblon, participa, neste sábado, 15 de setembro,  da 16ª edição global. Desta vez, a caminhada de  coleta do lixo e conscientização dos frequentadores e banhistas será entre os postos 9 e 10 da Praia de Ipanema, das 10 às 13 horas. Serão distribuídas sacolas plásticas e luvas aos participantes. Parte dos resíduos coletados será reciclada por Cooperativas de Catadores e, parte, recolhida pela Comlurb.
Bloco Vagalume O Verde, que tem sua origem no Horto Florestal e desfila às terças-feiras de Carnaval pela Rua Jardim Botânico, acompanhará vários jovens para o evento.
Associação Brasil SGI (BSGI), representante no Brasil da Ong Soka Gakkai Internacional,  levará  25 jovens do Grupo Ouro de Ginástica Montada para uma apresentação no local do encontro, entre 8h30 e 9h30.

O ponto de encontro  desse grupo será a partir das 8h30 na Avenida Vieira Souto, no Posto 10, em Ipanema, em frente ao número 582, onde fica a rede de vôlei do Ronald,  que ofereceu toda  estrutura da academia a céu aberto do Banco Santander. O GAU convida amigos e parceiros para este grande encontro sustentável.

Menos Lixo, Mais Saúde

A destinação incorreta do lixo impacta diretamente na saúde. Surtos de doenças como a dengue, por exemplo, tem na disposição inadequada dos resíduos um grave vetor para a proliferação de mosquitos. Diante dessas constatações, a Comlurb e a Secretaria Municipal de Saúde resolveram se unir para promover a “Menos Lixo, Mais Saúde”, campanha de conscientização envolvendo limpeza e saúde pública para o Dia Mundial de Limpeza, comemorado em 15 de setembro.

O primeiro evento acontece nessa sexta-feira (14) a partir das 9h, no Largo da Carioca. A Comlurb e a Saúde montarão pela manhã tendas no local, farão distribuição de folhetos informativos e prestarão informações sobre diversos serviços promovidos pelos dois órgãos. O Chegando de Surpresa, garis que usam música, dança e teatro nos trabalhos de conscientização, vai animar o evento junto com Renato Sorriso.

Garis carregando materiais de divulgação abordarão transeuntes para conversar sobre o descarte correto de resíduos. Técnicos da área de Controle de Vetores da Comlurb também estarão presentes, divulgando os serviços e orientando na prevenção de ratos e caramujos africanos por meio da higiene em casas e estabelecimentos comerciais.

Uma equipe multidisciplinar da Subsecretaria de Vigilância Sanitária divulgará e orientará o público e estabelecimentos que comercializam alimentos sobre a importância do descarte correto do lixo e do cumprimento da Lei dos Canudos.  Os mais curiosos poderão observar alguns tipos de larvas de insetos em desenvolvimento, com o uso de lupas.

A ação é promovida pela Vigilância Ambiental. A RAP da Saúde – Rede de Adolescentes e Jovens Promotores da Saúde e alunos e professores do Programa Academia Carioca também participam com atividades educativas.

No domingo, 16, a campanha Menos Lixo, Mais Saúde chega ao Estádio Nilton Santos, conhecido como Engenhão, antes e durante o intervalo do jogo Botafogo X América de Minas Gerais, que terá início às 11h.  O locutor do estádio vai aproveitar para propagar a campanha com pílulas de conscientização. E, antes do jogo e  durante o intervalo, garis, acompanhados de Renato Sorriso e dos jogadores abrirão uma grande faixa da campanha.

Conteúdos posteriores continuarão sendo replicados nos canais de comunicação da Comlurb e da Secretaria Municipal de Saúde para manter a população atualizada sobre a campanha.

Projeto Meros do Brasil e General Water

Projeto Meros do Brasil, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, participará do Dia Mundial de Limpeza com uma série de atividades em nove estados litorâneos do país: Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco e Pará.

A iniciativa tem investido em ações de Educação e Comunicação Ambiental e vem chamando atenção para a importância da conservação das espécies ameaçadas de extinção e levar ao conhecimento de todos sobre as pesquisas realizadas em busca do equilíbrio dos ambientes naturais.

General Water, concessionária particular de água e esgoto que implanta e opera sistemas de abastecimento de água e tratamento de efluentes em São Paulo, destaca a necessidade de manter recursos hídricos disponíveis.

No Brasil, menos de 5% do esgoto tratado é reaproveitado, tornando o recurso indisponível por um grande período. Em Israel, por exemplo, o número chega a mais de 80%. “A água é um recurso renovável, infinito. Ela se transforma – passa de líquida a gasosa, sólida e volta a ser líquida e segue seu ciclo. No entanto, ela pode estar suja, poluída, ou sob outra forma, gasosa e vai ter que vir para a forma líquida para se tornar disponível novamente, fazendo do reúso uma iniciativa de grande importância”, ressalta Fernando Pereira, diretor comercial da General Water.

App no Beach Park

Reforçando seu compromisso com o meio ambiente, a Associação Porto das Dunas – Pordunas, com o apoio do Beach Park Entretenimento e do Limpa Brasil e colaboração de mais de 200 voluntários, farão uma limpeza ao longo de 6 Km da praia do Porto das Dunas.

Uma novidade que promete engajar cada vez mais pessoas é o app do World Clean Up Day. Com ele, o usuário poderá encontrar e mapear áreas próximas à sua localização que tenham descartes inadequados de resíduos. Dessa forma, a comunidade poderá ajudar a encontrar soluções sustentáveis para o problema global de lixo.

Em Aquiraz, a iniciativa será capitaneada pela Pordunas, associação local de moradores e empreendimentos condominiais, hoteleiros e comerciais que se mobiliza pelo desenvolvimento sustentável do bairro desde 2010. A ação também contará com um equipamento de varrição de praia, que otimiza e auxilia a limpeza e oxigenação.

Além dos 6 Km de praia, um recorde em Aquiraz, os voluntários ainda vão se mobilizar em prol da limpeza de parte do mangue do estuário da Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Pacoti e coleta em áreas do próprio bairro. A iniciativa contará ainda com uma equipe de mergulhadores para retirada de resíduos do leito do rio. Em 2017 o Beach Park reciclou 123.733 toneladas de resíduos.

Da Redação, com Assessorias

Por Favor, Compartilhe!
In the news
Leia Mais