Empoderamento: meninas podem se tornar grandes cientistas

Semana de atividades na Uerj convida meninas a partir de 12 anos a ouvir experiências de mulheres cientistas nas áreas de Geologia, Física, Química e Engenharia

Redação
ciencias_menina-cientista

É de pequeno que se toma gosto pela ciência. Para incentivar uma geração de mulheres cientistas, o Rio de Janeiro recebe a Primeira Semana De Meninas e Mulheres Na Ciência.  A ideia é desconstruir os mitos e estereótipos de gênero algumas vezes incutidos na cabeça das meninas, dar visibilidade a mulheres cientistas e fomentar o debate sobre a desigualdade de gênero nas ciências.

Durante cinco dias, de 5 a 9 de novembro. acontecem atividades para todos os públicos e outras voltadas exclusivamente para meninas a partir de 12 anos, ocupando os auditórios e laboratórios da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

A semana oferece palestras e debates sobre o tema, dando visibilidade para mulheres cientistas e estimulando a reflexão sobra a desigualdade de gênero neste setor. O objetivo de estimular meninas que ainda estão em idade escolar a conhecer as ciências e motivá-las para que acreditem que mulheres podem ocupar todos os espaços na sociedade.

O evento é idealizado e organizado por mulheres que estudam e atuam em diversas áreas das ciênciasA programação conta com oficinas para mostrar diferentes ramos das ciências para meninas.

Para todos os públicos, serão promovidas palestras com mulheres líderes em suas áreas de atuação, onde poderão contar suas trajetórias, incluindo os preconceitos e desafios que enfrentaram em suas carreiras.

Estão em foco todas as áreas de ciências e tecnologias que ainda encontram-se dominadas por homens, como as Engenharias, Geologia, Física e Química. Simone Maia Evaristo, bióloga do Inca, fez palestra nesta segunda. Na quarta, é a vez da médica Eliete Bouskela, da Uerj, e na quinta, a química Mychelle Alves, da Fiocruz, entre outras palestrantes.

No encerramento, será realizada uma feira de ciências, onde as pequenas cientistas poderão mostrar suas ideias e haverá a premiação das mais inovadoras. No último dia de evento também será realizada uma mesa redonda, a qual mulheres cientistas poderão discutir diversos assuntos, compartilhando suas visões com o público.

O evento tem patrocínio da Sociedade Brasileira de Geologia (SBG), Merck e For Woman in Science, Ígnea Geologia e Meio Ambiente e HGG – Hidroestatística, Geotecnia e Gestão.

A inscrição das crianças pode ser feita diretamente com escolas ou com o preenchimento de inscrição individual online, efetuado pelo responsável, no site www.mmciencia.com.br.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.