Entre o amor e ódio: ‘O Fantástico Universo do Ser Humano’

Psicanalista diz que pensamento é alienado da realidade e representa uma ficção dominada pelas emoções, quase sempre negativas

Redação
o fantastico universo do ser humano capa

No livro “O Fantástico Universo do Ser Humano”, o psicanalista Carlos Holthausen analisa a vida de modo geral e especialmente a nossa vida aqui na Terra. A obra, lançada este ano pela editora Autografia, abre um formidável espaço entre a energia do corpo e o pensamento, que afirma ser alienado da realidade. E demonstra claramente que a realidade se representa por uma ficção, dominada pelas emoções, as quais contêm mais ódio do que amor.

Mais ainda, o autor diz que o ser humano, por precisar de energia constante para viver, usa e abusa das outras vidas, e até da vida de seus semelhantes, sugando-lhes a qualquer custo a energia neles disponível. Tudo isso, porque temos uma minúscula réplica de usina, fazendo funcionar o nosso cérebro.

Não pode haver superioridade de uma pessoa sobre outra, mantida a constituição humana de um pelo outro. Dependentes das emoções e do saber do outro, podemos adquirir novas informações, novos saberes, além daqueles que originalmente nos foram repassados, mal tal agregação poderá nos dar, apenas, uma ideia abstrata mais aproximada da realidade, no qual continuaremos sendo o que somos todos, igualmente nada, por isso sem condições de superioridade a coisa alguma”, escreve o autor.

O livro começa com uma história pessoal vivida pelo psicanalista, quando ainda era criança. “Quando eu tinha em torno dos seis anos de idade, escutei uma previsão catastrófica de que a cidade de Rio de Janeiro, a nossa maior metrópole à beira do mar, iria desaparecer totalmente do mapa, atingida que seria por um fenômeno natural de proporções gigantescas. Um terremoto, um maremoto, um tsunami ou coisa que o valha. Não sobraria nada da cidade e de sua gente, diziam”.

Carlos nem morava nem perto do Rio de Janeiro, mas a notícia lhe deixou encasquetado. “Não podia aceitar que uma cidade inteira fosse desaparecer assim, de uma hora para outra. Os prédios, as casas, as ruas, escolas, igrejas, postes, carros e as pessoas. O que ficaria no lugar dela? Curioso, perguntei isso à minha tia, que era considerada a intelectual da família”, conta ele.

SERVIÇO

Título: ‘O fantastico universo do ser humano’

Autor: Carlos Holthausen

Editora: Autografia

R$ 41,00

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.