Equipe de curso criado por Ivo Pitanguy atenderá planos de saúde

Cirurgias plásticas reparadoras e estéticas passam a ser feitas no Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca. No Hospital da Gamboa, atendimento social será ampliado em mais 250 cirurgias este ano

Redação
Hospital São Francisco da Providência de Deus Cirurgias plásticas reparadoras e estéticas para pacientes de planos de saúde passam a ser feitas em hospital na Tijuca (Foto: Divulgação)

O Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa de Misericórdia, criado por Ivo Pitanguy, mais famoso cirurgião plástico brasileiro, falecido em 2016, passará a atender planos de saúde. O novo serviço passa a ser oferecido no  Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca, onde estão disponíveis 323 leitos de enfermaria e 61 leitos de UTI para realização de cirurgias estéticas e também reparadoras.

As operações para tratamento de sequelas de queimadura, doenças congênitas, bariátrica, reconstrução de mama, casos de gigantomastia (quando comprovadamente afeta a coluna do paciente), entre outras, poderão ser atendidas por planos de saúde, assim como as cirurgias estéticas. Ainda durante o mês de março, a equipe do Serviço Social de Cirurgia Plástica fará um mutirão para reativar o cadastro de quem precisa de cirurgia reparadora. A ideia é atualizar os dados e quem tiver disponibilidade do plano já poderá ser operado imediatamente no Hospital São Francisco.

Francesco Mazzarone, que chefia o Serviço e a Pós-Graduação em Cirurgia Plástica da Santa Casa, explica que por meio desse acordo de cooperação com o Hospital São Francisco será possível atender um número maior de pacientes com necessidade de intervenção reparadora.

Segundo Mazzarone, os custos com material cirúrgico são bem elevados, principalmente quando se trata dos casos de intervenções reparadoras. “Tendo essa parte custeada por planos de saúde, o corpo clínico terá condições de ampliar o atendimento. Hoje a fila de espera para cirurgias reparadoras é de cerca de três mil pessoas”, destaca.

Na Gamboa, 10% são cirurgias reparadoras gratuitas

Atualmente, as consultas e triagens de pacientes e agendamentos de cirurgias acontecem na 38ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia e as operações no Hospital da Gamboa, no Santo Cristo. Pelo serviço social, o custo das cirurgias plásticas estéticas é 50% inferior ao praticado no mercado e as reparadoras são 100% gratuitas.

Saiba mais sobre o serviço social criado por Ivo Pitanguy na Santa Casa

São realizadas em média 70 cirurgias por mês. Em 2017, os cirurgiões voluntários da pós-graduação realizaram 750 procedimentos cirúrgicos, sendo cerca de 10% do total de intervenções reparadoras, ou seja 100% gratuitas. A expectativa para 2018 é de realizar 1.000 procedimentos no total e subir a média de reparadoras para 20%, ou seja, 150 cirurgias totalmente gratuitas.

Vamos continuar com o trabalho na Gamboa também, inclusive atendendo à comunidade do entorno, e adicionalmente agora contaremos com a infraestrutura do Hospital São Francisco”, conta Dr Francesco.

O atendimento na Santa Casa de Misericórdia é feito por ordem de chegada, às terças-feiras e quintas-feiras, das 8h às 12h, na Rua Santa Luzia, 206 – Enfermaria 38º andar. Os telefones são (21) 2532-3092, 2532-4455 e 2220-7661.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa de Misericórdia