Exclusivo: Márcio Atalla ensina como perder peso e ganhar mais saúde

 

Ele ficou famoso por “secar” a barriga de Ronaldo Fenômeno em apenas quatro dias.  E tudo transmitido em cadeia nacional! Isso em 2012 – de lá para cá, muita coisa mudou – inclusive a teimosa silhueta do ex-jogador. Mas o preparador físico Márcio Atalla se tornou conhecido por ajudar muita gente a alcançar sua meta na balança. Virou um ícone para sedentários, obesos e desmotivados em geral.

No ano passado, ele conseguiu a proeza de fazer quase 40% de uma cidade inteira emagrecer. Foi em Jaguariúna, interior de São Paulo, entre abril e dezembro de 2016, que o professor conseguiu mudar a vida de 74% de 9 mil participantes do projeto ‘Vida de Saúde’, patrocinado pela Amil, com mudanças que vão da adoção de uma rotina alimentar mais saudável ao emagrecimento e a prática de atividades físicas.

Ao Vida & Ação, Marcio Atalla fala com exclusividade sobre como os brasileiros – e os cariocas em especial – podem perder peso e ganhar mais saúde, com uma dose de sacrifício nem tão grande assim, mas que, certamente, vai compensar futuramente.  Confira a entrevista:

1- O Rio é a cidade mundialmente conhecida pelos corpos sarados expostos nas praias, mas o carioca da “vida real” está cada vez mais gordo, segundo recente pesquisa Vigitel. Poderia dar dicas para quem vive na cidade, com tantos recursos ao ar livre?

Aproveitar o clima e praia e incluir mais movimento no dia a dia. Nos finais de semana tentar qualquer lazer com movimento. A dica é sempre ver a maneira mais fácil de incorporara algum movimento que consiga dar regularidade.

2- Programas de emagrecimento que visam metas rápidas demais geralmente são desaconselhados. Qual é o tempo ideal para emagrecer?
Pelo menos 3 meses, que é o tempo que o corpo começa a criar o hábito e entender o novo padrão, seja alimentar ou de atividade física.

3 – Como garantir um emagrecimento sustentável, sem o indesejável efeito-sanfona?
Fazendo mudanças no estilo de vida, ou seja atividade física e alimentação, que sejam possíveis de se manter por muitos e muitos anos.

4 – É verdade que o metabolismo das mulheres é mais lento e elas têm mais dificuldade para perder peso que os homens? Por quê?
Por várias razões, menos massa muscular, produção menor de alguns hormônios como a testosterona (hormônio que ajuda a diminuir massa gorda e aumentar massa magra), menos hemoglobina no sangue, o que impacta no transporte de oxigênio e na média coração menor. Todos esses fatores e mais os fatores culturais em relação a atividade física contribuem pro metabolismo ser mais lento.

5 – O que você aconselharia para uma pessoa totalmente sedentária que queira mudar de vida?
Incluir qualquer movimento que seja possível realizar pelo menos 5 vezes na semana. Pode ser subir escadas, acumular passos, trocar 2 horas do tempo sentado pelo tempo em pé por exemplo. Nos 3 primeiros meses é importante ter regularidade e mudar o hábito

6 – ‘Só tenho tempo para caminhar. Consigo emagrecer assim?’, pergunta um leitor. Qual o tempo, ritmo e intensidade ideais na caminhada para obter resultados?
Sim consegue. Cada pessoa tem um ritmo e condicionamento. Mais importante é ter regularidade, caminhar diariamente. Pode começar com 10 a 15 minutos e ir aumentando o tempo e ritmo com o tempo.

7 – Como prevenir lesões em quem está iniciando de um programa de corridas de longa distância?
Com uma boa programação feita por um bom professor. Fortalecer a musculatura e usar tênis adequado.

8- Quais os esportes (ou atividades físicas) ideais para cada faixa etária?
Depende do condicionamento de cada pessoa. mas claro que atividades mais intensas e com mais impactos são mais recomendadas pra pessoas mais jovens. Mas o Abilio Diniz tem 80 anos e faz boxe diariamente e corre. Tem gente com 20 anos que não vai conseguir. Tudo depende de programação e evolução das cargas.

9- Não existe uma dieta ideal, mas que dicas daria a quem precisa emagrecer, junto com um um programa de atividades físicas?
Ter na alimentação cerca de 70% de alimentos frescos, ou seja, in natura ou minimamente industrializados, como frutas, legumes, verduras, arroz, feijão, ovo, carnes, peixes, frango, leite e etc… Consumir com moderação açúcar, sal e gordura. Se manter hidratado, ou seja, beber agua durante o dia.

10 – O que se deve comer antes e depois do treino e em quanto tempo?
Depende de várias coisas como o tipo de atividade e a duração. Pós atividade física é bom fazer uma refeição completa, ou seja, com carboidrato, gordura, proteína e fibras.

11 – Há determinados alimentos que não são aconselhados para quem vai malhar?
Álcool e alimentos de difícil digestão vão atrapalhar na hora da atividade física

12 – Tapioca anda na moda. É verdade que engorda menos que o pão? Ela dá energia para atividades físicas?
Não é verdade. Mesma quantidade de energia de um pão. Não faz sentido nenhum. Só pra população celíaca (intolerante ao glúten) mas mesmo assim podem comer pão sem glúten.

13 – O que consumir para garantir mais energia na hora dos exercícios?
Ter uma boa alimentação é suficiente.

Perfil

Recém-formado em Educação Física pela USP, o professor Marcio Atalla já planejava levar sua filosofia de vida baseada em hábitos saudáveis, como a prática regular de esportes e atividade física e uma alimentação balanceada, baseada em boas escolhas e livre de culpas e dietas. Especializou-se em Treinamento de Alto Rendimento e fez uma pós-graduação em Nutrição, pela USP. Hoje, é responsável pela marca Bem Star com o portal www.bemstar.com.br e outras mídias vinculadas, autor dos livros ‘Segredos do GNT para o seu Bem Star’ e ‘A dieta Ideal’. É colunista da revista Época e da rádio CBN, além de ter um programa de qualidade de vida voltado para empresas. Ministra palestras sobre saúde e bem-estar, focadas no movimento e em uma alimentação inteligente.

In the news
Leia Mais