Febre amarela: 500 mil foram vacinados no Dia D no Rio

Dia D Febre Amarela-casal--de-foliões-se-vacina Entre um bloco e outro, Alana e Diego aproveitaram para se vacinar (Foto: Divulgação SES)
Dia D Febre Amarela-casal--de-foliões-se-vacina
Entre um bloco e outro, Alana e Diego aproveitaram para se vacinar (Foto: Divulgação SES)

Vestidos de super-heróis para combater a febre amarela. Assim o casal Alana Araújo, de 21 anos, e Diego Smith, 22, compareceu à tenda montada no Rio de Janeiro para receber a dose fracionada na tarde deste sábado (27), Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Febre Amarela. “Saímos do bloco e estávamos caminhando quando vimos a tenda. O atendimento foi ótimo. Em 10 minutos fomos atendidos e vacinados”, comentou a jovem.

Apesar das fortes chuvas que atingiram o Rio, cerca de 500 mil pessoas compareceram aos locais de vacinação para reforçar o combate à febre amarela. A expectativa da Secretaria de Estado de Saúde é vacinar aproximadamente 5,4 milhões de pessoas o quanto antes. Até agora, já foram vacinadas cerca de 8,6 milhões. Somente nestes primeiros dias de 2018, o Estado do Rio já registrou 26 casos de febre amarela silvestre em humanos, sendo oito óbitos. Em todo o ano passado, foram 27 casos, sendo nove mortes.

Dia D Febre Amarela 11

A ação deste sábado impulsionou os números do Estado do Rio e facilitou o acesso à vacina para muitos moradores. Além dos postos de saúde municipais que estiveram em atividade  especialmente para a campanha, a população pôde se vacinar em todas as 29 UPAs do estado e hospitais e institutos da rede estadual, em tendas montadas pela SES na capital do Rio e Região Metropolitana, em unidades do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar. O Hospital Universitário Pedro Ernesto, a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro também foram pontos de vacinação.

“Está sendo muito boa essa mobilização para evitarmos fila. Estou em um posto que não enfrentei demora. Não consegui tomar a vacina nos dias de semana por causa do trabalho, mas agora consegui aqui no hospital”, disse Diego Ramos de Santana, técnico de planejamento, que se imunizou no Hospital da Polícia Militar de Niterói.

Ainda no município da Região Metropolitana, o médico cirurgião cardiovascular Edilson Ferreira Féres, que tem mais de 60 anos, conseguiu a autorização para tomar vacina na tenda de vacinação e não perdeu tempo. “Eu acho espetacular essa iniciativa. Facilitou para todo mundo da região. Eu já estou imunizado”. “Eu vim ao comércio de Nova Iguaçu e aproveitei para ser vacinado. O profissional me avaliou e liberou. Foi bem rapidinho”, disse Orlando Alves, 69, morador de Mesquita.

Dia D Febre Amarela 5

Pais e filhos deram o exemplo. A professora Simone de Moraes Assis é mãe da Maria Vitória, de 4 anos, que não teve medo da vacina. Ambas estiveram na UPA da Tijuca logo pela manhã. “Acho muito importante estar aqui, foi uma forma de facilitar o acesso da população, sem filas ou dificuldade. Isso é uma oportunidade, mais uma vez, de nos conscientizarmos e tomarmos a vacina”, disse Simone.

“Mesmo com a chuva, tivemos grande adesão dos fluminenses e é muito bom ver que as pessoas estão entendendo a importância de se vacinar, mas a luta não acaba por aqui. Nós vamos continuar com a campanha estadual. O número de pessoas que reunimos hoje mostra que estamos no caminho certo. O Rio foi o estado campeão em vacinação contra a febre amarela em 2017, tenho certeza que esse Dia D é um grande passo para a gente vacinar toda a população o mais rápido possível”, disse o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Junior.

O Dia D contou com o apoio das  92 prefeituras do estado, das secretarias de Estado de Defesa Civil, Educação, Ciência e Tecnologia, Segurança, Meio Ambiente, Fazenda e Planejamento, Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e Turismo, além da PGE e do RioPrevidência. “Colocamos nossos quartéis à disposição da Secretaria de Saúde, destacando os mais estratégicos para auxiliar neste momento. A proatividade do secretário Luiz Antonio é um fator importante para essa integração”, comentou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Robadey. Os bombeiros também estão atuando na busca ativa de pessoas em propriedades com área de mata nas regiões rurais dos municípios.

“Reforço que temos doses suficientes para garantir a vacinação de toda a população do estado do Rio de Janeiro, que faz parte do público-alvo, mas é importante que as pessoas também façam a sua parte e procurem uma unidade de saúde para se imunizar”, finalizou o secretário de saúde.

Para mais informações sobre a doença  acesse http://www.febreamarelarj.com.br.

Fonte: SES, com Redação

Por Favor, Compartilhe!
1 Comment
  1. […] No último sábado (27), Dia D de Vacinação contra a Febre Amarela, cerca de 500 mil pessoas foram…. Somente na capital, foram 199.924 pessoas nas 232 unidades que participaram da mobilização, de acordo com balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio. A vacina oferecida é a dose fracionada (uma dose para cada cinco pessoas), cuja validade é de oito anos, enquanto a dose plena é válida por toda a vida. A vacina fracionada foi recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) apara conter o surto em áreas de grande concentração populacional. […]

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais