Lugar de mulher é… em qualquer lugar!

Cada vez mais empoderadas, brasileiras criam novos negócios em áreas antes dominadas pelos homens. E também inovam no ambiente digital

Michelle e Elaine, da Análise Car Michelle e Elaine, da Análise Car, mostram a força da mulher em áreas tradicionalmente dominadas por homens (Foto: Divulgação)

Cada vez mais empoderadas, as mulheres há muito vêm conquistando espaços antes dominados pelos homens, algumas, inclusive, passaram até a exercer profissões consideradas “masculinas”. Quando o assunto é negócio, elas também não têm nada a temer. Segundo a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2016, realizada pela parceria entre Sebrae e IBQP,  as brasileiras são as mais interessadas em começar um negócio.

A taxa de empreendedorismo feminino entre os novos empresários – aqueles que possuem um negócio com até 3,5 anos – é de 15,4%, já a masculina é de 12,6%. O Brasil é o oitavo país com mais equidade de gênero entre quem quer investir em seu próprio negócio, à frente de países como Canadá (13º) e Finlândia (38º). Estamos em todos os lugares, mais inseridas em áreas como mecânica, engenharia, informática, tecnologia e até construção civil.

“A força de trabalho feminina também ganha espaço e sucesso nos cargos de chefia, em campos antes muito vinculados ao sexo masculino, como o setor automotivo, tanto na parte técnica/mecânica quanto na burocrática/documental”, avalia Michelle Marquesani, diretora e fundadora da Análise Car, loja especializada em vistoria de automóveis, inclusive importados e antigos, localizada no bairro Anália Franco, na zona Leste de São Paulo.

Os princípios do Empoderamento Feminino

As conquistas alcançadas po Michelle e Elaine são trunfos significativos para as mulheres profissionalmente ativas, sejam empreendedoras ou funcionárias, e reforçam a ideia do empoderamento feminino, um tema que ganha projeção a cada ano em todo o mundo. Exemplo disso foi o lançamento dos Princípios de Empoderamento da Mulher, em 2010, por meio de uma parceria entre a ONU Mulheres e a iniciativa Pacto Global.

Através desse conjunto de considerações e do movimento que o viabilizou, nos últimos anos, a mulher conquista aos poucos alguns avanços no mercado de trabalho como: independência, autonomia, poder de tomar decisões, valorização e pareamento salarial, espaço para empreender e, principalmente, oportunidade de liderar. “Somos seguras de que temos os mesmos direitos e oportunidades que os homens que comandamos e que, ao mesmo tempo, temos nossa própria voz e ela é ouvida”, afirma Michelle.

Entre os atributos ditos “femininos” favoráveis ao empreendedorismo estão a flexibilidade, a multidisciplinaridade e a disposição em ouvir outras opiniões e refletir sobre elas. “Aqui na Análise Car, também temos o costume de tentar ser polivalentes, o que ajuda na solução de qualquer problema. A sensibilidade também facilita a gestão e relação interpessoal. Lembrando que homens e mulheres podem expressar estes atributos”, pondera a gerente Elaine.

4 startups que fazem diferente em indústrias bilionárias

Não é só em setores tradicionais que as mulheres vêm se destacando.No ecossistema digital também há casos de destaque de protagonismo feminino. Em julho de 2017, seis anos desde sua fundação, a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) contabilizava mais de 4,2 mil instituições do tipo entre suas filiadas, sendo que muitas delas lideradas por mulheres. Como resultado, surgem grandes ideias e soluções inovadoras no mercado, como essas quatro start ups que listamos abaixo.

Tamboro

Fundada em 2011, a Tamboro atua no desenvolvimento de soluções que colaboram para melhora do desempenho de profissionais, principalmente os mais jovens, que ingressam em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e automatizado. A startup, que impactou 45 mil usuários em 2017, oferece cursos on-line de desenvolvimento de habilidades essenciais para atuar e se destacar neste novo cenário profissional.

A plataforma Tamboro prioriza a gamificação como ferramenta de engajamento e aprendizado. “Entre essas habilidades estão criatividade, pensamento crítico e resolução de problemas, que são essenciais para os empregos atuais e do futuro”, afirma Samara Werner, sócia e cofundadora da Tamboro, empresa que recebeu investimentos do Leblon Equities e do Vox Capital, grupo que atua com empresas de impacto social. Saiba mais: www.tamboro.com.br

O Amor é Simples

As relações públicas Natália Pegoraro e Laís Ribeiro, às vésperas de seus casamentos, viram-se sem opções na hora de achar um vestido de noiva que fugisse do convencional e ainda com um preço que coubesse no bolso. Elas se uniram à administradora Janaína Pasin e com apenas R$ 10 mil fundaram em 2014 a startup O Amor é Simples (OAéS), com a missão de oferecer uma nova opção de vestidos de noiva simples, lindos e com preços justos.

Desde a sua criação, a empresa já vendeu mais de 650 vestidos de noiva, com tíquete médio de R$ 1000. “Viemos para revolucionar uma indústria bilionária, mas pouco inovadora e reconhecida pelas noivas por praticar preços abusivos. Somos o que tem de novo em produto e posicionamento no mercado de casamento”, explica Laís Ribeiro. Saiba mais: www.oamoresimples.com.br

comadres.net

Liderado por Luciana Rangel, é um marketplace de aluguel de produtos para bebês e crianças, como carrinhos, cadeirinhas de carro, bombas de tirar leite, entre outros. A intenção da empresa é apostar em sustentabilidade, pensando que cada fase após o nascimento de uma criança passa rápido demais.

Além disso, é uma forma economizar dinheiro e economizar espaço em casa. Basta escolher os produtos e o plano que deseja contratar – mensal ou quinzenal. As entregas acontecem na capital paulistana e em Jundiaí. Saiba mais: www.comadres.net/

ChefTime

Um e-commerce e/ou clube de assinaturas para preparar em casa deliciosas refeições, de modo prático e delicioso. A administradora Daniella Melo criou a startup para reinventar a experiência culinária: o cliente recebe em sua residência todos os ingredientes necessários, devidamente cortados e preparados e é só seguir o passo a passo para o preparo. Todos os pratos são assinados por chefs. Saiba mais: www.cheftime.com.br/

Série ‘Empreendedorismo Feminino’ na Semana das Mães

Empreendedorismo feminino empodera e traz qualidade de vida

Chance para mulher empreender no Brasil é igual à de homem

Da Redação, com Assessorias

1 Comment
  1. […] Lugar de mulher é na oficina mecânica! […]

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais