Luto abre série de podcasts da Fiocruz sobre saúde mental e Covid-19

Psicocast fala sobre saúde mental, atenção psicossocial e Covid-19. Veja outros destaques da Agenda Positiva da semana

Redação

Na semana em que o Brasil registrou mais de 126 mil mortes pelo novo coronavírus, o luto é o tema de estreia do Psicocast, uma série de podcasts sobre saúde mental, atenção psicossocial e a Covid-19, lançada pela Fiocruz. São diversos episódios divulgados diariamente com assuntos vivenciados no dia a dia de profissionais da saúde com as equipes, pacientes e em diferentes espaços.

O material responde ainda às dúvidas dos alunos do curso Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Covid-19, que teve mais de 70 mil profissionais inscritos, de todas as regiões do país. A capacitação, dividida em 17 módulos, abordou prevenção ao suicídio na pandemia, assistência social, cuidados às populações em vulnerabilidade, recomendações a gestores e psicólogos, violência doméstica e familiar, entre outros.

Perguntas que surgiram durante os módulos foram respondidas no fórum do curso e em lives; várias foram selecionadas para o podcast, pela urgência e relevância do tema. As respostas em saúde apresentadas no Psicocast são de pesquisadores voluntários e professores dos módulos, que têm trabalhado na produção de evidências e conteúdos que auxiliem quem está na linha de frente do enfrentamento ao novo coronavírus.

O projeto foi lançado pela  Fiocruz Brasília e o Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres (Cepedes). Voltado especialmente aos  trabalhadores da saúde, o Psicocast pode ser ouvido a qualquer hora e em qualquer lugar, e conta com a participação de pesquisadores e docentes, além de trazer referências técnicas em temas da área. Os áudios estão disponíveis nas plataformas digitais. Para ouvir, acesse o Spotify ou o Deezer.

 Prêmio Menina Hoje, Cientista Amanhã abre inscrições

Dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) apontam que, em 2018, menos de 30% dos pesquisadores e cientistas de todo o mundo eram mulheres. Para mudar essa realidade, iniciativas como a Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), são fundamentais. Nessa 10ª edição, a Obsma apresenta uma novidade: mulheres e meninas interessadas poderão concorrer ao Prêmio Menina Hoje, Cientista Amanhã. As inscrições vão até o dia 13 de dezembro de 2020.

A premiação é destinada a trabalhos desenvolvidos por participantes do gênero feminino. Para participar, basta juntar um time de professoras e alunas que gostem de ciência, caprichar no projeto e fazer a inscrição normalmente na Olimpíada. Os trabalhos inscritos em qualquer uma das modalidades olímpicas podem concorrer ao prêmio. Saiba mais pelo regulamento.

Bertha Lutz, uma das cientistas brasileiras mais brilhantes da história, ativista e uma das pioneiras do movimento feminista brasileiro, atuou como tradutora no setor de zoologia do Instituto Oswaldo Cruz e foi peça-chave na construção do Museu Oswaldo Cruz, criado em 1917. Para saber mais sobre Bertha Lutz e sobre o Prêmio Menina Hoje, Cientista Amanhã, acesse o site: olimpiada.fiocruz.br/premio-menina-hoje-cientista-amanha.

Inscrições para 400 bolsas de estudos integrais

As inscrições para o Programa de Bolsas do Ensino Médio da Cogna foram prorrogadas até o dia 16 de setembro. Para participar do processo seletivo, é preciso estar no 9º ano do Ensino Fundamental em escola pública. Um dos requisitos para concorrer a uma vaga é ter renda familiar per capita de até dois salários mínimos. Nesta edição, serão disponibilizadas 400 bolsas de estudo para os três anos do Ensino Médio.

No Rio de Janeiro, os candidatos aprovados em todas as etapas iniciarão o ano acadêmico de 2021 no colégio pH (unidade Icaraí, em Niterói e unidades Barra e Tijuca, no Rio de Janeiro), com isenção de 100% das mensalidades e materiais didáticos. Há, ainda, uma mentoria durante o primeiro ano que auxilia na integração do bolsista com o novo contexto escolar. Mais informações: https://www.institutosomos.org/.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais