Mamaço, shantala e até sessão de fotografia para incentivar amamentação

Prefeitura do Rio de Janeiro promove uma série de atividades durante todo o Agosto Dourado em unidades públicas de saúde. Dá uma conferida

Rodas de conversa, shantala (técnica para massagear bebê), mamaços e até sessões fotográficas são algumas das atividades que estão agitando diversas unidades de saúde da Prefeitura do Rio, dentro da Semana Mundial de Aleitamento Materno celebrada de 1º a 7 de agosto em muitos países. A programação faz parte de outro movimento internacional: o Agosto Dourado, que oferece na versão carioca uma série de ações ao longo do mês para incentivar a amamentação e reforçar a importância da doação para os bancos de leite humano, que pode e deve ser o único alimento para bebês até 6 meses de vida.

Entre as novidades, nos dias 20, 21 e 22, a Maternidade Leila Diniz e as clínicas da família Bárbara Mosley de Souza e Otto Alves de Carvalho realizam, em parceria com o BRT, ações de sensibilização no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, com orientações e campanha de arrecadação de frascos de vidro para o armazenamento do leite humano doado.

Instituída pela Organização Mundial de Saúde em 1992, e adotada no Brasil em 1999, a Semana Mundial desse ano tem como tema “Aleitamento materno: a base da vida”, que norteou a Secretaria Municipal de Saúde na elaboração da programação rica em orientações levadas não só a gestantes e mães em fase de amamentação, mas a pais e até vovós de bebês.

Tem ainda palestras, oficinas, seminários,  atividades musicais, como as desenvolvidas pelo projeto RAP da Saúde para a sensibilização do público-alvo sobre os benefícios do aleitamento, e muito mais. Além de promover a saúde da criança, reduzindo sintomas e riscos de doenças como pneumonia, asma, otite e diarreia, a amamentação contribui para a recuperação mais rápida do peso da mãe, reduzindo a incidência de casos de câncer de mama e de ovário (veja programação abaixo).

Posto de doação de leite em Campo Grande

Alimentação saudável, proteção e vínculo estão entre os benefícios proporcionados por uma das principais interações entre mãe e bebê: a amamentação. Para reforçar esses e outros ganhos do aleitamento materno, a Secretaria Municipal de Saúde inaugurou nesta terça-feira, dia 7, o primeiro posto de doação de leite humano da Atenção Primária da região de Campo Grande.

A novidade faz parte da programação elaborada pela Prefeitura do Rio em adesão ao Agosto Dourado, movimento mundial de incentivo à amamentação. A unidade vai funcionar no Centro Municipal de Saúde Edgard Magalhães Gomes, em Inhoaíba, recolhendo doações para suporte ao Hospital Municipal Rocha Faria, que realiza por mês cerca de 400 partos.

O novo posto oferecerá às doadoras orientações sobre ordenha e armazenamento de leite, e fará também coletas em domicílio uma vez por semana. Iniciada em 1º de agosto com a Semana Mundial do Aleitamento Materno que terminou ontem, dia 7, a agenda do Agosto Dourado segue por todo o mês, com atividades em mais de 20 unidades de saúde para contemplar todas as regiões do Rio. Confira a programação:

Confira a programação

Campo Grande e Guaratiba

Hospital Municipal Rocha Faria: dia 7, das 8h às 13h, a CAP – Coordenacão de Saúde de Atenção Primária de Campo Grande, em parceria com a CAP de Santa Cruz, Paciência e Sepetiba, promove o Primeiro  Seminário Intersetorial do Aleitamento Materno.

Jacarepaguá e adjacências

Centro Municipal de Saúde Hamilton Land, Centro Municipal de Saúde  Newton  Betlhem e Centro Municipal de Saúde Raphael de Paula Souza, além da Clínica da Família Otto Alves de Carvalho e Clínica da Família Helena Besserman Vianna: até o dia 4, essas unidades vão promover a Semana do Carioquinha, com ações voltadas para os menores de 2 anos, como a ampliação de consultas para esta faixa etária, atualização de cadernetas vacinais e visitas domiciliares dos agentes comunitários de saúde. Serão realizadas atividades lúdicas, como rodas de conversa, brincadeiras, massagem shantala e o RAP da Saúde.

Parceria com o BRT – Em ação conjunta com o BRT, o Banco de Leite da Maternidade Leila Diniz, a Clínica da Família Bárbara Mosley de Souza e a Clínica da Família Otto Alves de Carvalho vão realizar nos dias 20, 21 e 22, das 8h às 13h, no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, ações especiais de sensibilização. Os usuários do BRT receberão orientações sobre o aleitamento materno e haverá arrecadação de frascos de vidro com tampa plástica a serem usados para o armazenamento do leite humano doado. O material será entregue ao Banco de Leite Humano da Maternidade Leila Diniz e à Clínica da Família Bárbara Mosley de Souza.

Centro

Centro Municipal de Saúde José Messias do Carmo: dia 9, das 10h às 12h, rodas de conversa sobre amamentação, seguida de mamaço e café da manhã para as mães.

Santa Cruz, Paciência e Sepetiba

– Shopping Santa Cruz: dia 9, das 9h às 13h, mamaço e atividades  com participação dos jovens do RAP da Saúde.

– CF Ilzo Motta Mello: entre os dias 6 e 10, na parte da manhã, sala de espera sobre o aleitamento. Dia 9, às 9h, apresentação de teatro/jogral no CRAS, com a participação do RAP da Saúde. Dia 10, das 9h às 12h, tenda informativa e participativa na Praça Daniela Peres.

– CF Lenice Maria Monteiro Coelho: dia 3, às 14h, dinâmica sobre leite materno e alimentação complementar a partir do 6° mês”. Dia 06, sala de espera sobre aleitamento materno versus fórmula. Dia 7, sala de espera sobre amamentação e o desenvolvimento do bebê. Dia 08, às 14h,  atividades com gestantes e lactantes com a educadora física do NASF.

– CF Deolindo Couto: dias 3 e 6, sala de espera sobre aleitamento materno. Dia 7, às 9h, encontro do grupo de gestantes com a equipe de Odontologia.

– CMS Adelino Simões: dia 3 às 14h, “Baile da Amamentação” e alongamento para gestantes com professora. Dia 6, às 10h, debate com assistente social sobre os direitos da gestante e amamentação em público. Dia 7, às 14h, debate sobre amamentação e dinâmica “Fala sério” ou “Com certeza” e sorteio com enfermeira. Dia 8, às 9h30, conversa sobre mitos e verdades sobre o aleitamento materno, picamalácia, introdução alimentar e desmame. Quiz para as mamães, antropometria e café da manhã saudável serão promovidos pelos estagiários do curso de nutrição da UNICBE Santa Cruz e enfermeira.

– CF Alice de Jesus Rego: dia 3, o tema em pauta será as vantagens do aleitamento para a ligação entre mãe e filho. Dia 6, haverá uma dinâmica sobre “mitos e verdades” durante o aleitamento materno. Dia 7, a atividade será com um educador físico sobre a importância da amamentação.

– CF Floripes Galdini Pereira: dia 6, caminhada com o programa Academia Carioca. Dia 7, roda de conversa com nutricionista sobre as desvantagens da utilização do leite artificial. Dia 8, roda de conversa com pediatra sobre os benefícios da amamentação e os cuidados com o bebê para prevenir a broncoaspiração.

– CF Waldemar Berardinelli: dia 3, divulgação da cartilha “Mãe que trabalha e amamenta”. Dia 6, exposição e palestra sobre os males do leite artificial. Dia 7, mamaço (paródia RAP).

– CF Ernani Braga: dia 3, espaço relaxante para amamentação dentro da unidade com música ambiente. Dia 6, sala de espera sobre “Amamentação – alicerce da vida”  e ações para promover a amamentação como parte das estratégias de nutrição, segurança alimentar e redução das desigualdades. Dia 7, às 10h, palestra no auditório sobre aleitamento materno, com enfermeiro dando orientações às mães adolescentes com seus bebês; aferição de parâmetros biométricos; maquiagem em mães adolescentes feita por profissional. Dia 8, às 10h, no também no auditório, haverá uma mesa de chá, alongamentos para lactantes realizados por educador físico e aulão de dança para encerramento das atividades.

– CF Valéria Gomes Esteves: dia 6, apresentação da paródia coreografada da melô do colostro. Dia 7, grupo de gestantes e roda de conversa sobre as situações de dificuldades no aleitamento. Dia 8, apresentação da paródia melô do Colostro, na creche Inaiá Wanderle.

– CF Jamil Haddad: dias 6, 7 e 8, salas de espera sobre sensibilização, com auxilio de músicas pelo RAP da Saúde.  Dia 7 também serão dadas orientações e incentivos à amamentação nos grupos de planejamento reprodutivo. Dia 9, mamaço da CAP – Coordenação de Saúde de Atenção Primária.

– CMS Décio do Amaral Filho: dias 6, 7 e 9, salas de espera com o tema Aleitamento. Dia 8, às 10h, grupo de amamentação com um café da manhã e palestra da fonoaudióloga  sobre aleitamento materno.

– CF Lourenço de Mello: dia 15 (manhã e tarde), sala de espera com o RAP da Saúde e enfermeiros sobre valorização do aleitamento materno, utilizando a paródia criada pelo RAP da Saúde e apresentação de esquete teatral.

Região da Leopoldina:

Igreja da Penha: dia 25, às 9h, mamaço com as mamães da região.

 Fonte: Prefeitura do Rio

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais