Mamografia e ultrassom das mamas de graça durante o Outubro Rosa no Rio

Iniciativa de clínica e laboratório no Rio é destaque do roteiro de Boas Ações especial. Empresas, shoppings e marcas embarcam na campanha

Redação

Em adesão ao Outubro Rosa, diversas empresas e marcas lançam ações para disseminação de informações e orientações sobre a importância do autocuidado feminino e do diagnóstico do câncer de mama e câncer do cólo do útero. Este ano, boa parte das atividades é realizada de forma online, em função da necessidade de distanciamento social por conta da Covid-19.

Mas muito além de informações, é preciso oferecer serviços de para facilitar o acesso das mulheres ao diagnóstico precoce. No Brasil, a prevenção do câncer de mama, muitas vezes, não é acessível para todas as mulheres no Brasil. Mas, para tentar mudar um pouco dessa realidade, algumas iniciativas acontecem durante este mês de outubro em diversas partes do país.

Mamografia gratuita para todas as mulheres entre 50 e 69 anos pelo SUS no Rio

Nesta segunda-feira (5), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) anunciou que o Rio Imagem está oferecendo, durante todo o mês de outubro, o exame de mamografia para todas as mulheres do Estado do Rio de Janeiro, na faixa etária de 50 a 69 anos. A iniciativa visa à prevenção contra o câncer de mama, que é lembrado pela campanha Outubro Rosa.

As mulheres interessadas em fazer o exame devem comparecer à unidade de saúde de segunda a sábado, das 8h às 17h, com um encaminhamento médico proveniente de hospital público (SUS). Não há a necessidade de agendamento. O Rio Imagem fica na Av. Presidente Vargas, 1733 – Centro – Rio de Janeiro – RJ.

Existe a possibilidade da iniciativa ser ampliada até o dia 15 de novembro, para que o máximo de mulheres sejam atendidas na unidade. Segundo o diretor do Rio Imagem, Roger Ancillotti, a iniciativa vai além da mamografia.

Caso o exame detecte algo que necessite de investigação nas mamas das pacientes, o Rio Imagem automaticamente irá indicar uma ultrassonografia, ou biópsia, ou uma histopatologia (estudo de tecidos corporais doentes retirados de uma biópsia ou amostra cirúrgica) para que o que foi indicado no exame seja investigado”, disse.

Clínica e laboratório oferecem 1.000 mamografias e USG da mama no Rio

Ainda no Rio de Janeiro, serão oferecidos ao longo do mês 1.000 exames de mamografia e ultrassonografia da mama. A ação social é promovida pela Clínica Felippe Mattoso e pelo Labs a+, marcas do Grupo Fleury, em parceria com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), Instituto Rogerio Steinberg, Santa Casa da Misericórdia, Instituto Mario Kroeff, Hospital da Lagoa e Hospital da Gamboa.

Os exames serão realizados nas pacientes encaminhadas diretamente por essas instituições. No mesmo dia que realizarem seus exames, as pacientes receberão o protocolo com a data para retirarem seus resultados. Os atendimentos para essas pacientes serão realizados durante todo o mês de outubro, em dias e horários previamente marcados, evitando riscos de aglomerações, dentro do horário normal de funcionamento das unidades.  

Além do Rio de Janeiro, o Grupo Fleury promoverá a ação em São Paulo, Paraná, Distrito Federal, Bahia, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Pernambuco, atendendo instituições de saúde parceiras previamente definidas. Toda a ação no Rio é supervisionada e organizada por Renata Nunes, coordenadora médica da Clínica Felippe Mattoso e Labs a+.

Sabemos como é importante o diagnóstico precoce para todos os tipos de cânceres, principalmente o de mama. A detecção em estágio inicial significa possibilidade de tratamentos menos agressivos para essas mulheres, além de aumentar as possibilidades de cura”, analisa Dra. Andrea Petrelli, coordenadora do módulo de mamas do Labs a+.

Para que serve a mamografia?

O exame da mamografia permite identificar melhor as lesões mamárias em mulheres após a menopausa. Antes desse período, as mamas são mais densas e a sensibilidade da mamografia é reduzida, gerando maior número de resultados falso-negativos (resultado negativo para câncer em pacientes com câncer) e também de falsos-positivos (resultado positivo para câncer em pacientes sem câncer), o que gera exposição desnecessária à radiação e a necessidade de realização de mais exames.

A mama tem um significado muito grande para a mulher, especialmente pela amamentação e pela feminilidade. Diante disso e do fato de o câncer de mama ser o que mais mata as mulheres no Brasil, o Rio Imagem, por meio da SES, resolveu realizar essa iniciativa no mês que é conhecido como Outubro Rosa, para prevenir justamente essa doença”, afirmou Ancillotti.

Autoexame não é técnica a ser ensinada para rastreamento, diz médico


Atualmente não se recomenda o autoexame das mamas como técnica a ser ensinada às mulheres para rastreamento do câncer de mama. De acordo com o diretor do Rio Imagem, Roger Ancillotti, grandes estudos sobre o tema demonstraram baixa efetividade e possíveis danos associados a essa prática.

Entretanto, a postura atenta das mulheres no conhecimento do seu corpo e no reconhecimento de alterações suspeitas para procura de um serviço de saúde o mais cedo possível – estratégia de conscientização – permanece sendo importante para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

A mulher deve ser estimulada a conhecer o que é normal em suas mamas e a perceber alterações suspeitas de câncer, por meio da observação e palpação ocasionais de suas mamas, em situações do cotidiano, sem periodicidade e técnica padronizadas, como acontecia com o método de autoexame”, afirma.

Caminhada e corrida vão arrecadar recursos para mamografias

A União e Apoio no Combate ao Câncer de Mama (UNACCAM), realiza, entre os dias 18 e 28 de outubro, o 1º Desafio de caminhada e corrida digitais “Com elas e por elas”. A ação tem o objetivo de chamar a atenção para a conscientização da prevenção e diagnóstico precoce da doença e, por meio do valor da inscrição, arrecadar fundos para o projeto Mamografia para Todas, que visa agilizar a realização do exame em pacientes atendidas por Unidades Básicas de Saúde (UBS) em São Paulo.

As inscrições para a corrida acontecem até o dia 25 de outubro (via Sympla)*, com taxa de inscrição de R﹩ 62. O valor dá direito a um kit com camiseta personalizada, número de peito, botom do laço rosa e medalha de participação. Cada participante poderá realizar seu circuito com o auxílio de qualquer aplicativo com GPS que registre percursos de corridas e caminhadas e também o tempo de realização da atividade. O desafio poderá ser concluído em local aberto ou em esteira elétrica.

As equipes de corredores terão entre seus membros pacientes, médicos e apoiadores, com o objetivo de superar 200 Km por grupo. Para comprovação do percurso, o participante deverá submeter o resultado por meio do preenchimento das informações solicitadas no site da Unaccam , além do envio (pelo próprio site) de foto ou “print” que comprove a distância referente a modalidade a qual estava inscrito, identificando o tempo em que concluiu.

“Muitas mulheres enfrentam dificuldades para conseguir realizar exames na rede pública. Nós acreditamos que o diagnóstico precoce pode ajudar a curar até 95% dos casos de câncer de mama e por isso criamos esse projeto, que doa exames de mamografia, ultrassom e outros que possam ajudar na detecção precoce da doença”, explica Clarisia Ramos, presidente da Unaccam.

Além da corrida, a Unaccam realizará uma série de lives e palestras digitais com conteúdos relacionados ao câncer de mama, como prevenção, tratamento, alimentação saudável e bem-estar do paciente em tratamento de câncer.

A primeira live aconteceu no dia 1 de outubro, com a participação dos mastologistas Carlos Ruiz, presidente de honra da UNACCAM, e Vilmar Marques, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia. A segunda live, no dia 3 de outubro, foi a abertura oficial do Outubro Rosa de 2020, abordando o tema de “Outubro por elas e com elas”. O evento acontecerá ao vivo pelo Youtube e será mediado por Marcelo Sampaio, com a participação de Clarisia Moniz Ramos, presidente da UNACCAM, e as vices Rita Dardes e Patricia Valentini.

O evento contará, ainda, com depoimentos de mulheres e homens com câncer de mama e dados sobre a doença no Brasil. Além disso, as palestras virtuais estarão disponíveis por meio de inscrição e discutirão temas como “Diagnóstico Precoce e Qualidade de Vida”, “Mitos e verdades sobre o câncer de mama” e “Estilo de vida e práticas integrativas”. A programação pode ser acessada no site http://www.unaccam.org.br .

Azul fica rosa e ajuda Hospital do Amor

Durante todo o mês de outubro, a Azul será Rosa por meio de várias ações para celebrar os 10 anos de engajamento da empresa na luta contra o câncer de mama. Uma delas, inédita para a campanha, é a reversão de parte da receita acumulada na venda do Espaço Azul, algumas fileiras com mais espaço para as pernas na dianteira da aeronave, em créditos para o Projeto Conexão Azul Rosa.

O objetivo é incentivar ainda mais o aumento do número de mulheres transportadas para realizarem seus tratamentos nas unidades do Hospital de Amor, que é referência nacional no tratamento de mulheres com câncer na mama. Após o sucesso da ação que acarretou a doação de cerca de 10 milhões de pontos TudoAzul para o Hospital de Amor em 2019, a partir deste ano a instituição passa a fazer parte do programa de fidelidade da Azul como parceiro social.

Com isso, os clientes serão convidados a reverter seus pontos em prol do projeto Conexão Azul Rosa, iniciativa social em parceria com o hospital. Ao longo do mês, o tradicional Tapete Azul também será rosa. Ao todo, 19 milhões de pessoas já foram impactadas pelas ações realizadas pela companhia desde que a empresa iniciou o apoio à causa social.

Além disso, nos últimos 10 anos, 31 mil estavam a bordo de voos em que as Vitoriosas da Azul, tripulantes que venceram a doença, deram seus depoimentos e dividiram sua experiência como incentivo para outras mulheres que passam pelo problema atualmente.

Também estamos renovando nossa parceria no Conexão, e transportaremos 15 novas pacientes com câncer de mama em todo o Brasil, proporcionando a elas tratamentos com mais conforto e tranquilidade”, reforça a diretora de Pessoas da Azul.

Há 10 anos, a companhia abraçou a causa de prevenção ao câncer de mama e fez dessa a sua principal causa social, transportando mulheres em tratamento e promovendo a conscientização sobre a doença que mais acomete mulheres no país através de campanhas internas, externas e, até, a bordo.

Reconstrução da aréola com tatuagem de graça para mulheres mastectomizadas

Apesar da crise sanitária em todo mundo, a solidariedade não pode parar. Mulheres que passaram por mastectomia (retirada do seio) em função de câncer terão a oportunidade  de fazer gratuitamente a reconstrução da aréola por meio de tatuagem hiper-realista na quinta edição do Y Rosa, que acontece de 19 a 25 de outubro no Rio de Janeiro.

O projeto social, que foi idealizado pelo casal Yurgan e Anne Barret, busca atender mulheres que venceram o câncer de mama a ressignificarem suas dores e recuperarem a autoestima. No Y Rosa deste ano, será oferecido gratuitamente pelo Yurgan Tattoo Studio e seus parceiros não só o redesenho de aréola por meio de tatuagem hiper-realista, mas também sobrancelhas realistas pela técnica de micropigmentação fio-a-fio; palestras motivacionais e grupos de discussão on-line, além de muitos sorteios.

O projeto, que já teve edições no Rio de Janeiro e Santa Catarina, terá uma agenda especial para garantir a segurança de todas as participantes e dos artistas nesse cenário de distanciamento social. “Esse é um projeto que organizamos anualmente com muito carinho e contamos com várias parcerias para torná-lo real”, afirma Anne Barret.

Durante a campanha, nosso principal serviço é a reconstrução de aréola por meio de tatuagem hiper-realista e a cobertura de cicatrizes com arte desenvolvida especialmente para a cliente.

A cada reconstrução, a cada história compartilhada nos emocionamos e nos curamos juntos. Aprendi com o Y Rosa o quanto podemos encontrar na arte um processo de expressão, transformação e recuperação”, disse Yurgan, conhecido por tatuar várias celebridades.

Quem quiser mais informações ou fazer agendamento, pode se inscrever pelo site www.yurgantattoo.com.br ou pelo instagram @yurgantattoo.  

Ajuda a projeto que capacita jovens a criar perucas para pacientes

Em parceria com a Fundação Laço Rosa, a Vigor Grego lança uma campanha para estimular conversas entre mulheres e reforçar a importância de discussões abertas sobre o tema, realização de exames e acompanhamento médico, além de esclarecer alguns mitos e tabus. A campanha acontecerá majoritariamente no ambiente digital, mas também se estenderá a ações internas com funcionárias da Vigor e contará com doações para a instituição. Os potinhos azuis dos produtos serão substituídos por potes cor-de-rosa durante o mês.

Como contribuição à Fundação Laço Rosa, a marca vai ajudar, por meio de doação, o programa “Força na Peruca”, que capacita jovens em situação de vulnerabilidade social para o ofício da perucaria. Depois de prontas, as perucas confeccionadas serão doadas para o Banco de Perucas Online, uma iniciativa da fundação que já beneficiou mais de 8 mil mulheres nos últimos anos.

Ainda nas redes sociais, durante dois dias inteiros, uma ginecologista estará no perfil oficial do Instagram da Vigor , esclarecendo dúvidas e conversando com mulheres sobre os principais mitos do câncer de mama. Também serão criados “destaques” especiais no canal com ilustrações didáticas com o passo a passo de como realizar o autoexame para possível detecção do câncer de mama. Estão ainda programados conteúdos informativos sobre o assunto, criados em parceria com a fundação, durante todo o mês, além de posts com incentivos a doações.

Campanha #EsseMomentoÉMeu incentiva autocuidado

A campanha Outubro Rosa Vigor Grego, criada pela SunsetDDB, tem como objetivo engajar tanto o público interno da marca quanto seus consumidores no assunto, criando uma rede de apoio e conversa no ambiente digital.

A iniciativa está atrelada ao novo posicionamento da marca – #EsseMomentoÉMeu -, lançado este ano com o intuito de reforçar a importância de dedicar momentos a si mesmo. Agora, Vigor Grego dedica sua comunicação a convidar consumidoras a terem seu momento de cuidado e atenção com a saúde.

Para tanto, será disponibilizado um filtro especial para o Instagram convidando mulheres a cuidarem do próprio corpo e realizarem exames de detecção precoce, sendo o autoexame o primeiro passo, seguido dos exames laboratoriais. Para incentivar essa discussão e amplificar todas as mensagens da campanha, a marca contará com o apoio de personalidades e influenciadoras que já passaram pela doença ou que apoiem a causa, que usarão o filtro da Vigor nas suas mídias sociais digitais para compartilharem experiências e informações importantes para a desmistificação do assunto.

Dentro da empresa, Vigor Grego convidará 15 funcionárias para atuarem como embaixadoras da causa, levando informações a seus grupos de trabalho e amigos, e fazendo parte dessa rede de conversa. Com o apoio da Fundação, a empresa vai promover uma palestra on-line sobre o assunto para o seu público interno.

E, como forma de incentivar os exames de detecção, durante o mês, todos os custos de coparticipação do seguro de saúde fornecido pela empresa serão zerados, possibilitando às funcionárias a realização dos exames sem nenhum custo, bem como a possibilidade de agendarem uma primeira consulta com um médico oferecido pela Vigor.

O varejo também será impactado com a campanha. A fim de chamar a atenção dos consumidores para a importância da causa no ponto de venda, Vigor Grego alterou a cor de seus famosos potinhos azuis, símbolos da marca, para cor-de-rosa. Durante todo o mês, as embalagens dos sabores mais vendidos de Vigor Grego – Tradicional, Flocos e Morango com Baunilha – serão da cor que representa o movimento e terão em seu rótulo o logotipo da instituição, um laço rosa.

Doação de R$ 50 a cada tênis rosa vendido

A Yuool (@yuoolbrasil) realiza a cada ano uma ação especial pelo Outubro Rosa. Dessa vez a instituição escolhida para parceria foi a Afesu (@afesuoficial), que capacita mulheres promovendo sua qualificação e inserção no mercado de trabalho.

Para contribuir com a Afesu, a Yuool doou um valor inicial não revelado e se dispôs a doar para a ONG R$ 50 a cada par do Tênis Yuool Rosa vendido durante o mês de outubro a R$ 350. Em comemoração, a marca reuniu um time de 20 mulheres, que fotografaram uma campanha exclusiva em prol dessa parceria do bem.

Bombom rosa –A Cacau Show traz, pelo segundo ano consecutivo, a trufa Iogurte de Morango, com embalagem rosa, personalizada com o alvo azul e em comemoração aos 25 anos do IBCC Oncologia. Durante todo o Festival de Trufas, que acontece até 25 de outubro, a marca vai destinar parte da renda arrecadada com a venda desta trufa ao IBCC, rede especializada em oncologia e em pessoas com câncer, detentora da marca Alvo Azul e pioneira no combate de câncer de mama no Brasil.

Campanha de arrecadação para doação à Femama

A Saque e Pague, plataforma que facilita e democratiza o acesso a soluções financeiras por meio da tecnologia, realiza pelo segundo ano consecutivo, a campanha #AtitudeRosa em apoio ao combate contra o câncer de mama. As pessoas poderão doar quantias em dinheiro à Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA) nos terminais de autoatendimento da empresa em todo o Brasil.

Os ATMs da rede foram transformados em hubs de arrecadação para que aqueles engajados na luta contra o câncer de mama possam fazer doações em dinheiro. “Sabemos que a Femama tem realizado um trabalho de transformação de vidas há muito tempo. Por isso, é desse jeito descomplicado que unimos esforços para apoiar a luta contra o câncer de mama no Brasil”, afirma Givanildo Luz, CEO da Saque e Pague.

A campanha de arrecadação ocorrerá até 31 de outubro e para doar basta clicar na tela do terminal, selecionar a opção “doação”, digitar o CPF, o valor a ser doado, depositar o dinheiro e imprimir o comprovante. São aceitas notas de R﹩ 10, R﹩ 20, R﹩ 50 e R﹩ 100. Ao se dirigir a um dos mais de 1.600 terminais de autoatendimento da Saque e Pague, presentes em todos os estados do Brasil, a pessoa faz a doação e o valor é creditado automaticamente na conta da Fema.

Com Assessorias