‘Manual para um futuro legal’: lições ambientais em escolas do Rio

Rosayne Macedo
Após o teatro de bonecos, os alunos recebem uma palestra sobre fontes de energia, uso seguro e consumo consciente (Foto: Ayrton Camargo / Divulgação CEG)
Após o teatro de bonecos, os alunos recebem uma palestra sobre fontes de energia, uso seguro e consumo consciente (Foto: Ayrton Camargo / Divulgação CEG)
Após o teatro de bonecos, os alunos recebem uma palestra sobre fontes de energia, uso seguro e consumo consciente (Foto: Ayrton Camargo / Divulgação CEG)

Aos 13 anos, Lucas e sua colega de turma Sol são surpreendidos por uma estranha tempestade de raios que leva a dupla de volta ao passado. Mais precisamente para cerca de 65 milhões de anos atrás, no tempo em que os dinossauros ainda reinavam sobre a Terra.  Ao lado de um pterodáctilo bebê e de um agitado tiranossauro, os adolescentes aprendem um pouco mais sobre a origem dos combustíveis fósseis e o uso consciente dos recursos energéticos naturais de nosso planeta. Esta história fantástica é contada no projeto “ Manual para o futuro legal”, que leva a escolas do Rio, de forma leve e divertida, questões relacionadas ao meio ambiente.

Desde 2010 o projeto já atingiu 70 mil alunos de 238 escolas públicas e particulares do estado, levando uma apresentação de teatro de bonecos, seguida por uma palestra sobre fontes de energia, uso seguro e consumo consciente. De 25 de agosto a 31 de outubro, o ‘Manual para o futuro legal’ volta a percorrer as escolas, num total de 64 apresentações, que beneficiarão cerca de 7 mil crianças de 6 a 10 anos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. As inscrições para as escolas interessadas em participar da terceira edição já estão abertas e vai até 29 de setembro ou o término das vagas.

Com duração de 25 minutos, a peça é encenada por atores da Artesanal Cia de Teatro, que manipulam os bonecos (em fibra de vidro e madeira) e vão desdobrando o cenário – uma bancada de 4,5 metros de largura – à medida que a história se desenrola. A apresentação é complementada por uma palestra, em linguagem acessível, sobre fontes de energias renováveis e consumo consciente. A atividade utiliza uma maquete de um banheiro para ilustrar as dicas de segurança no uso doméstico do gás natural, e incentiva a participação dos alunos.

“A educação é o foco prioritário do nosso programa de Responsabilidade Social e é por isso que acreditamos neste projeto. Ele trata da questão do uso consciente da energia, através de uma abordagem lúdica e cita, dentre as demais fontes, também o gás natural. Nosso objetivo é levar essa reflexão para as escolas e estimular alunos e professores a se tornarem multiplicadores da preservação do meio ambiente”, ressalta Fernanda Amaral, diretora de Comunicação da CEG.

Ano passado, foram realizadas 501 apresentações em 23 municípios do Estado do Rio: Barra do Piraí, Barra Mansa, Belford Roxo, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Friburgo, Itaboraí, Itaperuna, Macaé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Piraí, São Gonçalo, Resende, Rio das Ostras, Rio de Janeiro, Teresópolis, Três Rios e Volta Redonda. O projeto tem patrocínio da Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro (CEG).

Fonte: www.manualparaofuturolegal.com.br www.facebook.com/manualparaofuturolegal

Inscrições: (21) 99601-9207 e (21) 98233-0908, ou pelo e-mail escolas@aguimaraesproducoes.com.br

In the news
Leia Mais