Mitos e verdades da beleza durante o inverno

massagem modeladora

Muita gente acredita que o inverno é a melhor estação para realizar tratamentos estéticos, mas será que isso é verdade? Para a esteticista Helga Fernandes e a fisioterapeuta Fernanda Loureiro Soto, da clínica Alessandra Haddad, não devemos confiar em tudo que se fala por aí.

Existem tratamentos que podem ser feitos em qualquer estação do ano, não só no inverno. Como também têm aqueles que impedem a exposição solar, quase impossível de controlar no verão. Mas isso você só vai saber após passar pela avaliação de um especialista”, comenta Helga Fernandes.

Com o tanto de informações disponíveis, você sabe o que é mais indicado para a sua pele em dias com temperaturas mais amenas? As especialistas respondem a seguir. Confira:

1 – O inverno é a melhor estação para realizar tratamentos estéticos?

Mito. Foi-se o tempo em que os tratamentos estéticos eram realizados apenas no inverno. Hoje em dia, temos tecnologias avançadas que garantem resultados satisfatórios em qualquer época do ano.

2 – É verdade que alguns tratamentos estéticos só podem ser feitos no inverno?

Mito. Acreditam muito nesse “mito do inverno”, mas não existe isso. Os resultados dos tratamentos são os mesmos em todas as estações do ano. O que acontece é que muitas pessoas acham que a recuperação é mais confortável nessa época do ano. Por isso, quando as temperaturas caem, muita gente se anima para fazer tratamentos estéticos, principalmente no rosto.

3 – Quem tem pele oleosa não pode usar cremes no rosto durante o inverno por causa do aparecimento de espinhas?

Mito. A pele oleosa deve ser hidratada independentemente da estação do ano. Existem produtos específicos para realizar uma hidratação de maneira correta, sem entupimento dos poros e aumento de cravos e espinhas.

4 – Estrias vermelhas são mais fáceis de tratar?

Verdade. As estrias podem aparecer em várias regiões do corpo. Geralmente são brancas, mas também podem apresentar uma tonalidade vermelha ou arroxeada logo no início. Neste caso, elas são bem mais fáceis de tratar e podem até desaparecer. Os melhores tratamentos dependem de uma boa avaliação médica, e vai de pessoa para pessoa. Entre eles, estão os que estimulam a vascularização da pele, como lasers, peelings, microdermo e microagulhamento.

5 – Depilação com roll-on ou cera quente causa varizes?

Mito. As varizes são causadas por problemas circulatórios profundos. São uma alteração das veias que dificultam o retorno do sangue venoso para o coração, aumentando a pressão dentro dos vasos. Portanto, a depilação não interfere nesse processo.

6 – Tratamentos para celulite só são efetivos no inverno?

Mito. A celulite ocorre devido ao acúmulo de gordura hipodérmica da pele por diferentes razões, como etnia, biotipo corporal e distribuição de gordura. Não existe melhor época para tratá-las e isso vai depender de uma avaliação médica para observar o grau e o tipo dos temidos furinhos. Entre os tratamentos mais indicados pelos médicos, estão o X-Wave, o Exilis Ultra 360, a drenagem linfática e endermologia. Claro que todos os tratamentos devem ser feitos com uma orientação médica, seguidos por uma alimentação balanceada e prática de atividade física.

7 – No inverno, peeling para a pele negra pode causar manchas?

Verdade. Independentemente da estação, o peeling pode causar manchas para a pele negra. Isso porque a pele negra costuma desenvolver manchas ao reagir ao processo inflamatório desencadeado pelo peeling.

8 – Depilação definitiva é mais indicada no inverno?

Verdade. Apesar de poder ser feita em qualquer época do ano, é mais indicada no inverno porque é ideal que a pele não esteja bronzeada durante as sessões. Quanto maior a diferença entre a cor da pele e dos pelos, mais fácil para o aparelho identificá-los.

9 – Pele e cabelos ressecados são mais comuns no inverno?

Verdade. O combo de baixas temperaturas e banho quente pode provocar ressecamento da pele e dos cabelos, além de oleosidade dos fios. Isso por conta do efeito rebote. A água quente, ao entrar em contato com o couro cabeludo, pode provocar um aumento da oleosidade como resposta à agressão de um banho em altas temperaturas.

10 – Peeling facial é mais indicado no inverno?

Verdade. Isso porque quando fazemos esse tipo de procedimento, a pele fica muito sensível. Um dos cuidados essenciais após a realização de um peeling facial é se proteger da exposição ao sol, evitando que a pele manche durante o período de recuperação pós-procedimento. Como a incidência dos raios solares é menor no inverno, fica mais fácil seguir essa orientação.