Mulheres da Baixada têm atendimento ginecológico gratuito

Ação é oferecida pelo projeto Brasil Sem Alergia às terças-feiras, na unidade de Xerém. Veja ainda outras atividades de saúde nesta edição da nossa Agenda Positiva

Redação
papanicolau Exame papanicolau deve ser feito uma vez por ano em mulheres com vida sexual ativa (Foto: Pixabay)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) faz um alerta: as doenças sexualmente transmissíveis (DST) não param de crescer. Juntas, apenas três delas – sífilis, clamídia e gonorreia – afetam 200 milhões de pessoas ao redor do mundo a cada ano. As DSTs – que representam um risco iminente à saúde e à fertilidade, além de prejudicarem a qualidade de vida – costumam afetar mais pessoas do sexo feminino, uma vez que o órgão sexual das mulheres as torna mais suscetíveis.

Uma recente pesquisa mostrou, no entanto, que boa parte das mulheres a partir dos 16 anos não tem acesso ao atendimento ginecológico ou se têm, não o fazem com regularidade (veja aqui). Pensando nisso, uma ação social vai oferecer, na Baixada Fluminense (RJ), consultas gratuitas para todas as doenças ginecológicas.

O atendimento é realizado todas as terças-feiras, das 9h às 18h, na unidade do projeto Brasil Sem Alergia em Xerém, distrito de Duque de Caxias. Além dos atendimentos, todas as mulheres poderão realizar, também de forma gratuita, testes imunológicos em ginecologia. O exame preventivo ginecológico também será oferecido, porém, a um baixo custo: R$ 40.

O objetivo é tratar diferentes DSTs e doenças imunológicas em ginecologia como herpes, candidíases de repetição e doenças inflamatórias pélvicas, uma das grandes vilãs da fertilidade entre as mulheres.

De acordo com a American Social Health Associated, cerca de 15% dos casos de infertilidade em mulheres podem ser atribuídos ao dano causado por uma inflamação pélvica, que, muitas vezes, surge a partir de uma DST não tratada. O HPV, uma das principais causas de câncer de colo do útero, também será tratado.

Alergista e imunologista Marcelo Bossois coordena atendimento a pacientes do projeto Brasil Sem Alergia (Foto: Divulgação)

Testes alérgicos – Os serviços serão realizados no Centro Médico Estrela de David, na Praça da Mantiqueira 18, em Xerém. Para agendar um horário, as interessadas deverão ligar para (21) 4063-8720 / (21) 3939-0239 ou acessar o site www.brasilsemalergia.com.br.

Além disso, o Brasil Sem Alergia segue com o tratamento gratuito de todos os tipos de alergias e doenças imunológicas em seus cinco postos no Estado do Rio de Janeiro (Xerém, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Realengo e Iguaba Grande).

Em todas as unidades, a equipe oferece gratuitamente testes alérgicos, atendimento médico, orientação multidisciplinar e o exame de espirometria (teste de sopro). Desde 2007, o projeto já realizou mais de 300 mil consultas gratuitas para o tratamento de alergias e doenças imunológicas.

Roda de conversa para mães e gestantes

A “Roda de Conversa para Mães e Gestantes” está de volta ao Carioca Shopping. No dia 26 de fevereiro acontece mais uma edição do evento gratuito. Desta vez, a psicopedagoga Letícia Oliveira abordará o desenvolvimento cognitivo e a “exterogestação”, período gestacional realizado fora do útero após o nascimento do bebê, e seus benefícios no desenvolvimento da criança.

Já a fisioterapeuta Beatriz Olivetti falará sobre “diástase”, nome que se dá ao afastamento dos músculos, causando flacidez e dor lombar, e como se prevenir. No final, haverá uma aula básica de Pilates. A 2ª Roda de Conversa para Mães e Gestantes será realizado no 2º piso, em frente à Renner, das 10h às 12h.

Rotary Day leva serviços de saúde à Quinta

Neste sábado, dia 23, acontece mais uma edição do Rotary Day, evento gratuito das 9 às 15h na entrada da Quinta da Boa Vista, em frente à  Estação de São Cristóvão. A ação social do Rotary Clube oferece várias atividades gratuitas para a comunidade, desde corte de cabelo, tipagem sanguínea, aplicação de flúor, shows etc. Também é prestado atendimento médico, com aferição de pressão arterial e glicose, orientações sobre câncer de pele, avaliação nutricional e saúde bucal.
No local, o Instituto de Medicina e Cidadania (IMC) oferecerá atendimento gratuito em osteopatia, realizado por uma fisioterapeuta, e uma psicóloga também estará dando informações sobre o serviço de psicologia realizado nas comunidades onde atua (Morro Azul, no Flamengo; Parque da Cidade, na Gávea e Tavares Bastos, no Catete). Serão também distribuídos material para higiene bucal e informativo sobre o IMC. Além disso haverá serviços  diversos e orientações jurídicas, com participação da ONG Doméstica Legal. 

Como prevenir gatilhos emocionais no Carnaval

Na terça-feira, dia 26 de fevereiro a partir das 19h, acontecerá uma palestra gratuita e aberta no Núcleo Integrado do Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. As psicólogas Ana Café e Vivian Vinheiro abordarão o tema “Como prevenir gatilhos emocionais e comportamentais em datas comemorativas”.

Além do Núcleo, que trata transtornos psicológicos e psiquiátricos e possui quatro unidades no Rio de Janeiro, Ana dirige uma clínica de recuperação de dependentes químicos que funciona no sítio em que era a casa de repouso de seu avô, o ex presidente João Café Filho, em Guapimirim.

Rio revive universo farmacêutico do século XIX

A Drogarias Pacheco, inaugurada em 1982, no Rio de Janeiro, reinaugura nesta segunda-feira (25) sua primeira loja na cidade. Diferente de outros estabelecimentos da rede, este em especial conta agora com um projeto arquitetônico exclusivo, que retrata a trajetória da marca e tem como destaques objetos e decoração relacionados ao universo farmacêutico do século XIX. A loja fica na Rua dos Andradas, nº 43, no Centro.

A relação da Drogarias Pacheco com a cidade é antiga; são 127 anos de uma história com foco no cuidado com cliente, que a tornaram a marca preferida dos cariocas. Por isso, esse espaço foi pensado para proporcionar uma verdadeira volta ao passado para seus consumidores.

Nova clínica para tratamento de câncer no Rio

E na sexta-feira (21) foi a vez de o grupo Oncoclínicas inaugurar a sua unidade de Botafogo, na Zona Sul carioca, considerada a primeira clínica da América Latina com atendimento por supraespecialidades.

A nova unidade vai focar o tratamento de câncer com base em atendimento por profissionais especializados de acordo com a classificação do tumor, apoiados por tecnologia de ponta, medicina de precisão, análise genética e pesquisas científicas.

Ou seja, o paciente que iniciar o tratamento no local não apenas terá atenção de uma equipe multidisciplinar, que dará apoio físico e psicológico individualizado, mas também acesso a uma rede científica que determinará quais os melhores tratamentos para o seu tipo de tumor, baseado em informações sobre o DNA do tumor.

Da Redação, com Assessorias

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.