Não é só mamografia: exame de papanicolau é essencial para a saúde da mulher

Especialista explica importância do chamado “preventivo” para a saúde feminina

Por conta da pandemia, muitas mulheres deixaram de procurar seus médicos para realizar os exames de prevenção ao câncer de mama, como a mamografia. A Sociedade Brasileira de Mastologia informou que todos os serviços de diagnóstico sofreram uma redução drástica no número de pacientes e o atraso no diagnóstico pode reduzir as chances de cura. “Os serviços de saúde pública, contudo, estão atendendo as mulheres com segurança”, destaca o ginecologista Maurício Sabbatino, professor da Faculdade de Medicina da São Judas em Cubatão.

Segundo ele, não há como estimar corretamente se haverá ou qual será a magnitude de prejuízo em relação ao prognóstico de câncer de mama pelo atraso no diagnóstico precoce. “Devemos seguir as recomendações de nossas Sociedades Científicas e avaliar a situação da pandemia em cada região, estado e cidade, a fim de minimizar eventuais prejuízos futuros, ponderando com a recomendação ainda vigente de distanciamento social”.

Quanto mais cedo o câncer for detectado, mais fácil será curá-lo. Se no momento do diagnóstico o tumor tiver menos de 1 centímetro (estágio inicial), as taxas de cura podem superar os 95%.  A mamografia é o único método de rastreio associado com diminuição da mortalidade pelo câncer.

Mais sobre a doença

Estima-se, para o Brasil, biênio 2018-2019, a ocorrência de 600 mil casos de câncer, para cada ano, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), na população. Em mulheres, cerca de 300 mil. Para o Brasil, estimam-se 59.700 casos novos de câncer de mama, para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres (Inca, 2017).

O câncer de mama está entre os que mais afetam as mulheres brasileiras.  O sintoma mais comum é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor, duro e irregular, mas há tumores que podem apresentar outras formas e consistências. Outras alterações que ainda podem ser encontras são: mudanças no formato do mamilo; vermelhidão, caroços no pescoço ou axilas, entre outros que serão apresentados durante a palestra.

Para a prevenção da doença é aconselhável o acompanhamento médico e a realização de exames de rotina. A prática de atividade física e de alimentação saudável, com manutenção do peso corporal adequado, estão associadas a menor risco de desenvolver câncer de mama: cerca de 30% dos casos podem ser evitados quando são adotados esses hábitos. A amamentação também é considerada um fator protetor.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais