Natal sem Covid: cartilha reúne recomendações para festas de fim de ano

Publicação da Fiocruz traz dicas e orientações para reunir amigos e familiares sem se expor a maior risco de contaminação

Redação

Neste momento, o Brasil vive um expressivo aumento no número de casos e de óbitos por Covid-19, com possível agravamento da pandemia, e isso ocorre justamente quando se aproximam as festas de fim de ano. Para orientar sobre como diminuir os riscos de transmissão da Covid-19 durante este período, a Fiocruz sistematizou um conjunto de recomendações que orientam sobre formas mais seguras de passar o Natal e o Réveillon. As recomendações, que estão em uma cartilha, podem ser acessadas aqui.

O material, divulgado tanto por meio de uma cartilha, como a partir de cards informativos que possam ser compartilhados pelo WhatsApp e demais redes sociais, contem orientações sobre o modo de preparar e servir os alimentos, a organização do ambiente e medidas gerais de proteção tanto para quem vai receber outras pessoas em sua casa, como quem vai para algum evento. A produção do material contou apoio e colaboração do Observatório Covid-19 da Fiocruz, bem como de outros especialistas da Fundação.

Após um ano tão difícil, mais do que nunca as pessoas querem encontrar e festejar com seus familiares e amigos. No entanto, entendemos que preservar a vida é o melhor presente para compartilhar neste final de ano. Por isso, apesar da cartilha oferecer orientações considerando diversos cenários, é importante frisar que a principal recomendação é celebrar em casa, apenas com as pessoas que já vivem juntas, sem aglomeração e sem convidados externos”, destaca o coordenador do Observatório Covid-19 da Fiocruz, Carlos Machado.

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, destacou não apenas a importância deste material, mas a produção de vários materiais pra compartilhamento da população que podem ser úteis na luta contra a Covid-‘9. Ela lembrou que uma das várias frentes de atuação da Fiocruz no enfrentamento à pandemia vem sendo a produção de boletins, notas técnicas e outros materiais para fornecer informação segura e qualificada para a população.

Este será um fim de ano muito diferente daquele que todos gostaríamos de ter, mas é preciso encontrar um equilíbrio entre o desejo de estarmos todos juntos e a necessidade de medidas protetivas que a pandemia e, especialmente, o aumento do número de novos casos no país, nos coloca. Por isso, é muito importante que as pessoas tenham informações corretas e sigam as recomendações”, alerta.

Fonte: Fiocruz

In the news
Leia Mais