No dia internacional da ressaca, saiba como ficar livre dela

ressaca

Quarta-feira de Cinzas é o dia internacional da ressaca. Dor de cabeça, náuseas, vômitos, sede, tontura, indisposição e diarreia são alguns dos sintomas desse mal estar, que ataca nove em cada dez pessoas que exageram no consumo de bebidas alcoólicas. O Blog Vida & Ação ouviu vários especialistas a respeito. Confira:

Para melhorar os sintomas da ressaca é necessária hidratação abundante. O professor mestre de fisiologia e especialista em fisiologia do esforço da Faculdade Drummond, Luiz Teixeira, que aconselha o consumo de muita água durante o dia, principalmente se consumir bebida alcoólica. “O álcool inibe a produção do hormônio antidiurético, com isso o corpo perde água pela urina”, explica.

Mas nada de consumir refrigerantes que são ainda mais erosivos para o estômago que está sensível. “Chás calmantes como camomila e erva cidreira também pode ajudar. Comidas leves e fáceis do corpo metabolizar, como sopas e caldos são ótimas opções. Um suco verde rico em vitaminas e minerais também ajudará bastante o corpo a detoxificar”, explica a  endocrinologista e metabologista Flávia Junqueira.

Para desintoxicar o organismo, é importante eliminar pelo menos no dia seguinte comidas pesadas e evitar frituras, refrigerantes, comidas industrializadas.  Boas opções de detox para curar a ressaca são os que usam ingredientes como couve, maçã, hortelã, gengibre e limão. As águas aromatizadas também são ótima para hidratar ou recuperar a ressaca. Para fazer uma detox, a nutricionista Samara Lopes, da Renewmed, recomenda fazer uso de chás e suco de limão com gengibre; consumir muitas frutas, hortaliças e suco de frutas ao longo do dia, além de carnes magras como peixe e frango, grelhados ou cozidos, além de muita água.

“Caso você acorde com aquela famosa e tradicional ressaquinha, logo pela manhã já beba um suco desintoxicante e você verá como sua vida será melhor. Por ajudar a liberar as toxinas das bebidas alcoólicas, combater a inflamação celular e melhorar o funcionamento intestinal, esses sucos são ótimos para recuperar a disposição e aproveitar ainda mais o dia”, afirma Maria Fernanda Kawabata, nutricionista clínica, esportiva e também colaboradora parceira da Sucão, franquia de alimentação saudável.

Para você que ainda vai esticar o Carnaval pelo menos até domingo, uma dica importante a quem quer continuar aproveitando o Carnaval, sem abrir mão de tomar uns drinques, é beber com moderação, não sem antes fazer uma boa refeição. “É preciso tomar água enquanto se está bebendo para desintoxicar e o mais importante: é preciso saber a hora de parar”, afirma o psiquiatra Jorge Jaber.

Efeitos do álcool no organismo

“A grande ingestão de álcool causa uma inflamação no sistema digestivo , sendo o fígado o órgão mais atingindo. O corpo gasta glicose para metabolizar o álcool. Glicose é açúcar, açúcar é energia, por isso a pessoa fica fraca, tem muita dor de cabeça, enjoo, vômitos, muita sede e perde o apetite”, explica a nutricionista Samara Lopes.

A endocrinologista e metabologista Flavia Junqueira afirma que o álcool em excesso causa importantes efeitos deletérios, como a desidratação e a sobrecarga hepática. “Mesmo sendo líquido, a ingestão de álcool causa desidratação de graus variáveis. Isso ocorre porque o álcool inibe o hormônio anti-diurético (ADH), isso faz com que aumentemos muito a quantidade de urina excretada pelos rins”, explica.

Segundo ela, a bebida é metabolizada pelo fígado, que usa como cofator principal a vitamina B12, sendo muito comum pacientes alcoolistas crônicos apresentarem deficiência dessa vitamina – o que justifica a dificuldade de concentração crônica por exemplo”. O excesso de bebida alcoólica também provoca a sobrecarga cardíaca e causa vasoconstricção no organismo, elevando a pressão arterial. Outra é a depressão do sistema nervoso, através de sintomas como falta de concentração e reflexo.

Confira as dicas da nutricionista Samara Lopes para evitar ou curar a ressaca:

– Não beber de estômago vazio. O ideal é fazer uma refeição leve , incluindo frutas e mel uma hora antes da festa

– Comer azeite e suco de beterraba ajuda proteger o figado; o azeite pode ser comido com pão

– Intercalar água ou suco entre as doses

– Os petiscos também podem ajudar: torradinhas com patê ou com queijo, castanha, amendoim

– Água é fundamental para evitar a ressaca. Se não conseguir beber durante, pode abusar antes e antes de dormir

– Beber bebidas isotônicas antes de dormir ajuda também

– Um pedaço de chocolate antes de dormir

– Chá de erva cidreira é bom ser tomado no dia seguinte, caso acorde mal

Da Redação, com assessorias

 

 

 

 

Da Redação, com assessorias

1 Comment
  1. […] Por tudo isso, além da lista com a programação e da fantasia de cada dia, vale anotar também alguns cuidados com o corpo para não deixar esses problemas derrubarem você antes da quarta-feira de cinzas. Afinal, se sua noite foi boa, seu dia também tem que ser! Confira algumas dicas: […]

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais