Número de mortes aumenta 39% em apenas um dia

Até domingo, 25 mortes estão confirmadas, sendo 22 no Estado de São Paulo. Outras 10 mortes suspeitas são investigadas no Rio, onde 3 pessoas morreram

Redação

Passou de 18 para 25 o número de óbitos decorrentes da Covid-19 em todo o Brasil. Os casos de contaminação pelo novo coronavírus saltaram de 1.028 para 1.546, crescimento de 37%, de acordo com as informações repassadas pelos estados ao Ministério da Saúde neste domingo (22). Até o momento, 25 mortes estão confirmadas, sendo 22 no Estado de São Paulo e três no Rio de Janeiro.

Com o registro de dois casos no estado de Roraima, agora, todos os estados do país possuem casos registrados da doença. São Paulo registra o maior número de doentes até o momento (631 casos), sendo que a taxa de letalidade já chega a 3,5% – no Rio é de 1.6%. Por conta disso, a Prefeitura de São Paulo determinou o fechamento por 15 dias de todo o comércio. A quarentena

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro atualizou os números da pandemia do coronavírus no Estado. São 191 casos confirmados e o número de óbitos se manteve em três. No entanto, o número de óbitos pode ter um salto nas próximas horas: até a noite de domingo 10 mortes suspeitas estavam sob investigação. As três mortes até o momento foram registradas em Niterói, Miguel Pereira e Petrópolis.

A partir de terça-feira (24), o comércio no município do Rio deve fechar as portas por 15 dias. Até os bancos deverão ser fechados. Somente farmácias, supermercados e hortifrutis poderão funcionar. As feiras livres – que seriam quinzenais – voltam a ser semanais, com revezamento de barracas pares e ímpares. Prefeitura encomendou 20 mil cestas básicas para atender a trabalhadores nas ruas e vai reservar 10 hotéis para idosos que moram em comunidades.

Fake news

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pediu que as pessoas não acreditem em fake news, após um áudio, atribuído a ele, percorrer o país por meio de aplicativo de mensagem. “Não é só o coronavírus que traz problemas para o país. As fake news também! Hoje, tive conhecimento de um áudio que dizem ser com a minha voz, falando várias coisas sobre o vírus. Deixo aqui bem claro: todas as informações que eu for passar para a população serão feitas pelos canais oficias do Ministério da Saúde”, esclareceu.

Para combater as Fake News sobre saúde, o Ministério da Saúde, de forma inovadora, disponibiliza um número de WhatsApp para envio de mensagens da população. O canal não é um SAC ou tira dúvidas dos usuários, mas um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.

Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é (61)99289-4640.

Assista, na integra, à coletiva com atualização dos casos – 22/03/2020

ID UF CONFIRMADOS ÓBITOS
N N %
NORTE – Total: 49 (3,2%)
1 AC 11 0 0%
2 AM 26 0 0%
3 AP 1 0 0%
4 PA 4 0 0%
5 RO 3 0 0%
6 RR 2 0 0%
7 TO 2 0 0%
NORDESTE –  Total: 231 (14,9%)
8 AL 7 0 0%
9 BA 49 0 0%
10 CE 112 0 0%
11 MA 2 0 0%
12 PB 1 0 0%
13 PE 37 0 0%
14 PI 4 0 0%
15 RN 9 0 0%
16 SE 10 0 0%
SUDESTE – Total: 926 ( 59,9%)
17 ES 26 0 0%
18 MG 83 0 0%
19 RJ 186 3 1,60%
20 SP 631 22 3,50%
CENTRO-OESTE – Total: 161 (10,4%)
21 DF 117 0 0%
22 GO 21 0 0%
23 MS 21 0 0%
24 MT 2 0 0%
SUL – Total:  179 (11,6 %)
25 PR 50 0 0%
26 SC 57 0 0%
27 RS 72 0 0%
BRASIL 1.546 25 1,60%

Acesse a página especial do Ministério da Saúde sobre coronavírus

Com Assessorias