O Rio se enche de solidariedade no Dia Mundial das Boas Ações

ViDA & Ação traz um roteiro especial de iniciativas do bem que merecem ser apoiadas e divulgadas. Veja como participar de algumas delas

Rosayne Macedo
danielle-fernandes A jornalista Danielle Fernandes lançou uma campanha para ajudar a financiar seus estudos de Ayurvédica. Em pouco tempo,, virou uma ação coletiva e sustentável (Foto: Aline Miller)

Fazer o bem faz bem. E deveria ser uma rotina na vida de todos os cidadãos. Mas ainda é preciso um dia no calendário para lembrar isso. Neste domingo, 15 de abril, é celebrado o Dia Internacional das Boas Ações,  movimento mundial que convoca cada um de nós para fazer o bem e espalhá-lo pelo mundo. Nesses tempos sombrios em que o país parece torcer o nariz para as desigualdades sociais e as pessoas mergulham cada vez mais em seu próprio egocentrismo, é preciso continuar acreditando que a solidariedade e a empatia podem nos salvar.

Em comemoração à data e por acreditar que não dá para pensar na própria saúde sem pensar na saúde do universo e da Humanidade, ViDA & Ação seleciona um roteiro especial de atividades e iniciativas que podem estar apenas precisando de uma mãozinha sua. Que tal se engajar ou apoiar alguma delas? Dá só uma conferida!

Uma ótima iniciativa é do Instituto de Medicina e Cidadania , que está com campanha cadastrando novos médicos voluntários. A campanha de financiamento coletivo para custear os estudos de Medicina ayurvédica da jornalista Daniella Fernandes também tem mobilizado a rede de boas ações. Em apenas 24 horas a campanha já arrecadou o equivalente a 24% de uma das metas. E se tornou uma grande rede de trocas solidárias, holísticas e sustentáveis.

Estou emocionada com a rede de afeto e solidariedade que se formou. Ainda faltam 29 dias para o fim da campanha, mas estou confiante de que vou conseguir concluir meu curso e poder ajudar o mais pessoas com os benefícios do Ayurveda” , contou Dani à editora de Vida & Ação, Rosayne Macedo.

Smile Train – organização internacional sem fins lucrativos voltada para a causa da fissura labiopalatina – participa da terceira edição do Dia das Boas Ações, evento organizado pela Atados RioA abertura será domingo (15), na Quinta da Boa Vista, São Cristóvão. O dia será repleto de atividades como oficinas, debates, ações de voluntariado, atividades e shows. A partir das 11h15, a Smile Train, em parceria com o Studio Niquê, estará no espaço Sustentabilidade e Consciência promovendo a Yoga por Sorrisos, aula gratuita para toda a família.

Shopping Jardim Guadalupe promove neste sábado (14) várias ações com aulas de dança, apresentações musicais e cuidados com a saúde. No mesmo dia haverá a segunda edição da Feira de Adoção de Animais “Me dê um Lar”. Outros destaques do Boas Ações desta semana semana no Rio de Janeiro são a exposição fotográfica ‘Planeta em Transformação’, no Museu do Amanhã, e o  projeto “Livros nas Praças”, um ônibus transformado em biblioteca, percorrerá as zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro que distribuirá mais de 2 mil livros gratuitos.

 

Campanha para cadastrar novos médicos voluntários

Criado há dois anos, o Instituto de Medicina e Cidadania (IMC) está com uma campanha no Facebook (https://www.facebook.com/institutodemedicinaecidadania) para cadastrar novos médicos interessados em participar deste trabalho voluntariado e ajudarem a fazer a diferença na saúde.  Além disso, promove ações para arrecadar doações que possam ajudar na ampliação de novas unidades de atendimento médico voluntário.

Atualmente, o IMC conta com 15 médicos que atendem as especialidades de pediatria, clínica geral, pediatria, ginecologia, ortopedia, urologia, proctologia, oftalmologia, angiologia e dermatologia. Todos atuam em um posto na unidade do Morro Azul, no Flamengo, além de atender gratuitamente em seus consultórios, com hora marcada para o paciente. No ano passado o IMC realizou 2.400 atendimentos médicos voluntários.

A prioridade é a medicina de prevenção e o acompanhamento periódico dos pacientes da comunidade. O programa oferece atendimento gratuito e tem contribuído para uma melhor qualidade de vida dos moradores.  A estrutura administrativa montada pelo IMC coordena as marcações de consultas e atendimentos e envia mensalmente para o médico a estatística de atendimento e o encaminhamento de pacientes.

Com sede no Rio de Janeiro, o IMC é uma organização sem fins lucrativos, dirigida pelos médicos Luiz Roberto Londres e Márcio Meirelles, com a proposta de levar saúde de qualidade a regiões carentes e a todos que não têm acesso, bem como disseminar de forma ampla, conceitos e noções de cidadania.  A ideia também é auxiliar na formação de novos médicos e colaborar para o aperfeiçoamento dos médicos já formados. Praticar, desenvolver pesquisas e divulgar informações na área da medicina não alopática (integrativa) e disseminar conhecimentos em diferentes áreas da saúde são outros objetivos.

Em busca do equilíbrio: campanha mobiliza rede holística e sustentável

Diante de dificuldades financeiras, ao invés de desistir das aulas de Ayurveda, a jornalista e terapeuta ayurvédica em formação Daniella Fernandes, de 33 anos, apostou na solidariedade dos amigos e criou a campanha “Em busca do equilíbrio”, pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria. O objetivo é financiar as despesas com o curso de formação em terapias ayurvédicas, sistema de medicina indiano.

No entanto, a campanha tem mobilizado uma grande rede de serviços e produtos holísticos e sustentáveis. Diferente de outras campanhas de financiamento coletivo, a terapeuta abriu espaço para receber doações de serviços e produtos para serem ofertados na campanha como recompensas e o dinheiro arrecadado é revertido para a causa.

“Além de colaborarem adquirindo alguma das recompensas, muitos amigos queriam oferecer seu tempo e talento como recompensa para a campanha. Isso aumentou a diversidade de produtos e serviços e as chances de alcançar a meta. E eu ainda consigo contribuir com a divulgação do trabalho deles. Todos ganham!”, afirma a terapeuta.

Entre as recomensas  oferecidas pela terapeuta estão massagem, oficina de culinária, quentinhas vegetarianas e veganas, tratamentos e produtos ayurvédicos. Já os apoiadores oferecem aplicação de reiki, leitura de aura, aula de instrumentos musicais, ensaio fotográfico, oficina de pães artesanais, bijuterias de cerâmica, bolos veganos, além de outras técnicas de massagem.

Tudo isso só mostra que podemos acreditar no próximo e que se pensarmos no coletivo e valorizarmos o pequeno produtor e uma alimentação saudável podemos viver de forma sustentável”, afirma Dani.

Shopping Jardim Guadalupe promove Dia das Boas Ações

Consciente da importância das ações em benefício das comunidades locais, o Shopping Jardim Guadalupe, em parceria com os Escoteiros do Brasil, promove eventos gratuitos neste sábado, 14 de abril, das 11h às 17h. Além das atividades desenvolvidas pelos escoteiros, serão realizadas aulas de zumba, dança charme, aula de artes marciais, apresentações musicais de voluntários do projeto Playing For Change, aferição de glicose e pressão arterial e atendimento de grupos dos Alcoólicos Anônimos.

A ação social contará com a participação de diversos grupos escoteiros do Rio de Janeiro e com os responsáveis pelos projetos sociais fixos do empreendimento, como: Blindando Vidas, Playing for Change e Espaço de Dança. Outros espaços do shopping também serão usados no evento, como o Teatrinho dos Sonhos, Espaço Games, Coworking, portarias, estacionamento e parte do corredor no segundo piso, próximo à loja Hering..

 

Também no Shopping Jardim Guadalupe acontece neste sábado, das 14 às 18h, a Feira de Adoção de Animais “Me dê um Lar”, em pareria com o projeto Bem Estar Animal. Os clientes poderão adotar cães e gatos castrados. Para isso, é necessário ser maior de 18 anos e levar original e cópia da identidade, do CPF e de um comprovante de residência. E para que os organizadores tenham certeza que encontraram um bom lar para os animais, todos os interessados ainda passarão por uma entrevista. A entrada é gratuita.

A feirinha de adoçãoi terá, ainda, uma campanha de arrecadação de artigos para pets. Poderão ser doados produtos de limpeza e higiene, casinhas, caminhas, toalhas, lençóis, cobertores, potinhos de alimentos e até ração e medicamentos. Todos os donativos serão distribuídos em abrigos e para protetores independentes de animais pelo projeto Bem Estar Animal. Na primeira edição, mais de 30 bichinhos foram adotados.

Supermercado arrecada alimentos para Inca Voluntário

SuperPrix e INCA Voluntário - Alimentos sendo doados - foto divulgação SuperPrix
SuperPrix doa alimentos para o INCA Voluntário (Foto: Divulgação SuperPrix)

INCA voluntário está em parceria com a rede de supermercados SuperPrix no projeto de distribuição de bolsas de alimentos para pacientes em condições socioeconômicas desfavoráveis. O objetivo é possibilitar que eles mantenham uma alimentação equilibrada em sua residência durante o tratamento. Batizado como Bolsas Solidárias, o projeto da rede consiste na venda de bolsas alimentícias no portal do SuperPrix, colocando à disposição do cliente preços variados de Bolsas e a doação online com frete grátis.

Cada uma abrange vários tipos de produtos, conforme as orientações do INCAvoluntário – como a Bolsa Alegria, a Bolsa Amor, a Bolsa Abraço e a Bolsa Sorriso – com produtos que vão de leite em pó integral a feijão e arroz. Os interessados devem acessar o portal www.superprix.com.br/variedades/bolsa-solidaria/incavoluntario e escolher sua opção de cesta para doação.

‘Livros nas Praças’ leva literatura para oito comunidades

Com o objetivo de popularizar a cultura e o hábito da leitura, o projeto “Livros nas Praças” reabriu suas atividades em 2018 na última terça-feira (10) e rodará o Rio de Janeiro até o dia 23 de junho. Um ônibus transformado em biblioteca percorrerá as zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro com cerca de 2 mil livros disponibilizados gratuitamente para a população.

Para ter acesso às obras, os interessados deverão mostrar a carteira de identidade e um comprovante de residência. Feito isso, será possível levar até dois livros emprestados, que deverão ser devolvidos em qualquer um dos locais em que o ônibus ficará estacionado. Oito praças públicas servem de base para o projeto nas comunidades da Maré e Cidade de Deus nos bairros Botafogo, Madureira, Santa Cruz, Vila Valqueire e Engenho de Dentro e na cidade de São Gonçalo.

Além dos cerca de 2 mil livros oferecidos, o ônibus possui cadeira de transbordo, própria para cadeirantes e idosos que queiram entrar ter a experiência de escolher seus títulos na biblioteca itinerante. Também oferece duas prateleiras de livros acessíveis: 60 livros com ilustrações em braile para crianças, além de livros em fonte ampliada para pessoas com baixa visão, audiobooks para deficientes visuais e 30 livros em braile para adultos. O projeto “Livros nas Praças”, apoiado pela Lamsa e Instituto Invepar, foi inaugurado em novembro de 2012 e já atendeu mais de 142 mil visitantes-leitores em seu ônibus literário.

 

Exposição “Ameaçados – Planeta em Transformação” vai até dia 29

 A exposição temporária do Museu do Amanhã, “Ameaçados – Planeta em Transformação” será prorrogada até dia 29 de abril (domingo). A mostra reúne em 30 imagens o olhar do fotógrafo brasileiro Érico Hiller acerca dos efeitos das mudanças climáticas nas Maldivas, o drama dos rinocerontes na África e na Ásia, os poucos caminhos ainda exuberantes da Mata Atlântica Brasileira, além de registrar as modificações sofridas pelo Ártico, percorrendo o Monte Kilimanjaro, na Tanzânia. Além de mostrar os cliques de ambientes naturais ameaçados, as imagens selecionadas também exibem parte do trabalho “A Jornada do Rinoceronte”, que virou livro no ano passado.

A obra denuncia práticas criminosas e superstições que podem levar, nos próximos anos, à extinção dos mamíferos de chifres cobiçados. “O meu trabalho é voltado para a ciência e pesquisas social e ambiental, combinando com as diretrizes do Museu do Amanhã, que encara a fotografia como uma ferramenta de transformação, com viés educacional. É a primeira vez que vejo todos os meus projetos juntos em um único espaço, e isso é motivo de muito orgulho”, comemora Érico Hiller, que atua como fotógrafo documental independente e colabora para publicações como National Geographic BrasilRolling Stone e Marie Claire.

 

Com apoio da estagiária Fabiane Muniz, estudante de Jornalismo da Unigranrio, e informações de assessorias 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.