O verão vem aí: procedimentos estéticos em até 40 minutos

Especialistas apontam os tratamentos mais procurados nos consultórios e clínicas de estética nesta época do ano para preparar o rosto e o corpo para a temporada

Redação

A temporada de verão está chegando e para curtir a estação com a autoestima renovada, muita gente aposta em dieta equilibrada e atividade física regular. Para turbinar ainda mais esse combo, uma ótima opção são os tratamentos estéticos, indicados para eliminar as gordurinhas ou melhorar o aspecto da pele.

A menos de um mês para o início do verão, as agendas dos consultórios dermatológicos lotam de pacientes em busca de medidas para melhorar a aparência. Segundo o Google Trends, ferramenta que mostra os termos mais buscados na internet, os meses de dezembro e janeiro alcançam picos elevados para palavras como tratamentos estéticos.

Para as pessoas que querem fazer alguns retoques para deixar o corpo e o rosto perfeitos para curtir a estação mais quente do ano, existem inúmeras opções a serem consideradas e que não exigem um longo tempo de recuperação, podendo aproveitar os dias de sol sem preocupação. O botox é, sem dúvida, o queridinho.

“Em pontos do rosto e/ou do corpo que necessitam de atenção, o que mais gosto de indicar é o botox e a hidratação da pele com máscara”, diz Lúcia Miranda, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Segundo ela, o procedimento serve não somente para amenizar rugas e linhas de expressão, mas também para tratar enxaqueca e sudorese (suor excessivo).

O botox não exige um tempo de recuperação, podendo ser feito poucos dias antes de ir para as férias de verão. Eu peço que o paciente fique três dias sem praticar exercício físico e 4h após o procedimento sem deitar. Fora isso, os cuidados que se deve ter quanto à exposição ao sol são as mesmas de sempre”, afirma a dermatologista.

Além do botox, os procedimentos mais procurados nessa época do ano são, geralmente, aqueles para firmar o bumbum, diminuir barriga e tratar o “tchauzinho”, ou seja, a pele flácida do braço.

Para o corpo, o recomendado são aplicações de mesclas para reduzir medidas e, logo após, o Sculptra que é um indicado para rejuvenescimento e combate à flacidez. Podemos usar o sculptra ou o radiesse, bioestimuladores que vão estimulando a produção de colágeno”, recomenda.

Existem também hidratantes que ajudam a firmar a pele e esfoliantes, ideais para cuidar da pele e deixar o corpo mais bonito. A hidratação pode ser feita até mesmo em casa. “Essas são medidas que não exigem qualquer repouso. Fez e já pode ir curtir o sol, sem risco de complicações”, garante Dra. Lúcia Miranda.

Os 4 procedimentos mais adequados

O médico e cirurgião plástico Marco Cassol selecionou os quatro procedimentos estéticos mais adequados para o período:

Botox: O botox é um bom procedimento para ser feito nesta época do ano para que seu resultado esteja impecável no verão. Caso haja necessidade de retoque após a primeira aplicação ou algum efeito colateral temporário, a paciente terá tempo para solucionar estas questões”, comenta. O botox consiste na aplicação da toxina botulínica, uma medicação que paralisa parte da musculatura e corrige marcas de expressão de forma simples e eficaz, sem a necessidade de um tratamento invasivo como a cirurgia plástica.

  1. Criolipólise: Trata-se da destruição da gordura localizada por meio do frio. É um tratamento não invasivo e indolor, já que o frio serve como um anestésico. Particularmente indicado para a região da cintura e abdômen (barriga). “Este tratamento pode ser feito em qualquer época do ano, mas pra quem quer turbinar o copo para o verão, o ideal é fazer de dois a três meses antes, pois é o tempo que o resultado demora a aparecer. ”
  2. Dermaroller: Pequeno instrumento que desliza sobre a pele do rosto ou do corpo, atingindo a derme e promovendo a formação de fibras de colágeno, que dá firmeza e sustentação à pele. “​Os resultados do uso do DermaRoller variam de acordo com a região a ser tratada e do tipo de rolo que se utiliza. Para eliminar rugas finas 3 sessões podem ser o suficiente, mas para melhorar as estrias brancas e largas ou cicatrizes de acne, o número de sessões deverá ser maior”.
  3. Preenchimento (facial e corporal) com Ácido Hialurônico: É usado para melhorar o contorno e a projeção dos lábios, corrigir os olhos encovados, melhorar a projeção das maçãs do rosto e depressões, sulcos e rugas da pele. Pode ser usado em outras partes do corpo em concentrações e volumes maiores como para preencher o bumbum ou aumentar as coxas, braços ou corrigir defeitos no tórax. “O resultado se mantém por 6 a 18 meses quando aplicado na face e é dependente da concentração do ácido hialurônico usado”, diz o especialista.

Leia mais:

Conheça os procedimentos estéticos em alta no verão 2019
Top 5 dos procedimentos cirúrgicos cosméticos e minimamente invasivos
Cirurgias e procedimentos íntimos: conheça as últimas novidades

Resultados em menos de uma hora

O mercado de estética está em constante crescimento e conta com diversas opções de tratamentos com tecnologia de ponta, o que possibilita realizar uma sessão com ótimos resultados em menos de uma hora.

Patricia Lucas, assistente de Pesquisa e Desenvolvimento da ONODERA Estética, ressalta que antes de iniciar qualquer procedimento, é necessária uma avaliação detalhada para que o tratamento realizado seja o mais seguro e eficaz para cada caso.

Abaixo, a profissional indica opções modernas e rápidas para diminuir celulite, flacidez e gordura localizada em até 40 minutos.

Celulite – 15 minutos

Shock Wave –  indicado para celulite de graus I a III, o tratamento atinge o tecido de gordura que ajuda a dissolver as fibroses, grandes responsáveis por puxar a pele para baixo causando a aparência de casca de laranja. “Além disso, o processo aumenta a oxigenação local e melhora a circulação sanguínea na região, promovendo a drenagem de líquidos e toxinas retidos no organismo”, explica. A recomendação é de 8 a 10 sessões, podendo ser realizado duas vezes por semana.

Flacidez – 20 a 40 minutos

Trilipo – Através de um único aparelho que une duas tecnologias: Radiofrequência Tripolar e Ativação Muscular Dinâmica, o Trilipo cuida da flacidez tissular e muscular simultaneamente. “Agindo profundamente na pele, a técnica acelera o metabolismo da gordura natural, liberando as células adiposas, reduzindo a circunferência e melhorando o contorno corporal. Além disso, também aumenta a circulação sanguínea e linfática e otimiza a oxigenação do tecido, destaca. Para bons resultados são necessárias, no mínimo, dez sessões.

Gordura localizada – 30 minutos

Onosculpt – Através de quatro diferentes tecnologias: Ultrassom, Microcorrente, Iontoforese e Endermologia, a técnica associa até três terapias ao mesmo tempo – dependendo da patologia a ser tratada, para ativar o sistema circulatório, reduzir a célula de gordura, aumentar a oxigenação e reduzir inchaço. Com recomendação de 10 sessões, a aplicação dura, em média, 30 minutos.

Peeling e laser são contraindicados

O peeling é uma técnica usada para clarear a pele, sendo capaz de promover a renovação celular, de forma progressiva, estimulando a regeneração natural dos tecidos, para isso, utiliza, dentre outras possibilidades, o ácido tricloroacético. Mas o tratamento só deve ser feito no mínimo três meses antes de passar férias na praia ou de ficar exposto ao sol por longas horas.

Fazer peeling e depois pegar sol é fatal, pode causar o efeito reverso e acabar manchando ainda mais a pele”, alerta a dermatologista.

Laser no rosto para reduzir olheiras e manchas também exige restrição total ao sol. “Pele bronzeada, que passou muito tempo exposta ao sol ou para quem deseja tomar banho de sol, deve fugir do laser. É totalmente contra indicado. Até mesmo depilação à laser deve ser suspensa”, adverte Dra. Lúcia.

Um alerta: fugir de bronzeamentos artificiais. “Nada de abrasivos. Laser abrasivo antes de ir para a praia nem pensar. Alguns bronzeamentos usam produtos que são muito prejudiciais e àqueles que são feitos em câmaras são cancerígenos. Deve-se fugir disso”, adverte a médica.

Precauções durante o verão

Independentemente de qualquer coisa, o protetor solar deve ser o melhor aliado de todos que irão à praia ou a clubes. “Eu prescrevo o protetor solar via oral. Isso é fundamental”, recomenda Dra. Lúcia Miranda.

O protetor solar via oral é mais potente, ele age no DNA das células e propicia uma proteção maior, como se fosse uma película. “O que causa câncer de pele é o DNA detonado. Os raios UVA, UVB e a Luz Visível, incidem sobre a pele e lesionam diretamente o DNA. Por isso se proteger do sol é tão crucial”, esclarece Dra. Lúcia.

Mesmo com o protetor solar oral, o uso do tópico ainda se faz necessário para ter uma cobertura completa e se precaver de doenças da pele. “Geralmente, prescrevo o uso do protetor solar via oral para quem vai à praia, diariamente um após o café da manhã e um após o almoço”, informa a dermatologista. Além disso, o protetor via oral age no sistema imunológico, prevenindo a gripe e auxiliando em outras doenças. “As pessoas que têm herpes, ao fazer uso do protetor via oral, as crises começam a ficar mais despassadas”, reitera.

Além da proteção contra os raios solares, outro ponto importante para passar o verão sem prejudicar a cútis e a saúde é a hidratação. “Muita água, todo o tempo. Evitar beber demais também é indispensável”, recomenda a especialista. Usar chapéu também é uma boa opção.

Com Assessorias