Oportunidades gratuitas para profissionais de saúde

Redação
Curso de ventilação mecânica e emergências respiratórias para médicos e residentes

A Afya Educacional, maior grupo de educação médica do Brasil, tem um sólido compromisso em acompanhar os médicos durante toda a sua formação e capacitar profissionais da saúde, utilizando educação e tecnologia. Como parte dos esforços no combater a pandemia, a empresa vai disponibilizar, a partir de 7 de abril, um curso de condutas para emergências em COVID-19, com foco em ventilação mecânica, emergências respiratórias e diagnóstico por imagem, 100% gratuito, por meio do aplicativo da empresa. O objetivo é que médicos e residentes que estejam trabalhando na linha de frente do atendimento aos pacientes do novo coronavírus possam acessar os conteúdos estrategicamente dos ambientes hospitalares.

As aulas serão ministradas por dois pneumologistas e um cardiologista do corpo de médicos docentes da Afya, além de especialistas convidados. O curso abordará os seguintes temas: cuidados na ventilação mecânica, tomografia de pacientes com COVID-19; abordagem da via aérea; ventilação mecânica invasiva, entre outros.

O curso conta com videoaulas, que trazem simulações, demonstrações de procedimentos e esquemas com o objetivo de realmente capacitar médicos sem especialização em pneumologia ou emergências clínicas e alunos de medicina a conseguirem fazer o atendimento de pacientes em situação grave pela contaminação do COVID-19. Os participantes terão acesso também a resumos em textos dos procedimentos e condutas e poderão realizar exercícios para fixação dos conhecimentos. Aulas ao vivo ocorrerão periodicamente trazendo novas condutas, atualizações e discussões de casos, compartilhando conhecimento com rapidez.

Para participar, os hospitais interessados devem entrar em contato com a Afya, por meio do site www.afya.com.br/emergenciasmedicaMais informações no www.afya.com.br e no https://ir.afya.com.br

Curso gratuito sobre coronavírus para profissionais de enfermagem

A iniciativa tem o objetivo de viabilizar o acesso a informações seguras e atualizadas para enfermeiros e população em geral. Para auxiliar equipes e profissionais de enfermagem na atual crise de saúde enfrentada no Brasil pelo Coronavírus, a Elsevier desenvolveu um site que fornece conteúdo de sua plataforma de educação continuada Clinical Skills para diagnóstico e tratamento da Covid-19.

A iniciativa promove maior segurança e melhor qualidade na assistência aos pacientes em Centros de Saúde. Ela está sendo ofertada de forma online para garantir o acesso durante o período da pandemia a qualquer hora, de qualquer lugar.

Totalmente em português e oferecida de forma gratuita, a página abriga vídeos, planos de cuidado, alerta clínico e outras informações produzidas por profissionais especializados com base em evidências. Além das equipes de enfermagem, o site está disponível para quem tiver interesse em acessar informação de qualidade e baseada em evidências.

O endereço da página sobre o Coronavírus do Clinicak Skills é http://www.clinicalskills.com.br/conte%C3%BAdo/354/novo-coronav%C3%ADrus-covid-19
IBM lança novas tecnologias com IA para ajudar comunidade de saúde e pesquisa a acelerar descoberta de insights e tratamentos médicos para COVID-19

À medida que a pandemia da COVID-19 avança,  como as novas tecnologias baseadas em nuvem e IA e o conhecimento científico da nossa divisão de pesquisa – IBResearc– podem ajudar na batalha global contra o coronavírus.

Como parte desses esforços, estamos disponibilizando diferentes recursos novos e gratuitos da IBM para ajudar pesquisadores de saúde, médicos e cientistas de todo o mundo para acelerar a descoberta de medicamentos para a COVID-19: desde a coleta de informações até a aplicação das mais recentes informações genômicas sobre o vírus e identificação de potenciais metas para tratamentos, para criar novos candidatos a moléculas de drogas.

Apesar de alguns dos recursos ainda estarem em fase exploratória, a IBM os está disponibilizando para pesquisadores qualificados, sem nenhum custo, para ajudar na pesquisa científica internacional da COVID-19.

Simplificando a busca por informações
Agências de saúde e governos de todo o mundo acumularam rapidamente dados médicos e informações relevantes sobre a pandemia. Além disso, já existe também um amplo e rico histórico de pesquisa médica que pode ser relevante para a COVID-19. No entanto, como acontece com qualquer grande volume de fontes de dados díspares, é difícil agregar e analisar com eficiência essas informações, de maneiras que possam gerar insights científicos.

Para ajudar os pesquisadores a acessar dados estruturados e não estruturados rapidamente, estamos oferecendo um recursdpesquisdIbaseadenuveque foi treinado em um corpus de milhares de artigos científicos contidos no conjunto de dados de pesquisa aberta COVID-19 – COVID1OpeResearcDatase(CORD19), preparado pela Casa Branca e por uma coalizão de grupos de pesquisa e bancos de dados licenciados do DrugBank, Clinicaltrials.goGenBank. Essa ferramenta usa nossa IA avançada e permite que os pesquisadores façam consultas específicas nas coleções de documentos e extraiam rapidamente o conhecimento crítico da COVID-19. Para saber mais e solicitar acesso, cliquaqui. Vale lembrar que o acesso a esse recurso será concedido apenas a pesquisadores qualificados.

Ajudando na busca por tratamentos

O processo tradicional de descoberta de medicamentos passa por uma biblioteca de compostos que são rastreados, aprimorados e testados para determinar a segurança e a eficácia. Ao lidar com novos patógenos como o SARS-CoV-2, existe o potencial de aprimorar as bibliotecas de compostos com novos compostos adicionais. Para ajudar a atender essa necessidade, a IBM Research criou recentemente uma nova metodologia de IA generativa que pode identificar rapidamente novos peptídeos, proteínas, candidatos a medicamentos e materiais.

Aplicamos essa tecnologia de IA contra três alvos da COVID-19 para identificar 3.000 novas pequenas moléculas como possíveis candidatos terapêuticos à COVID-19. A IBM está liberando essas moléculas sob uma licença aberta, e os pesquisadores podem estudá-las por meio de uma novferramentdexploraçãmoleculainterativpara entender suas características e relacionamento com a COVID-19 e identificar candidatos que possam ter possíveis propriedades para serem acompanhadas no desenvolvimento de medicamentos.

Para simplificar os esforços na identificação de novos tratamentos para a COVID-19, também estamos disponibilizando a IBFunctionaGenomicPlatforgratuitamente durante a pandemia. Construído para descobrir as características moleculares nos genomas virais e bacterianos, este repositório e ferramenta de pesquisa baseada em nuvem inclui genes, proteínas e outros alvos moleculares de organismos virais e bacterianos sequenciados em um só lugar com conexões pré-computadas para ajudar a acelerar a descoberta dos alvos moleculares necessários para a criação de medicamentos, tratamento e desenvolvimento de testes.

Um grupo seleto de colaboradores da IBM de agências governamentais, instituições acadêmicas e outras organizações já usam essa plataforma para estudo genômico bacteriano. E agora, aqueles que trabalham na COVID-19 podem solicitar a interface da IBM Functional Genomics Platform para explorar as características genômicas do vírus. O acesso à IBM Functional Genomics Platform será priorizado para as pessoas que estão conduzindo pesquisa relacionada à COVID-19. Para saber mais detalhes e solicitar acesso, cliquaqui.

Informações sobre medicamantos e doença

Os médicos e profissionais de saúde nas linhas de frente do atendimento também terão acesso gratuito a centenas de materiais curados e baseados em evidência sobre a COVID-19 e conteúdo de doenças infecciosas da IBMicromedeEBSCDynaMed. Usando essas duas soluções avançadas de suporte à decisão, os usuários terão acesso a informações sobre medicamentos e doenças em uma pesquisa única e abrangente. Os médicos também podem fornecer aos pacientes folhetos educativos simples, com informações médicas práticas e relevantes. O IBM Micromedex é um dos maiores bancos de dados on-line de referência para informações sobre medicamentos e é usado por mais de 4.500 hospitais e sistemas de saúde em todo o mundo. O EBSCO DynaMed fornece conteúdo clínico, incluindo revisões sistemáticas da literatura em 28 especialidades para tópicos abrangentes sobre doenças, condições de saúde e descobertas anormais, para temas altamente focados em avaliação, diagnóstico diferencial e gerenciamento.

A comunidade científica está trabalhando duro para fazer novas descobertas relevantes para o tratamento da COVID-19, e esperamos que o lançamento dessas novas ferramentas ajude a acelerar esse esforço global. Este trabalho também descreve nossa visão de longo prazo para o futuro da descoberta acelerada, onde grupos multidisciplinares de cientistas e médicos trabalham juntos para criar novas terapias de forma rápida e efetiva, auxiliadas por novas tecnologias com IA.

Para conhecer mais sobre as iniciativas da IBM em relação à COVID-19, desde educação, até saúde, assistência governamental, entre outros, por favor visite: IBM.com/COVID19.

COVID-19 – Siemens disponibiliza sua rede de manufatura aditiva para área médica em resposta à pandemia

· Empresa conecta profissionais da saúde, hospitais e fornecedores de equipamentos médicos para produção de componentes por meio da manufatura aditiva
Em resposta à atual crise de saúde global causada pelo surto de COVID-19, a Siemens disponibiliza à comunidade médica global sua rede de manufatura aditiva (MA), incluindo suas impressoras 3D, para agilizar os projetos e a produção de componentes médicos. A rede de MA conecta usuários, projetistas e provedores de serviços de impressão 3D, permitindo a produção mais rápida e menos complicada de peças de reposição para máquinas, como respiradores. A rede de MA da Siemens está disponível globalmente para toda a cadeia de valor, incluindo serviços de upload, simulação e verificação do projeto, além do processo de impressão e serviços associados.
Médicos, hospitais e organizações que precisam de dispositivos médicos, além de projetistas e provedores de serviços com capacidade de impressão e certificação médica, podem se registrar para obter acesso gratuito à rede de MA da Siemens. “Como trabalhamos na manufatura aditiva há anos, oferecemos soluções de MA para toda a cadeia de valor e a capacidade de imprimir peças 3D com rapidez para atender às demandas urgentes. Para ajudar a combater a COVID-19, disponibilizamos nossa rede de MA a hospitais e outras instituições de saúde que precisam de peças de reposição para equipamentos médicos; desta forma, podemos gerenciar com eficiência as solicitações de projetos e impressão”, disse Klaus Helmrich, membro do conselho de administração da Siemens AG e CEO da Siemens Digital Industries.
Os projetistas e engenheiros da Siemens fazem parte da rede de MA para atender às solicitações de projeto e ajudar a converter projetos em arquivos imprimíveis. Depois, esses componentes são gerados em impressoras 3D certificadas para fins médicos de empresas parceiras que também fazem parte da rede de MA. Além de inúmeras impressoras 3D de empresas parceiras, as máquinas de impressão 3D da Siemens também estão conectadas à rede e, conforme o caso, também serão usadas para imprimir localmente componentes e peças de reposição para equipamentos médicos. Além disso, outros provedores de serviços de impressão podem ser facilmente adicionados à rede de MA.

Contratação de profissionais da saúde em até 24 horas

O aumento do número de casos do novo coronavírus no país levou redes de hospitais, laboratórios e clínicas a iniciar a contratação emergencial para atender os pacientes e conseguir realizar as testagens para a doença.

Uma rede de hospitais está contratando enfermeiros e técnicos de enfermagem em caráter emergencial para atuação no Rio e em São Paulo. No Rio, são cerca de 400 vagas disponíveis para trabalhar nos CTIs pediátrico e adulto e na emergência. O regime de contrato é temporário. Para enfermeiros, os salários variam de R$ 3 mil a R$ 5.215. Para técnico de enfermagem, a remuneração vai de R$ 1.389 a R$ 2.534. Já nos laboratórios, o aumento da demanda por serviços levou à contratação emergencial de profissionais e ao remanejamento de outros para atendimento domiciliar.

Junto com a rápida pulverização dos casos de coronavírus pelo Brasil, surgiu uma alta demanda por profissionais de saúde. Neste cenário, a Revelo, maior HRTech da América Latina, está lançando uma nova plataforma 100% gratuita para agilizar e otimizar a contratação desses profissionais de saúde. Com o foco em enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem a companhia busca reduzir o tempo de contratação para no máximo 24 horas, processo que antes era feito entre dois e três dias. Empresas como clínicas, hospitais e healthtechs terão acesso ao serviço gratuitamente durante o período de pandemia.

A demora no processos de seleção acontecia na busca de profissionais disponíveis e na fase dos testes técnicos, problema resolvido pela Revelo. Ao realizar o cadastro, os profissionais devem automaticamente realizar o teste on-line, ou seja, os contratantes podem pular essa etapa, uma vez que os profissionais já chegam triados e com as suas qualificações verificadas

Wolters Kluwer Health, líder mundial em fornecimento de informações para profissionais e estudantes da área de saúde, está engajada na luta contra o COVID-19. Com o objetivo de melhor suportar os profissionais da saúde neste difícil momento de emergência em saúde pública global, está não só disponibilizando gratuitamente no UpToDate® uma série de atualizações sobre a pandemia e suas complicações, como também criou um mapa interativo global que mede a intensidade de pesquisas clínicas a respeito do vírus. Além disso, os médicos brasileiros terão acesso gratuito, até o dia 30 de abril , aos cerca de 30 mil tópicos, relacionados a 25 especialidade no UpToDate .

O mapa de bolhas interativo, desenvolvido por cientistas de dados, que sinaliza os casos de COVID-19 com base na intensidade de pesquisas clínicas sobre o tópico, traz informações globais e apoia médicos e agentes públicos de saúde no rastreamento do vírus. Ele foi construído com base na atividade de pesquisa clínica de mais de 1,9 milhão de médicos que estão atuando no atendimento e tem por objetivo ajudar na obtenção de insights preditivos para os casos que estão sendo reportados.

No mapa de bolhas também foram contabilizados os casos de COVID-19 reportados pela Johns Hopkins University . Em estudos anteriores (observando MERS e influenza)1,2, um aumento na intensidade da pesquisa correlacionou-se com surtos documentados. O recurso ilustra ainda como a intensidade de pesquisa tem aumentado com o passar do tempo em diversas regiões do mundo e também onde está diminuindo. Ele traz dados por país e também por estado, no caso dos EUA. Para ver o mapa ao vivo acesse: http://covid19map.uptodate.com/?utm_source=EPR&utm_medium=prWK_CoronaInfos&utm_campaign=PR

Recursos gratuitos de suporte à decisão clínica

Desde 1 de Fevereiro, os tópicos clínicos sobre o COVID-19 foram visualizados mais de duas milhões de vezes. Além disso, também está liberado o acesso a informações relacionadas a doenças infecciosas, medicina pulmonar e de cuidados intensivos, provendo informações relacionadas ao diagnóstico e à gestão do COVID-19 e suas complicações.

Para apoiar os médicos no cuidado aos pacientes que voltam para casa após a hospitalização por COVID-19, as instruções de alta e as informações voltadas para o paciente estão agora disponíveis gratuitamente. O PDF para download inclui informações sobre os cuidados recomendados em casa e para acompanhamento da evolução do tratamento, medicamentos, tipos de atividades físicas indicadas e limitadas, entre outras. Todas essas informações estão sendo atualizadas constantemente pelo time editorial da Wolters Kluwer Health.

Para obter mais informações, adicione aos favoritos e visite a página recursos e ferramentas Wolters Kluwer COVID-19 (Coronavirus) em: http://healthclarity.wolterskluwer.com/coronavirus-resources.htm?utm_source=EPR&utm_medium=prWK_CoronaInfos&utm_campaign=PR