Outubro Rosa: serviço gratuito de reconstrução de auréola

Técnica de maquiagem paramédica é outro recurso para ajudar mulheres que passaram pela mastectomia após câncer de mama

Redação
micropigmentação

Tatuador Barret

Resgatar a autoestima após o tratamento do câncer de mama é um dos grandes desafios para milhares de mulheres que enfrentam a doença. Uma das maiores preocupações é com a reconstituição das mamas e a recuperação dos fios perdidos durante a quimioterapia, inclusive na sobrancelha. Para dar um apoio a estas mulheres, surgem diversas iniciativas dentro da campanha Outubro Rosa.

Uma delas é a Y Rosa, que oferece nos dias 25 e 26, no Rio de Janeiro, serviços gratuitos de reconstrução de auréola gratuita por meio de tatuagem 3D para mulheres mastectomizadas (foto ao lado), micropigmentação de sobrancelhas para quem perdeu os pelinhos devido à quimioterapia e corte de cabelo para doação.

“A Y Rosa ganha força e novos parceiros na missão de aumentar a participação da população no diagnóstico precoce da doença e auxiliar mulheres que venceram o câncer a retomarem sua autoestima e alegria em viver”, afirma Yurgan Barret, tatuador que abre as portas de seu estúdio na Barra da Tijuca para a iniciativa.

Com presença do Instituto Vamos Viver, haverá também palestras e grupos de discussão e exposição de fotos de vencedoras do câncer. “Fico feliz com o crescimento do Y Rosa e em ver outros tatuadores entrando nesse movimento de usar sua arte pra ajudar mulheres guerreiras que venceram o câncer de mama”, disse Barret.

tatuagem pós-mastectomia

As vagas são limitadas e para participar, é necessário agendamento pelo Instagram (@yurganbarret) ou whatsapp: (21) 97152-1303. O estúdio fica no Shopping Barra World – Av. Alfredo Balthazar da Silveira, 520 – loja 112a – Setor Holanda – Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro. A última edição do Y Rosa aconteceu em julho no Rio de Janeiro e as próximas estão programadas para São Paulo e Florianópolis em 2019.

Técnica de maquiagem paramédica

maquiagem paramédica

A técnica acaba de chegar ao Brasil trazida por Luciana Zambrano, especialista em maquiagem paramédica na Clínica Juliana Neiva. Luciana esteve recentemente na Holanda onde foi aperfeiçoar o seu trabalho e aprender os detalhes da nova técnica, que consiste em recriar a auréola na superfície lisa do mamilo com todo o volume em 3D. 

É uma emoção muito grande para essas mulheres. A grande maioria chora de tamanha emoção. Muitas delas ao se verem sem mamilo e auréolas se consideram sem seio e após a reconstrução sentem que novamente possuem um seio”, afirma Luciana. 

A especialista utiliza no procedimento pigmentos especiais produzidos em Israel para atingir o resultado desejado recriar com perfeição a auréola. A maquiagem paramédica, também conhecida como dermopigmentação pós-cirúrgica ou estética, é realizada em duas ou três sessões, de 2 horas cada, com a ajuda de um dermógrafo de alta precisão e os melhores pigmentos orgânicos do mundo. 

O tempo de duração do resultado é em torno de 1 a 2 anos, variando em cada pessoa, de acordo com seus hábitos. O pós-procedimento depende de pequenos cuidados como evitar exposição solar, calor, suor e o uso do óleo cicatrizante 100% puro e natural nos primeiros dias. 

Os procedimentos são realizados na clínica Juliana Neiva, conduzida por uma das dermatologistas mais conceituadas do país e responsável por cuidar da pele de celebridades, como o jogador Neymar e as atrizes Juliana Paes e Paola Oliveira. As pacientes serão indicadas por médicos parceiros. 

 Da Redação, com Assessorias
   

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.