Pacientes vão testar remédio para prevenir infarto e AVC

Estudo clínico no Rio quer envolver também diabéticos com altas taxas de triglicerídeos. Primeiros candidatos se reúnem neste sábado (8)

Redação

Um estudo clínico ajuda a determinar a segurança e a eficácia de medicamentos em fase de pesquisa. Um grupo de pessoas concorda em tomar a medicação da pesquisa e ser assistido pela equipe médica, enfermeiros e outros profissionais do centro de pesquisa. Os estudos clínicos fornecem as melhores informações para a tomada de decisões relacionadas à saúde, a novos medicamentos e novos tratamentos.

Um novo estudo clínico em desenvolvimento no Rio de Janeiro quer comprovar a eficácia de um novo medicamento capaz de prevenir novos ataques e garantir uma melhora na qualidade de vida para quem já sofreu um infarto ou derrame cerebral. O centro de pesquisas CCBR – Instituto Brasil de Pesquisa Clínica, empresa de base científica especializada em conduzir ensaios clínicos, promove neste sábado (dia 8 de junho), o Dia do Coração, focado na prevenção e no tratamento de doenças cardiovasculares que estão no topo das causas de mortalidade da população no Brasil.

O evento tem como objetivo receber homens e mulheres que já tenham passado por episódios cardíacos como infarto, avc, derrame, insuficiência cardíaca ou trombose, ou que sejam diagnosticados com diabetes tipo II e apresentem taxas de triglicerídeos altas. Essas pessoas passarão por testes e, caso se enquadrem em todas as especificações necessárias, poderão fazer parte de um seleto grupo de testes de um estudo clínico para validar o novo medicamento.

As doenças cardiovasculares, em sua maioria crônicas, tornam-se ainda mais perigosas para pessoas que já tiveram um primeiro acidente como infartos, derrames, etc. Caso o paciente não faça um controle rigoroso e responsável dos triglicerídeos (gordura ruim relacionada com alimentação rica em frituras, farináceos, massas e açúcares em excesso) o risco desses episódios se repetirem – e serem fatais – é enorme.  Essa pesquisa clínica para validar o novo medicamento visa ajudar a controlar essa situação e evitar um novo infarto ou AVC.

No Dia do Coração os especialistas do CCBR – o cardiologista Bruno Paulino, os endocrinologistas Luis Russo e Luiz Gregório e a pesquisadora Renata Pinheiro – explicarão todo o cronograma do programa de testes em detalhes, destacando os benefícios para quem opta por esse tipo de tratamento inovador, que além de contribuir com o paciente individualmente é também importante para a evolução da saúde da humanidade. Na ocasião será realizada uma avaliação médica com os candidatos – medição da pressão arterial e da glicose – para avaliar quem realmente está apto a participar do programa.

O Dia do Coração terá início às 8h. A palestra gratuita ministrada pela equipe do CCBR, com todas as informações sobre o programa, está marcada para 8h30, seguida das avaliações médicas, às 9h30. O evento acontece na sede do CCBR, na Rua Mena Barreto 33, em Botafogo. Para participar, os interessados devem se cadastrar pelo telefone (21) 2527-7979.

Além de tratamento, os pacientes receberão acompanhamento de cardiologistas, endocrinologistas e nutricionistas que darão toda a estrutura necessária para a manutenção da boa saúde e otimização dos resultados do novo medicamento.

Todos os pacientes selecionados para participar dos testes do novo medicamento, receberão acompanhamento gratuito das equipes do CCBR por pelo menos dois anos. Segundo a empresa, o estudo é seguro e aprovado por órgãos reguladores nacionais (CONEP e ANVISA) e internacionais (FDA).

Rio faz caminhada para chamar atenção para cardiopatia congênita

Atualmente, a cardiopatia congênita é a terceira causa de morte em recém-nascidos com menos de 30 dias de vida. A patologia é responsável por 40% dos óbitos em bebês com menos de um ano. Para chamar a atenção para esta doença, no dia 9 de junho, o Grupo Perinatal irá realizar a Caminhada pela Conscientização da Cardiopatia Congênita – ‘Namore esta ideia’.

O evento, marcado para as 9h, terá como ponto de encontro o Hotel Copacabana Palace e contará com a presença de representantes da Sociedade Brasileira de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Soperj), profissionais da área de saúde e pais e responsáveis de crianças cardiopatas.

A ação marca o Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita, celebrado em diversas cidades do Brasil no dia 12 junho.  De acordo com Sandra Pereira, coordenadora de cirurgia cardíaca da Perinatal, o evento irá reforçar a importância dos exames pré-natais para identificar a doença.

“O diagnóstico precoce permite que seja realizada uma análise concreta sobre cada caso. A sociedade precisa saber que a malformação no coração é um tema de utilidade pública, que deveria ser discutido com mais frequência, pois possui um impacto grande na mortalidade infantil”, explica.

Da Redação, com Assessorias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.