Papai Noel de laranja é destaque em campanha contra o câncer de pele

Ação no AquaRio é realizada pelo segundo ano consecutivo neste sábado (15). Objetivo é chamar a atenção para os riscos da exposição solar sem proteção

Redação
Papai Noel vestido de laranja também esteve na orla do Rio em dezembro de 2016 (Foto: SBD/Divulgação)

O verão só chega dia 21, mas por aqui as temperaturas alcançaram mais de 37 graus esta semana, com sensação térmica de mais de 40 no Rio de Janeiro!!! Para alertar a população para os riscos da exposição solar sem proteção, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realiza pelo quinto ano consecutivo a campanha Dezembro Laranja. E neste sábado (15), as ações chegam pela segunda vez ao Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio).

O ponto turístico na Região Portuária terá ações educativas para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer da pele, incluindo a importância da fotoproteção para a redução dos riscos da doença.

O Papai Noel marcará presença no AquaRio e promete fazer a alegria das crianças e também dos adultos. O Bom Velhinho, que estará vestido de laranja, vai posar para fotos e distribuir brindes, como gibis da Turma da Mônica e balões, para as pessoas que forem até o espaço. Materiais explicativos também serão distribuídos durante este dia.

Além disso, o AquaRio exibe, desde o dia primeiro deste m^\es tanques de águas-vivas e de crustáceos gigantes na cor laranja e uma tela de monitor com informações sobre a campanha.

Se exponha, mas não se queime

Um país com menos casos de câncer da pele é uma meta alcançável e a está compro­metida em reduzir a incidência e a mortalidade da doença. A conscientização pública é uma das formas de reduzir o número de ca­sos, garante a SBD. A campanha #DezembroLaranja tem apoio do Conselho Fede­ral de Medicina (CFM) e Associação Médica Brasileira (AMB), para alertar a população sobre prevenção, diagnóstico e acesso ao tratamento da doença no Brasil.

Neste ano, a campanha dá continuidade ao tema “Se exponha, mas não se queime”, cativando o interesse da população ao fazer um trocadilho entre a exposição solar e a exposição nas redes sociais. As mensagens divulgadas pelos canais de comunicação da entidade, sobretudo em mídias importantes como o Facebook e o Instagram, preenchem um espaço de utilidade pública, com orientações gerais sobre esse tipo de tumor mais incidente no país.

Fonte: AquaRio e SBD, com Redação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.