Para cada homem com depressão, duas mulheres sofrem com a doença

Rosayne Macedo

mulher-depressão

Para cada homem com depressão, duas mulheres sofrem com a doença. É o que aponta a Organização Mundial da Saúde (OMS), indicando que atualmente 400 milhões de pessoas convivem com depressão no planeta. A psicóloga e hipnóloga Miriam Farias diz que as mulheres também são as que mais procuram ajuda profissional. A explicação pode estar na sociedade, que permite a elas expressar melhor os seus sentimentos.

“A maior procura por tratamento psicológico com hipnose são pessoas do sexo feminino. A mulher consegue e tem mais facilidade de identificar e expressar as emoções e o que sente do que os homens”, afirma a especialista. Segundo ela, até por uma questão cultural foi ensinado, permitido e estimulado a mulher desde a infância expressar e demonstrar os sentimentos, as brincadeiras com bonecas, comidinhas e outras, gira em torno de cuidados e afetividade.

“Então, desde muito pequena a mulher já é treinada a lidar com afetos. Por isso, ela quando adulta tem mais facilidade de identificar e expressar os afetos ou desafetos. Então, quando ela está sofrendo, principalmente de depressão, consegue procurar ajuda”, explica a psicóloga.

De acordo com ela, é importante saber diferenciar uma tristeza comum de um quadro depressivo, visto que a tristeza, assim como as demais emoções – medo, ansiedade, raiva, entre outras – fazem parte da vida; enquanto a depressão é a alta intensidade por tempo prolongado desses sentimentos ruins, sendo necessária, portanto, a ajuda profissional de um psicólogo.

“A depressão é um transtorno que causa sofrimento tanto físico, quanto mental e emocional, gerando também um afastamento ou isolamento social. Na depressão, a pessoa perde a capacidade de experimentar o prazer, há um desânimo constante que compromete as atividades e tarefas diárias. O indivíduo não tem vontade de fazer nada, acorda sempre cansado, o sono fica ruim e não é recuperador”, ressalta a especialista.

 Para dar adeus ao distúrbio, Miriam lista 10 atitudes que as mulheres que sofrem com o mal precisam tomar:

1- Procurar ajuda de um profissional psicólogo que faça hipnose

2 – Mesmo que seja difícil procurar cuidar da aparência, exercer o seu lado mulher

3 – Praticar atividade física

4 – Praticar auto hipnose, meditação ou yoga

5 – Estar perto de pessoas que a coloquem para cima, pessoas alegres, a felicidade é contagiante

6 – Resgatar as atividades que antes da depressão era fonte de prazer

7 – Aumentar as possibilidades de relacionamentos

8 – Evitar ficar isolada, mesmo que faça um esforço

9 – Buscar um novo aprendizado, estimula o cérebro e pode motivar

10 – Construir na sua mente pensamentos saudáveis, que você pode é capaz e tem capacidade de superação

Fonte: Miriam Farias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.