Para cada lata de refrigerante, 50 minutos de atividades físicas

Ao beber um copo de 200 ml da bebida é preciso beber 32 copos de água para reequilibrar o pH do seu corpo

Rosayne Macedo

Você sabia que quando você consome uma lata de refrigerante precisa fazer 50 minutos de atividade física para gastar as calorias ingeridas? Se você parou para ler esse texto é porque provavelmente o refrigerante ou  os sucos adoçados artificialmente fazem parte da sua vida. Profissionais de saúde afirmam que ao beber um copo de 200 ml precisa é preciso beber 32 copos de água para reequilibrar o pH do seu corpo. Uma lata de refrigerante contém 320 ml e cerca de oito colheres de chá de açúcar. Isto equivale a 11 vezes mais do que se deve consumir diariamente.

De acordo com o Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes, divulgado pelo Ministério da Saúde em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o refrigerante ocupa o sexto lugar na lista dos 20 alimentos mais consumidos por adolescentes brasileiros. O alerta é de estudantes de Nutrição da Faculdade Pitágoras de Guarapari (ES), coordenados pelo professor Vítor Fernandes Bersot. Em artigo elaborado para fins acadêmicos na disciplina Educação Alimentar e Nutricional, eles alertam que refrigerante é considerado o pior líquido do mundo para consumo.

Refrigerantes de cola, os mais perigosos

Os estudantes explicam que os refrigerantes à base de cola possuem em sua composição uma substância chamada ácido fosfórico, que é utilizada para dar sabor e aumentar a vida útil da bebida, mas também pode causar envelhecimento precoce, além de reagir com o cálcio dos ossos e dentes, causando problemas derivados da deficiência deste mineral. Ele também possui outra substância, conhecida como caramelo IV, que é comprovadamente cancerígena.

Além de conter esses e outros ingredientes e substâncias tóxicas, há evidências de que pode colaborar para causar diabetes, doenças cardiovasculares, cárie, gastrite, insônia, hipertensão, infertilidade, entre outros problemas. Refrigerantes em lata contêm um agravante a mais, pois as latas de alumínio são revestidas por uma substância química chamada bisfenol, que interfere no funcionamento de hormônios humanos.

“É importante ficarmos sempre atentos, pois uma bebida que hoje é saborosa e prática, amanhã poderá ter um sabor bem amargo para o seu organismo. Substitua suas bebidas por sucos naturais, água de coco ou água mineral. Crie um hábito com potencial de salvar sua vida”, advertem.

Assinam o artigo os estudantes Amanda Frizeri; Antônio Otávio; Drielle Arpini; Erik Guerra; Guilherme Nascimento; Lavínia Reis; Lucas Ramos; Márcia Capato; Marcos Vinícius; Pâmela do Rosário; Regimeri Gaigher; Stella Braga; Suelen Betcher e Thiago Manfredi.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.