Pacientes e profissionais de saúde celebram Natal dentro de hospitais

Veja como foram as ações de Natal em hospitais da rede pública do Estado e do Município do Rio

Redação
Joyce com o filho Fábio, de 12 anos, internado desde o dia 15/12, ficaaram felizes com a visita (Foto: Divulgação SES)

As festas desse final de ano serão bem atípicas. Abraços, beijos e reuniões com amigos e familiares não são recomendados por causa da pandemia.  Apesar de todas as dificuldades, muitos hospitais, cientes de que a humanização faz parte do processo de tratamento e cura das crianças, estão encarando isso com criatividade, cumprindo todos os protocolos e diretrizes de saúde nacionais e internacionais.

Para levar um pouco de alegria para a criançada, nesta quinta-feira (24), às 9h, haverá a visita do Papai Noel, que fará uma distribuição de presentes aos pequenos pacientes do Sabará Hospital Infantil. E não para por aí. A equipe de Nutrição criou um cardápio especial para os pacientes e acompanhantes durante as datas comemorativas. 

No Estado do Rio de Janeiro, a rede pública estadual também preparou festas de Natal para os pacientes mirins. As crianças do CTI pediátrico do Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo (RJ), viveram um Natal antecipado na segunda-feira, 21. Elas foram surpreendidas pela visita do Papai Noel, que tirou fotos com elas e entregou os presentes doados por médicos, enfermeiros e funcionários da administração.

Joyce da Costa, mãe do paciente Fabio Rocha, 12 anos, ficou feliz ao descobrir a ação. Fabio estava na unidade desde a quarta-feira (16) para tratar uma apendicite e, segundo ela, ele passava “tempo demais” no celular sem ter qualquer outra distração. Para a mãe, crianças não gostam de ficar paradas, principalmente dentro de um hospital, e a visita do bom velhinho foi uma boa mudança na rotina.

A visita tira a criança de ficar presa no leito. Ninguém gosta de ficar no hospital. Então, é bom ter uma brincadeira e distrair a mente”, conta Joyce.   

Na manhã de terça-feira (22), houve distribuição de brinquedos para as crianças internadas no Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), no bairro da Penha, zona norte do Rio. Os cerca de 100 brinquedos, o suficiente para que cada uma das cerca de 35 crianças recebessem mais de um presente, foram doados pelos colaboradores das unidades do Complexo Estadual de Saúde da Penha. Esse é o segundo ano da ação.

Na quarta-feira (23), a homenagem de Natal foi para os pequenos pacientes internados no setor pediátrico do Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. A equipe de nutrição da unidade preparou lanches especiais para servir de maneira  bastante lúdica: os profissionais reciclaram potes de sorvetes que foram doados e os transformaram papais noéis recheados com o lanchinho especial (foto ao lado).

Funcionário se veste de Papai Noel desde 2013

Há 38 anos quando começou a trabalhar no setor de Radiologia do Hospital Municipal Jesus, Evaldo de Lima não imaginava que faria a diferença na vida dos pequenos pacientes além do trabalho como profissional de saúde. Desde 2013, Evaldo é também o Papai Noel que anima o Natal das crianças e leva, ainda, esperança para seus pais e familiares.

Na manhã desta terça-feira, essa esperança foi renovada, ainda mais no ano em que  a necessidade de distanciamento social altera as formas de interação e restringe as comemorações. Com presentes doados e higienizados, Evaldo, quer dizer, Papai Noel fez a festa no hospital.

Conto com a ajuda de toda a equipe do hospital para este trabalho incrível. São médicos, enfermeiros, técnicos, profissionais de laboratório, enfim, todos unidos para fazer está data ter um significado maior, com muita alegria” comemora o profissional. “É gratificante ver também que conseguimos colocar um sorriso nós rostos das mamães, que se enchem se esperança e posam pra fotos com seus filhos”, completa.

Natal também para os colaboradores da saúde

As crianças não foram as únicas que comemoraram o Natal em unidades públicas de saúde do Rio. Na rede estadual, a direção e os colaboradores das unidades da Secretaria de Estado de Saúde (SES) não deixaram o Natal passar em branco e comemoraram a data não só com pacientes, mas também com colaboradores.

Na segunda-feira (21), a direção do Complexo Estadual de Saúde Alberto Torres realizou um café da manhã natalino para os colaboradores. A direção do complexo explica que o objetivo foi reforçar o projeto de humanização das unidades de saúde. Além disso, cada funcionário também recebeu um panetone de presente de Natal. 

O assistente administrativo, de 24 anos, elogiou a iniciativa da unidade. “Acho que isso demonstra o reconhecimento pelo trabalho de todos. Muito legal este momento. Isso nos ajuda a relaxar um pouco em um momento tão complicado”, comentou.

A direção do Complexo Estadual de Saúde da Penha também presenteou seus funcionários com um cardápio especial para marcar a data. Para o jantar da véspera e o almoço de Natal foram servidos salada tropical e grão de bico com atum, chester assado, tender a califórnia, rabanada e outros pratos tradicionais.

Já no Rio Imagem, os colaboradores e parceiros foram homenageados com uma mensagem escrita pela direção e um kit lanche. Além disso, um saxofonista fez apresentações com músicas clássicas e modernas. 

Decoração de Natal – As demais unidades de saúde da SES também receberam a tradicional decoração natalina: o Hospital Estadual da Mãe de Mesquita, o Hospital da Mulher Heloneida Studart e o Hospital Estadual Azevedo Lima, na qual foi montada a árvore dos colaboradores (foto ao lado). 

Veja como foi a ação no Hospital Jesus pelo link
https://www.flickr.com/gp/150488965@N04/wZ03uZ.

Saxofonista embala entrada de Papai Noel em hospital no interior de SP

Safoxonista participa de visita a pacientes internados com Covid (Foto: Divulgação Royal Care)

Instrumentos musicais, sons e ritmo. Essas são algumas das ferramentas da musicoterapia que pode ajudar no tratamento de diversas doenças físicas e mentais e, também, aliviar alguns dos sintomas, como, por exemplo, dor e ansiedade. O potencial terapêutico da música pode ser aproveitado por pacientes de diferentes faixas etárias.

A musicoterapia pode melhorar o humor e a qualidade de vida de pacientes e, consequentemente, o processo de reabilitação. Esse tipo de terapia pode ajudar no enfrentamento da Covid-19, por exemplo, ao contribuir para o alívio da dor, da ansiedade e da fadiga.

Alguns pacientes não podem receber visitas e se sentem muito sozinhos nessa época do ano. Sabemos que a música ativa o sistema límbico do cérebro, região responsável pelas emoções e afetividade e isso traz um bem-estar para eles, pois a melodia pode ajudar a resgatar boas memórias”, explica Danilo Ribeiro, médico e diretor do Hospital Royal Care.

Segundo Dr. Danilo Ribeiro, a musicoterapia é um tratamento híbrido de saúde e ajuda o paciente em diversos aspectos da saúde, como desenvolver habilidades sensório-motoras, promover uma melhor orientação e atenção, aumentar a capacidade respiratória, melhorar os distúrbios de comportamento, entre outros.

Pensando nos benefícios e, também, em levar um maior bem-estar para os profissionais de saúde e os pacientes, nessa época de fim de ano, o Hospital de Transição Royal Care contou com a presença de um saxofonista em algumas apresentações durante o mês de dezembro, na unidade de Vitória e São José dos Campos.

Homenagem aos profissionais da linha de frente

Visita do Papai Noel também anima funcionários de hospital em São José dos Campos (Foto: Divulgação)

As apresentações, realizadas pelos músicos Sergio Rouver e Anderson, também serviram para homenagear todos os profissionais que atuam na instituição. Além das apresentações ao longo do dia, o saxofonista foi o responsável por embalar a entrada do Papai Noel, em uma visita que ele fez para os pacientes do Hospital de Transição do Royal Care, nos dia 11 e 15.

O pessoal fica muito contente com a chegada do Papai Noel, mesmo já tendo uma idade avançada. A magia do natal contagia e, por alguns momentos, eles se esquecem do que estão passando e vivem um momento especial”, finaliza Dr. Danilo Ribeiro.

Para Dayele Assis, diretora executiva do Grupo Royal Care, foi um dia especial. “Dia de trazer o espírito natalino para dentro do Hospital e agradecer a todos do time que se dedicam todos os dias nessa empreitada do CUIDAR. O clima do bom velhinho contagiou a todos e apesar de todas as restrições que o momento nos obriga, conseguiu tornar esse dia inesquecível nas nossas memórias”, completou.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais