Projeto de saúde mental abre 90 vagas para jovens e adolescentes do Rio

Confira uma série de atividades gratuitas na Semana Mundial da Saúde, além de eventos técnicos para profissionais de saúde na Agenda Positiva

Redação

A Secretaria Especial da Juventude do Rio (Juv-Rio) está com inscrições abertas para adolescentes e jovens interessados em participar de rodas de conversas focadas em saúde mental. O programa “Promover Para Prevenir em Tempos de Pandemia da Covid-19” é viabilizado em uma parceria com o Unicef e foi criado e implementado pela equipe de psicólogos e psicopedagogos da Asec Brasil – Movimento Saber Lidar, que atua desde 2004.

O objetivo da ação é promover o fortalecimento socioemocional e engajamento de adolescentes pela saúde mental e bem-estar e apoio psicossocial. Ao todo, são oferecidas 90 vagas . Os participantes terão acesso a quatro encontros de duas horas em que vivenciará ferramentas de acolhimento, autocuidado, para saber lidar consigo mesmo, ajudar outros jovens e lidar positivamente com os desafios do dia a dia.

A pré-inscrição pode ser feita até o dia 15. Mais informações pelo email projetosespeciais.juvrio@gmail.com. Acesse aqui.

Cruz Vermelha lança escuta psicológica emergencial

A saúde mental e o bem-estar dos profissionais que atuam em todos os setores do enfrentamento à Covid-19 é uma das preocupações da Cruz Vermelha Brasileir em todo o país. Em Minas Gerais, junto com a #FrenteDoBem, será lançada a Escuta Psicológica Emergencial, ação da área psicossocial da organização, com metodologia já aplicada em situações de resposta a desastres ou eventos de grande impacto. Com o mote “Não posso te abraçar, mas posso te escutar”, o serviço é totalmente gratuito.

Todos os profissionais dos hospitais visitados e do IML receberão as orientações para acessar o atendimento, se desejarem. Os demais agentes de linha de frente da saúde interessados podem acessar o link bit.ly/CVBprofsaude. Após se cadastrarem, terão acesso à linha direta, por telefone, para contato com equipe especializada de mais de 10 profissionais da Psicologia ligados à Cruz Vermelha Brasileira.

Como cuidar do adulto com deficiência intelectual na pandemia?

A pandemia trouxe um novo cenário para as famílias em todo o mundo e se tornou ainda mais desafiadora para pais e cuidadores de pessoas com deficiência intelectual. Para ajudar essas pessoas, o Censa Betim idealizou uma série de oito lives com profissionais especializados no atendimento a adultos com deficiência e autismo graves.

A primeira será no dia 6 de abril, terça-feira, às 20h, com o tema “Cuidando do adulto com deficiência intelectual severa na pandemia”. A transmissão ao vivo acontecerá no YouTube, com tradução simultânea em libras. O evento contará com a participação de Natália Costa, mestre em Psicologia e diretora da instituição.

A convidada é a psicóloga Denise Martins, mãe de Mariana, 37 anos, pessoa com deficiência intelectual e mental, e presidente da Associação Mineira de Amigos e de Pessoas com Epilepsia (Amae). Ela é membro consultor das Comissões de Defesa de Direitos da Pessoa com Deficiência e de Direito das Pessoas com Doenças Raras (CDRAROS), da OAB/MG.

Cursos gratuitos e lives sobre autismo

Durante o mês de abril, mês em que se promove mundialmente a visibilidade do autismo, o Instituto Singular vai oferecer cursos gratuitos e uma série de descontos em outras formações disponíveis. Além dos cursos, a ong oferece materiais gratuitos com dicas e outras informações em seu site.

A programação conta ainda com uma série de encontros online gratuitos com a presença de nomes influentes no tema. A série de encontros acontece pelo Instagram, no perfil da, fundadora do Instituto (@mayragaiato). O primeiro encontro aconteceu no dia 1 de abril, às 20h, com o lançamento do Curso Neurociências do Autismo.

Neste domingo (4) foi a vez de uma live collab com Thiago Castro, sobre a importância do pediatra no autismo. O tema da pediatria se estende para o dia 7, às 21h, em collab com a Pediatria Descomplicada, sobre sinais e sintomas precoces. No dia 12 de abril, às 18h, o Instituto realiza a collab ao vivo com o apresentador Marcos Mion, com o tema “E se fosse seu filho?”. O evento prossegue no dia 18, às 20h, em uma live com o youtuber, palestrante e músico Marcos Petry.

Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência

O Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência – mais importante e longevo evento de cinema sobre o tema -, realiza uma edição online e gratuita entre 10 e 14 de abril. Com uma seleção especial, serão exibidos 14 filmes premiados e consagrados anteriormente e dois brasileiros inéditos, além de quatro debates. Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc, apresentam o evento.

Cena de ‘Quem é o último’, média-metragem da Bielorrússia (Divulgação)

As produções – curtas, médias e longas-metragens – vêm de 11 países: Bielorrússia, Brasil, Canadá, Espanha, França, Irã, Israel, Moçambique, Mianmar, Rússia e Tailândia. Cada dia do festival terá uma temática, que motivam os debates: “Arte e Diversidade”, “Escola e Vida Independente”, “Vida Amorosa e Autonomia” e “Autismo e Neurodiversidade”, realizados após a segunda sessão de cada dia. Participam dos bate-papos pessoas com deficiência e profissionais que atuam diretamente com os temas trazidos pelos filmes, entre eles, diretores de produções nacionais.

Filmes e debates contarão com recursos de acessibilidade como a audiodescrição e as legendas LSE (para surdos e ensurdecidos), além interpretação em LIBRAS. Será distribuído gratuitamente por e-mail material didático com sugestões de atividades para professores e profissionais da área, inspirado nos temas retratados pelos filmes, podendo ser aplicadas tanto para alunos como para professores.

Os filmes estarão reunidos em sessões diárias, às 15h e 17h. Os debates acontecem sempre após a segunda sessão, às 19h e, para participar, será disponibilizado outro link no site do evento. Após a exibição do dia, as produções ficam disponíveis até dia 14, o último dia do festival.

O evento será presencial nas cidades do Rio de Janeiro, de Brasília e de São Paulo.   As inscrições para os filmes estão abertas até 12 de abril na plataforma FilmFreeway por este link. Para participar, basta entrar no site www.assimvivemos.com.br. Acesse a programação completa aqui.

SEMANA MUNDIAL DE SAÚDE

Avanço das vacinas x novas variantes: qual será o futuro da saúde no Brasil?

A programação especial para a Semana Mundial da Saúde, nos dias 6, 7 e 8 de abril, terá uma série de webinars e conversas com especialistas renomados do mercado. Promovido pela MV, empresa de desenvolvimento de softwares de gestão para a Saúde, o evento on-line e gratuito debaterá o primeiro ano de pandemia no Brasil, abordando temas relacionados às variantes do coronavírus, o avanço das vacinas e o que se pode esperar para o futuro da sociedade e da saúde no Brasil. 

Com expectativa de reunir mais de 5 mil espectadores, o encontro será transmitido às 20h no canal da empresa YouTube, e reunirá nomes como Denise Garrett, médica epidemiologista e vice-presidente do Sabin Vaccine Institute (Washington DC); Alexandre Kawassaki, médico pneumologista no Hospital Israelita Albert Einstein e Top Voice do Linkedin;  Filipe Prohaska, diretor médico na Infecto Associados do Recife; além de Paulo Magnus, presidente da MV, e outros convidados. A inscrição e a programação do evento estão disponíveis no link.

Aula inaugural da Fiocruz aborda reflexões sobre temas culturais

Brasis Brasil é o tema da Aula Inaugural da Fiocruz 2021, com apresentação do artista e músico Antonio Nóbrega. O artista fará um misto de palestra e recital para apresentar reflexões sobre temas culturais brasileiros, como diversidade e unidade cultural, a cultura erudita e a popular e a conexão entre cultura popular e a cultura globalizada.

O evento ocorre no dia 7 de abril – Dia Mundial da Saúde -, a partir das 9h30, com transmissão pelo canal da Fiocruz no YouTube. A abertura do ano letivo contará com tradução para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Nascido em Recife, Antonio Carlos Nóbrega é conhecido pela sua capacidade de expressar a pluralidade da cultura popular brasileira por meio de diversas linguagens artísticas. Divulgando sua arte por diversos países, o artista é um grande estudioso da música, dança, literatura e arte cênica. Nóbrega ajudou a implantar o Departamento de Artes Corporais na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e o Teatro Escola Brincante, em São Paulo, com cursos e oficinas para artistas populares.

Confira a programação

EVENTOS TÉCNICOS

Novidades sobre a Oncologia Pediátrica em congresso online

Entre os dias 7 e 10 de abril acontece o XVII Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica. Em função da pandemia mundial do Covid-19, a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope), desenvolveu o evento de forma totalmente online, com mesas redondas e debates para promover a interação entre os palestrantes e congressistas.

O evento reúne palestrantes nacionais e internacionais, como a pediatra e hematologista Catherine Bollard, e especialista em linfoma de Hodgkin, além de especialistas nas áreas de Oncologia Pediátrica, Cirurgia Pediátrica, Patologia, Radiologia, Hematologia, equipe multidisciplinar, enfermagem, e políticas públicas.

A programação conta com mesas redondas que abordam assuntos como novidades no tratamento dos tumores recidivados e refratários; avanços no tratamento da LLA PH+ pediátrica; fisiopatologia da SMD e papel do Estroma Medular. O futuro do tratamento da LMA infantil e indicações transfusionais em pacientes oncológicos e transplantados também serão abordados. As inscrições podem ser efetuadas pelo site do evento.

Live aborda panorama dos transplantes de fígado no Brasil

O Brasil é o país que mais realiza transplantes no sistema público. Nos últimos três anos, só em transplantes de fígado foram feitas cerca de 2.000 cirurgias por ano, das quais aproximadamente 700 no Estado de São Paulo. São cirurgias de alta complexidade feitas pelo SUS. Somente em 2020, o Hospital das Clínicas de São Paulo realizou 120 transplantes de fígado. Nos primeiros três meses deste ano, foram 45, com taxa de sobrevida de 93%.

Mas como esse excelente desempenho tem sido possível, mesmo com a crise sanitária da pandemia de Covid-19? Entre os fatores estão os protocolos de segurança, em especial para o setor de transplantes, e a importância da relação com as famílias de doadores e com os pacientes que estão na fila de espera por um órgão.

É o que explica o médico e professor Vinicius Rocha Santos (foto) na live sobre o panorama do transplante de fígado no Brasil que o Instituto Sócrates Guanaes (ISG) promove nesta terça-feira, 6 de abril, das 12h às 13h. Aos 48 anos de idade e 24 de Medicina, Dr Vinicius atua no Hospital das Clínicas e também no Hospital Regional de São José dos Campos, gerido pelo ISG. Acesse pelo Zoom. ID: 340 659 8448 / senha de acesso: 433 158.

O que afeta a mortalidade por Covid-19 e como a inteligência artificial pode ajudar?

A Kunumi, uma organização dedicada ao desenvolvimento de inteligência artificial (IA) e tecnologias emergentes junto ao meio científico, criou uma plataforma capaz de identificar as variáveis que impactam no número de mortes por Covid-19 no Brasil e no mundo. Por saber que a doença se comporta de formas diferentes ao redor do planeta, a Kunumi criou a ferramenta que compila e quantifica os fatores envolvidos número de óbitos por Covid-19. Dessa forma, é possível contribuir para a previsão e planejamento de ações de combate à expansão do contágio.

Para explicar os bastidores do desenvolvimento da plataforma, a Kunumi realiza o evento online “O que afeta a mortalidade por covid-19”, no dia 7 de abril, às 9h30. O objetivo do encontro entre pesquisadores e desenvolvedores da plataforma é debater questões apuradas após um ano de coleta de dados, levantando informações sobre o que a máquina é capaz de nos ensinar sobre o que vivemos e o que estamos para viver. Link para inscrição.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais