Reabilitação postural melhora a qualidade de vida e previne cirurgias

De uma hora para outra, Cláudia Carvalho acordou passando mal com dor na coluna e parou de mexer sua perna. Há dez meses usando cadeira de rodas, a estilista se viu em pé, pela primeira vez depois do trauma, em uma das sessões de tratamento do Espaço Para Viver Melhor, da Unimed-Rio, que realiza o acompanhamento de pacientes com doenças crônicas.

A história de superação de Cláudia, assim como a de Margot Hoffman, que carrega sequelas em sua perna direita de um quadro de poliomielite que a acometeu aos quatro anos, estão no primeiro episódio da websérie “O que o EPVM faz por você”, disponível no canal da Unimed-Rio no YouTube.

Localizado na Rua Pinheiro Guimarães 66, em Botafogo, Zona Sul do Rio, o Espaço Para Viver Melhor foi criado há seis anos com o objetivo de atuar na prevenção de doenças e melhoria da qualidade de vida. Com uma equipe formada por médicos, fisioterapeutas e professores de educação física, o espaço está focado em serviços de reabilitação postural e cardíaca, fisioterapia perineal e geral, além de dispensação de medicamentos.

De janeiro a junho, a unidade de reabilitação postural, que tem Cláudia e Margot como pacientes, recebeu cerca de 15 mil clientes em busca de melhoria de qualidade de vida e prevenção de cirurgias. “Para o fisioterapeuta, conseguir que a dor do paciente melhore e que ele volte às suas atividades diárias, melhorando também, como consequência, sua qualidade de vida, é muito gratificante”, diz Gabrielle Sidrim, coordenadora de Fisioterapia.

Do ano passado para cá, o EPVM mais que dobrou o número de atendimentos realizados, passando de 30 mil no primeiro semestre de 2016 para cerca de 66 mil no mesmo período de 2017. Os serviços oferecidos pelo espaço são exclusivos para clientes Unimed-Rio com indicação médica.

Fonte: Unimed Rio

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais