Rio monta hospital de campanha exclusivo para bombeiros e familiares

O Hospital de Campanha dos Bombeiros vai funcionar no Rio Comprido (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado do Rio de Janeiro anunciou que a partir desta segunda-feira (6) começa a funcionar o Hospital de Campanha do Corpo de Bombeiros, no Rio Comprido, ao lado do Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP). A decisão foi tomada pelo comando da corporação devido ao aumento do número de casos de coronavírus entre os bombeiros. Um gabinete de crise foi criado e uma das metas é a ampliação dos leitos e mais vagas para marcação de consultas no hospital.

O secretário de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Leandro Monteiro, explicou que a nova unidade vai oferecer vagas exclusivas para casos suspeitos ou confirmados da doença em auxílio ao hospital dos bombeiros.

O Hospital de Campanha vai oferecer atendimento emergencial aos bombeiros ativos, inativos e seus dependentes, contribuindo também para desafogar os hospitais públicos e privados. A reformulação no sistema de saúde dos bombeiros terá caráter definitivo, mesmo depois da pandemia – afirmou o oficial.

Para enfrentar o problema, foi criado um Gabinete de Crise no Corpo de Bombeiros. Foram trocados os comandos da diretoria de saúde da corporação e a direção do hospital. O gabinete, que já teve a sua primeira reunião, no sábado, é comandado pelo coronel Marcelo Pinheiro, chefe do Estado-Maior Geral do Corpo de Bombeiros, e conta também com oficiais dos setores administrativo, logístico e de finanças.

Estamos trabalhando para aumentar em caráter emergencial o número de leitos e de consultas, um antigo gargalo no hospital da corporação”, conclui o coronel Leandro.

RioSaúde contrata médicos para atuar na UPA Manguinhos

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da RioSaúde, está com processo seletivo aberto para a contratação de médicos por tempo determinado para a UPA Manguinhos. São ao todo 32 vagas para clínico geral com carga horária de 12 horas e vencimentos de R$ 4.411,65 (incluindo antecipação do acordo coletivo). O profissional pode optar também por fazer jornada de 24h ou 36h semanais, com o acréscimo proporcional do salário.

As inscrições vão até o dia 17 de dezembro e podem ser feitas online pelo site da RioSaúde (https://prefeitura.rio/rio-saude/processo-seletivo/), onde o edital 209/2020 também está disponível para consulta. Ou, se preferir, o candidato pode acessar diretamente o formulário de inscrição no link https://bit.ly/UPAManguinhos. A contratação é para início imediato.

Os profissionais serão admitidos com carteira assinada e todos os direitos trabalhistas garantidos pela CLT. Os contratos têm duração de um ano, podendo ser prorrogados por mais um ano.

Com Assessorias

Por Favor, Compartilhe!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais