Rio vai vacinar contra a gripe em farmácias

Público-alvo nesta ação até dia 30 são portadores de doenças crônicas não transmissíveis. Postos do Detran ampliam oferta. Veja como se imunizar com segurança

Redação
Farmácias e postos do Detran aplicarão a vacina entre os dia 27 e 30 de abril. (Foto: Mariana Ramos/ Prefeitura do Rio)

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), inicia nesta segunda-feira, 27/04, parceria com redes de farmácias da cidade para vacinar portadores de doenças crônicas não transmissíveis contra a gripe. Entre os dias 27 e 30, pessoas a partir dos 15 anos que estejam dentro do grupo poderão tomar a vacina gratuitamente em uma das 24 farmácias habilitadas das redes Venâncio, Pacheco, A Nossa Drogaria e na Farmácia do Leme.

A Drogarias Pacheco anunciou que iniciou a campanha de vacinação contra a H1N1 em quatro lojas na cidade (Barra da Tijuca, Botasfogo, Freguesia e Jardim Botânico), das 10 às 16 horas. É necessário que as pessoas apresentem documento com foto, pedido médico ou receita com a prescrição de medicamento para a doença. Confira aqui a relação das farmácias participantes.
Outra ação que acontece nesta semana (27 a 30/4) para ampliar a oferta de locais de vacinação é a parceira com o Detran, nos postos da Barra da Tijuca e Haddock Lobo, das 10h às 14h, que vacinará doentes crônicos, idosos que ainda não se vacinaram, caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo – todos com identificação. Além disso, a SMS mantém 233 salas de vacinação em toda a cidade em clínicas da Família e centros municipais de Saúde, funcionando das 8h às 17h.

Desde o início da Campanha de Vacinação contra a Gripe, em 23/03, cerca de 1,2 milhão de pessoas já foram vacinadas no municípios. A campanha acontece até o dia 22 de maio. São consideradas doenças crônicas doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesidade e pessoas com trissomia ou transplantadas.

Importância da vacinação

vacina contra a H1N1 não protege contra o Coronavírus, mas, sim, contra tipos de influenza. E, por isso, pode ajudar na assertividade do diagnóstico nos casos suspeitos de Covid-19. O causador da gripe é o vírus influenza que, diferente do resfriado, promove febre alta e sintomas bem mais intensos. Vale ressaltar a importância da vacinação, pois a composição da vacina é atualizada a cada ano, de acordo com os vírus circulantes. A imunização é formada por vírus inativados (vírus mortos e fracionados) e não existe, portanto, o risco de se adquirir a gripe por meio da vacinação.

Imunização com segurança

  • – Idealmente, mantenha distância de dois metros entre as pessoas da fila
    – Não cumprimente ninguém, inclusive os profissionais, com apertos de mão, beijos ou abraços
    – Evite ficar conversando com os outros na fila
    – Não toque nas paredes ou em outras superfícies
    – Reforce a etiqueta da higiene e não encoste as mãos no rosto
    – Busque sua vacina em horários alternativos

Com SMS e Drogarias Pacheco