RPG: como você mesmo pode prevenir problemas posturais

Fisioterapeuta francês Philippe Souchard mostra em livro como as autoposturas podem contribuir para a recuperação e manutenção do corpo

Redação

“Um músculo rígido é um músculo fraco”. A célebre frase do renomado fisioterapeuta francês Philippe Souchard, criador da Reeducação Postural Global (RPG), é levada ao pé da letra no campo desportivo. Tanto assim que os exercícios de autopostura tornaram-se uma prática regular entre os atletas. Mas, atualmente, os benefícios desse método não se restringem exclusivamente a eles. Qualquer pessoa pode executar as posições.

No livro Autoposturas da RPG – O método do Stretching Global Ativo (SGA) (96 pag., R$ 50,70), lançamento da Summus Editorial, Souchard mostra como as autoposturas, que podem ser feitas sem acessórios especiais, são eficazes na prevenção de problemas posturais. Ricamente ilustrada e com instruções simples e eficazes, a obra traz ainda autoposturas setoriais, que enfocam diferentes partes do corpo.

Depois que as autoposturas da RPG foram claramente sistematizadas e demostraram resultados satisfatórios entre os atletas, tornou-se evidente que também deveriam ser aplicadas aos trabalhadores. Algumas profissões sempre exigiram mais esforço. Outras são objeto de estudos mais recentes, visando, em particular, aos gestos repetitivos e aos prejuízos devidos à má postura prolongada. As consequências são as retrações musculares, que estão na origem de alterações da postura corporal”, afirma Souchard.

Atualmente, admite-se que 80% das lesões musculoesqueléticas são causadas por alterações na morfologia corporal. O caráter das patologias musculoesqueléticas dolorosas – que parece cada dia mais inevitável, segundo Souchard – é inaceitável no plano humano e seu custo econômico tornou-se alto. “O aumento da expectativa de vida só faz acentuar o problema: com a idade, a rigidez piora”, esclarece.

Diante dessa situação, atividades físicas são indispensáveis, sobretudo quando auxiliam, também, na redução de peso. Entretanto, elas não são isentas de inconvenientes, uma vez que a atividade concêntrica dos músculos durante a atividade esportiva provoca, igualmente, encurtamento nefasto do músculo.

Chegamos então à conclusão de que esses problemas podem ser resolvidos por meio das autoposturas da RPG. Seu acrônimo, o Stretching Global Ativo, impede a fixação dos inconvenientes das atividades cotidianas e previne seus malefícios”, conclui Souchard.

SOBRE O autor

Philippe Emmanuel Souchard é graduado em Fisioterapia pela École de Kinesithérapie do Hôpital des Enfants Malades, de Paris. É criador do método de Reeducação Postural Global (RPG) em 1980 e do Stretching Global Ativo (SGA) em 1994, tendo formado mais de 22 mil fisioterapeutas em diversos países, inclusive no Brasil.

É diretor-presidente da Université Internationale Permanente de Thérapie Manuelle (UIPTM) – que porta desde 1996 o selo de qualidade da Federação Francesa de Cinesioterapeutas Reeducadores –, presidente da Fundação Internacional de RPG e diretor-presidente do Instituto Philippe Souchard de Reeducação Postural Global (IPSRPG), com sede em São Paulo e no Rio de Janeiro. Autor de 19 livros, traduzidos para o português, espanhol, italiano, inglês, alemão e polonês, entre elesO diafragma (1989) e Respiração (1989), ambos publicados pela Summus Editorial. Está sempre presente durante as formações de RPG no Brasil.

SERVIÇO:

Título: Autoposturas da RPG – O método do Sretching Global Ativo (SGA)

Autor: Philippe Emmanuel Souchard

Editora: Summus Editorial

Preço: R$ 50,70 (Ebook: R$ 32,20)

Páginas: 96 (17 x 24 cm)

Onde comprarwww.summus.com.br / (11) 3865-9890

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.