Saúde integral do homem em tempos de pandemia é tema de live no Novembro Azul

26ª edição do projeto #PapodePandemia neste sábado (21) conta com a participação de urologistas, psicanalista e paciente

Redação

Amante da música e de viagens, João Baptista Genuncio trabalhou a vida inteira como analista de sistema, enquanto atuava também como maestro. Aos 85 anos e dono de uma vitalidade invejável, descobriu há cerca de cinco anos um câncer de próstata. Ficou triste, com medo das consequências do tratamento, mas a doença que tanto apavora os homens não o derrubou. E hoje ele vive sua vida normalmente, enquanto segue o tratamento. O aposentado é o personagem central da roda de conversa virtual que o Portal ViDA & Ação promove neste sábado (20/11), em homenagem a todos os homens no mês em que se celebra o Novembro Azul.

A 26ª live do projeto #PapodePandemia traz como convidados especiais os médicos urologistas Rodolfo Borges, coordenador do Departamento de Uro-Oncologia da Sociedade Brasileira de Urologia, e Rodrigo Frota, presidente da SBU-RJ. O psiquiatra e psicanalista Luiz Alberto Py trará sua experiência de mais de 50 anos de consultório para comentar sobre os impactos da pandemia na saúde emocional dos homens. O encontro acontece às 11 horas no Facebook do Portal ViDA & Ação.

Hoje aos 85 anos, João Baptista Genuncio enfrentou um câncer de próstata em 2016 (Foto: Divulgação)

O movimento mundial que alerta para a prevenção do câncer de próstata serve de pano de fundo para esta conversa sobre a saúde integral do homem nos tempos tão frágeis em que vivemos nessa pandemia. Afinal, se já não gostavam muito de ir ao médico, com a pandemia, isso piorou e pode colaborar para um agravamento nos quadros de infecção, se contaminados pela Covid-19. Pesquisas da SBU mostram que 55% dos homens deixaram de procurar um consultório, o que pode acarretar uma série de complicações e o agravamento dos quadros de saúde, ainda mais quando se trata de um diagnóstico de câncer de próstata.

No Rio de Janeiro a situação pode ser ainda mais séria, já que o estado possui a mais alta taxa bruta de casos (1 a cada 100 mil habitantes) dentre todos das regiões Sul e Sudeste do país. A expectativa para 2020 é de 66 mil novos casos da doença no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), mas, em virtude das medidas de distanciamento social e do medo da maioria em procurar um médico, o volume de registros pode ser reduzido este ano, porém, com projeção de alta em 2021, especialmente de casos mais graves e mortes pela doença.

A partir da campanha para prevenção ao câncer de próstata, falaremos da saúde do homem de maneira geral e da resistência em cuidar de si próprio, uma cultura do brasileiro que precisa ser derrubada. Sabemos que a Covid-19 mata mais homens que mulheres justamente por doenças pré-existentes, causadas muitas vezes pelo descaso com a própria saúde. Junto aos médicos urologistas, o Dr Luiz Alberto Py trará uma grande contribuição para discutirmos os aspectos emocionais, psíquicos, sexuais e comportamentais dos nossos ‘super-heróis’ nesses tempos em que todos estamos todos tão vulneráveis”, afirma a jornalista Rosayne Macedo, editora do Portal ViDA & Ação e apresentadora do #PapodePandemia.

A live especial deste sábado faz parte da série especial Novembro Azul que ViDA & Ação está produzindo durante o mês inteiro, com matérias diárias sobre a saúde do homem, como faz desde que foi lançado, há quatro anos. O site também ficou colorido de azul em homenagem a eles. “O câncer de próstata é uma das maiores preocupações, mas não é a única. Pesquisas indicam que os homens têm receio de ir ao consultório médico. Em consequência, o tempo de vida dos homens é historicamente mais reduzido que o das mulheres”, enfatiza Rosayne Macedo.

Para saber mais sobre o #PapodePandemia, acesse aqui.

In the news
Leia Mais