Setembro Amarelo: é urgente falar sobre suicídio

Em adesão à campanha nacional, ViDA & Ação abre sua Agenda Positiva desta semana com a programação de eventos sobre o tema

Redação

Setembro começa com uma programação para lá de necessária. Vamos falar de suicídio? Segundo o mais recente relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio a cada ano – uma taxa de 11,4 para cada 100 mil habitantes. Isso significa um suicídio a cada 40 segundos.

Não é de hoje que somos surpreendidos com alguns casos, seja de alguma celebridade ou de pessoas que, direta ou indiretamente, estavam próximas a nós. Ao longo deste Setembro Amarelo, dedicado à prevenção do suicídio, ViDA & Ação dará atenção especial ao tema delicado, porém, urgente e necessário. A sociedade está adoecendo e adoecida. E cada vez mais dá cabo da própria vida na tentativa de eliminar seus problemas.

É essencial ampliar o conhecimento para o público em geral sobre maneiras de enfrentar a ansiedade, a depressão e o próprio estresse cotidiano, ressignificando assim a vida. São gatilhos, mas com os quais é possível lidar sem desbordar”, salienta a coordenadora do NAP/FGV, Helena Giolito.

As palestras busca (re) alimentar a reflexão sobre o tema por meio de abordagem múltipla, que trate desde questões socioemocionais a fatores de risco, passando por saúde e bem-estar. Segundo ela, o trabalho do NAP dura o ano inteiro, com objetivo de trazer para a pauta de debates, temas e especialistas que venham contribuir com relevância para aprimorar a saúde mental dos  estudantes.

Em homenagem ao dia 10, considerado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, uma série de ações de esclarecimento estarão acontecendo no Rio de Janeiro e em outros lugares do país. Conheça algumas delas e envie sua programação para contato@vidaeacao.com.br.

VEJA A AGENDA DE EVENTOS:

Um app que oferece apoio emocional

Com supervisão de conteúdo da psicóloga Wanessa Lisboa,  a desenvolvedora de tecnologia Aline Bezoco criou o aplicativo “Tá tudo Bem?”, plataforma que já conta com 8 mil usuários ativos e mais de 10 mil downloads e oferece uma série de ferramentas de apoio. Uma delas é o botão de emergência que liga automaticamente para o Centro de Valorização da Vida (CVV) no telefone 188, uma lista de razões para viver, notificações diárias de apoio emocional, diálogo de gratidão, botão com técnicas rápidas de controle de respiração e contatos de emergência.
No dia 18 de setembro, as duas farão uma palestra “Vamos falar de prevenção ao suicídio”, das 14h às 16h, no miniauditório do campus Tijuca da UVA, Rua Ibituruna, 108, na Tijuca, zona norte do Rio. O evento será aberto ao público. O “Tá tudo Bem?”, disponível no IOS e em breve também no Android, é um app 100% gratuito. O objetivo do aplicativo é desmistificar o suicídio com informações e acesso direto e rápido à ajuda, a fim de eliminar tabus e preconceitos.
Aline teve a ideia do app quando ouviu um comentário preconceituoso sobre alguém que tinha tentado suicídio. “As pessoas minimizam a dor do outro e fazem chacota, quando na verdade sabemos, até pelos dados crescentes de aumento no número de casos, que o assunto é sério e precisa ser respeitado”, destaca. Wanessa, que se graduou há três anos na UVA, é terapeuta da Aline, e de pronto se voluntariou para ajudar a concretizar a ideia. “Para o app ter credibilidade era fundamental contar com a orientação e validação de um psicólogo e a Wanessa topou o desafio”, lembra Aline.

 

DIA 10

No dia 10, o Núcleo Pedagógico da Fundação Getúlio Vargas promoverá duas palestras, no Centro Cultural da FGV, na Praia de Botafogo. “Quem cuida das emoções cuida da vida: a arte de viver bem”, com Anna Oliver, do Instituto ValoraVita, e “Ansiedade x Entusiasmo: técnicas práticas para melhoria da qualidade de vida”, com Marcela Lobo e Francisco Ottoni, da Arte de Viver. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link: www.fgv.br/eventos/?P_EVENTO=4761&P_IDIOMA=0

DIA 4

Centro de Estudos da Casa de Saúde Saint Roman promove nesta quarta-feira, dia 4 de setembro, às 12h, uma palestra gratuita sobre o tema “Como prevenir o suicídio“, com a psicóloga Junia Vilhena, doutoranda, professora da PUC e pesquisadora na área de suicidologia. A Casa de Saúde Saint Roman fica na Rua Almirante Alexandrino, 1368 – Santa Teresa – telefone: 21-3861-8100.