Um em cada quatro brasileiros não se protege do sol

Rosayne Macedo

sol-verão-praia-cuidados-saúde

O verão é a época do ano mais cultuada pelos brasileiros devido às altas temperaturas, temporada de férias e viagens. Nesta estação, o sol é o rei e é em torno dele que os planos, passeios e celebrações são feitos nesta época do ano. Porém, dados da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) acendem o sinal vermelho no país tropical e bonito por natureza. Um em cada quatro brasileiros admite que poderia se proteger do sol, mas que não o faz – índice que aumenta para um a cada três entre os mais jovens com idades entre 18 e 29 anos. Além disso, 6% da população demonstra forte resistência, afirmando que não adotaria o hábito.

É o que constatou o “Panorama sobre Conhecimento, Hábitos e Estilo de Vida dos Brasileiros em relação ao Câncer”, pesquisa proprietária da  SBOC. O estudo identificou que a população ainda deixa a desejar nas atitudes preventivas, o que se torna ainda mais perigoso com a chegada do verão. A doença é a variedade mais comum entre os tumores, correspondendo a 30% de todos os casos malignos do País, de acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer).

A exposição ao sol é uma das principais causas relacionadas ao desenvolvimento, fato que é entendido por boa parte dos brasileiros, graças às grandes campanhas de prevenção, segundo a pesquisa. O levantamento mostra que o câncer de pele é um dos tipos mais conhecidos pelos brasileiros, sendo citado por 89% da população. O dado positivo é ainda mais relevante quando considerado que, além de conhecerem a enfermidade, também reconhecem sua causa direta: 83% dos brasileiros relaciona a exposição ao sol com o câncer.

“Não à toa, se proteger do sol foi a segunda atitude preventiva contra o câncer mais lembrada, sendo citada por 86% dos brasileiros, atrás apenas do antitabagismo”, diz a diretora da SBOC, Andreia Melo. Além disso, os mesmos 86% da população concordam que a exposição aos raios solares deve ser controlada desde a infância para evitar complicações na idade adulta. Os altos índices indicam que as diversas campanhas de prevenção tiveram efeito no nível de conhecimento. Entretanto, há uma diferença preocupante entre a teoria e a prática.

“A resistência da população a adotar comportamentos simples no seu dia a dia, como aplicar protetor solar sobre a pele, usar óculos escuros e chapéu é preocupante. Em alguns estados, essa atitude é especialmente prejudicial. No Tocantins, por exemplo, quase um a cada cinco habitantes afirmou que não mudaria suas atitudes preventivas no futuro”, alerta Melo. Além deles, pernambucanos, capixabas, catarinenses e rondonienses apresentaram altos índices de oposição a adotar hábitos preventivos em relação ao câncer de pele – cada um deles 10%. Por outro lado, paraibanos (87%), alagoanos (81%), sergipanos (80%) e gaúchos (80%) dizem já se protegerem do sol no seu dia a dia.

Nos últimos anos, diversas campanhas conduzidas por órgãos públicos, sociedades médicas e pelo setor produtor de protetores solares conscientizaram a população brasileira sobre os riscos dos raios ultravioletas e a importância de se proteger adequadamente, cuidando da pele diariamente.“É crucial que consigamos melhorar os índices de conversão de conhecimento em ação. Com a chegada do verão, nosso desafio é levar a população a adotar as medidas de prevenção necessárias durante toda a estação e que essas medidas sejam utilizadas também nas outras estações”, finaliza Melo.

Três dicas de como aproveitar o verão e se proteger do câncer

Durante a estação, é importante ficar atento aos cuidados necessários com a saúde, uma vez que a exposição ao sol e outros hábitos típicos podem ter papel importante no desenvolvimento de diferentes formas de câncer, como o de pele. Pensando nisso, a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) reuniu algumas medidas importantes para auxiliar na prevenção da doença.  Confira a seguir três passos simples, que estão ao alcance de todos e podem reduzir muito os riscos de desenvolver câncer ao longo da vida.

  1. Adote alimentos saudáveis em sua dieta

Já é conhecimento geral dos brasileiros que comer bem é um importante passo para prevenir o câncer. Segundo constatou pesquisa “Panorama sobre Conhecimento, Hábitos e Estilo de Vida dos Brasileiros em relação ao Câncer”, realizada pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), o, apenas 8% da população discorda da afirmação que comer saladas, frutas e legumes tem papel importante contra a doença. De acordo com o estudo, um em cada quatro brasileiros não come regularmente verduras, metade da população não ingere legumes cozidos e nove em cada dez brasileiros não come castanhas, alimentos essenciais para a prevenção da doença. Enquanto isso, 50% da população afirmou que bolos e doces fazem parte de sua dieta. Entretanto, a verdade é que a alimentação do brasileiro poderia ser bem melhor.

“A importância de ter uma dieta balanceada é que castanhas, leguminosas, frutas, cereais e folhas possuem nutrientes que fortalecem a defesa do corpo, podendo, por exemplo, inibir a chegada de compostos cancerígenos às células. Além disso, durante o verão, a ingestão de alimentos mais leves ajuda a circulação do sangue e a digestão. Portanto, durante os dias quentes da temporada, busque acrescentar mais opções saudáveis ao seu cardápio”, orienta Dra. Clarissa Baldotto, diretora da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica.

2. Hidrate-se sempre e cuidado com as bebidas alcóolicas

Com as altas temperaturas do verão, o organismo perde mais água, fazendo com que a necessidade de ingestão de líquido aumente. Porém, com a chegada das confraternizações de fim de ano, é comum que as bebidas alcóolicas ocupem mais espaço na hidratação da população do que a água: dois em cada cinco brasileiros ingerem álcool em maior ou menor grau, de acordo com a pesquisa da SBOC.

“Apesar de termos identificado por meio do estudo que a ingestão de álcool é reconhecida pela população como um fator de risco, sete a cada dez brasileiros dizem saber que beber aumenta o risco de desenvolver alguma forma de câncer, há uma resistência muito grande contra abandonar o hábito. Ao todo, 11% da população diz que não evitaria o consumo de álcool. Para evitar complicações ao longo da vida, prefira, sempre que possível, hidratar o corpo com água e sucos naturais, principalmente, durante o verão”, diz Dra. Clarissa Mathias, diretora da SBOC.

 3 . Pratique exercícios, mas sempre se protegendo do sol

Nos últimos anos, estudos científicos atestaram que indivíduos que mais se exercitaram apresentaram um porcentual menor de diversos tipos de câncer como o esofágico, fígado, pulmão, cólon e mama. Entretanto, o que o Panorama descobriu é que os brasileiros deixam a desejar nesse quesito. Ao todo, 50% da população diz não praticar qualquer atividade física. O problema é ainda mais grave entre as mulheres (56%) e pessoas acima de 50 anos (54%).

A boa notícia é que, com a chegada do verão, dias de sol e praia, o número de pessoas exercitando-se, especialmente ao ar livre, tende a aumentar. O hábito é ótimo – desde que com a proteção adequada contra o sol. Segundo a pesquisa da SBOC, se proteger do sol é citado por 86% dos brasileiros como uma atitude preventiva importante. Porém, um em cada quatro brasileiros admite que não o faz – índice que aumenta para um a cada três entre os mais jovens com idades entre 18 e 29 anos.

“Para não substituir um hábito maléfico pelo outro, é importante sempre se proteger do sol, aplicando protetor solar sobre a pele, usando óculos escuros e chapéu para evitar o câncer de pele, variedade mais comum entre os tumores no país”, diz a Dra. Andreia Melo, diretora da SBOC

Fonte: SBOC, com Redação

1 Comment
  1. […] O verão está de graça no Rio de Janeiro neste início de ano… Depois do dia radiante de segunda-feira, o primeiro de 2018, nadica de dias ensolarados por aqui. E até uma chuvinha típica, típica de São Paulo, teima em cair… A previsão é de um janeiro mais chuvoso, com temperaturas mais amenas – para desespero de muitos turistas, e, claro, dos cariocas, que como eu, detestam dias nublados. Porém, a qualquer momento o astro rei pode dar o ar da graça. E é preciso estar preparado.  Afinal, proteger a pele contra os raios solares é fundamental durante todas as estações do ano, mas é no verão que esses cuidados precisam ser redobrados. Pesquisa mostra que apenas um entre cada quatro brasileiros se protege efetivamente do sol. […]

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.