‘Um sol pra cada um’: campanha alerta para perigos do verão

Ação da Fundação do Câncer na Ponte Rio-Niterói alerta, de forma bem humorada, para os riscos da exposição excessiva ao sol

Verão é época de temporada de memes: ‘amizades sinceras com donos de piscinas’, ‘maçarico ligado’, ‘um sol para cada um’, ‘dormir numa piscina de gelo’… Surfando na onda do bom humor, a Fundação do Câncer lança a campanha ‘Neste verãofiltro solar, sombra e água fresca’, para alertar motoristas e passageiros que cruzam a Ponte Rio-Niterói.

A ação conta com a atriz e comediante, Evelyn Castro, famosa pelo humor afiado no Porta dos Fundos. Na pele da personagem Deusa, ela também diverte o público na novela Quanto Mais Vida, Melhor, da TV Globo. Na campanha, Evelyn chama a atenção para algo bem sério, quando o tema é saúde: a prevenção do câncer de pele, tipo mais comum entre os brasileiros. Somente para 2022 são estimados mais de 8.400 novos casos de câncer de pele melanoma e mais de 176 mil do tipo não melanoma no país.

A campanha conta com a parceria da Ecoponte, que divulga diversas ações de controle da doença, realizadas pela Fundação do Câncer. Foram instalados dois painéis nos dois sentidos na Ponte Rio-Niterói, com um recado curto e direto da atriz: previnam-se! Também foram instaladas chamadas iluminadas nas cabines de pedágio. O objetivo é atingir especialmente quem sai do Rio em busca das praias da Região Oceânica de Niterói e Região dos Lagos durante a temporada.

“Especialmente em um país como o Brasil, com seu extenso litoral, onde as temperaturas são extremamente altas e com muita gente passando férias, a exposição ao sol forte e por períodos prolongados não é recomendada. A pele recobre toda a anatomia humana, é o maior órgão que temos, e por isso a atenção deve ser incentivada”, destaca Luiz Augusto Maltoni, médico e diretor-executivo da Fundação do Câncer.

“Como concessionária de uma rodovia muito procurada pelos veranistas que seguem em direção às praias da Região dos Lagos, temos como obrigação levar as mensagens de cuidados com o câncer de pele. Ao passar pela Ponte Rio-Niterói ou acessar nossas plataformas de comunicação, nossos usuários terão muitas informações sobre como prevenir e identificar a doença”, disse Matheus Fernandes, diretor superintendente da Ecoponte.

Tipos de câncer de pele mais comuns

A prevenção do câncer de pele é simples, desde que a população adote medidas importantes como o uso de protetor solar, chapéus e roupas com fator de proteção aos raios ultravioletas e evite a exposição prolongada ao sol entre 10 e 16 horas, período de maior incidência dos raios ultra-violetas, que provocam mais danos à pele. É importante também não esquecer a hidratação.

O número de mortes apontadas pelo Ministério da Saúde em decorrência de câncer de pele melanoma, em 2019, foi de 1.978, sendo 1.159 homens e 819 mulheres. Com relação ao tipo de pele não melanoma, foram 2.616 mortes, sendo 1.488 homens e 1.128 mulheres no mesmo ano, como apontam dados mais recentes disponíveis no site do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

O câncer de pele melanoma é, entre os tipos da doença na pele, o mais agressivo. A exposição à radiação solar, câmaras de bronzeamento e a falta de proteção adequada da pele estão ligadas ao seu aparecimento. A ocorrência do melanoma é mais notada pelo aspecto escuro da lesão. O formato irregular de pintas, seu crescimento e o surgimento de descamação também são características do problema. É importante ter atenção.

Leia mais

Entre a vitamina D e o câncer de pele: o sol como mocinho ou vilão
Brasil registra 46 mil casos de câncer de pele a cada ano
Vai viajar? Não esqueça do kit de proteção contra o câncer de pele

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais