Filosofia ou exercício? Uma conexão entre pais e filhos

Referência do Ashtanga Yoga no Brasil, professora lança ‘O Pequeno Yogue’ para incentivar prática na infância

Redação

Muitos iniciantes do yoga pensam que a atividade é só física, um movimento para o corpo. O yoga aumenta a força, o equilíbrio e a resistência, mas surpreende aqueles que se tornam praticantes pela abrangência emocional da filosofia. Os conceitos do estilo Ashtanga Yoga, criado por Sri Krishna Pattabhi Jois um dos maiores iogues da nossa era, estão ligados à evolução completa do ser.

Dany Sá, professora autorizada nível 2 de Ashtanga Yoga e instrutora de famosos como Fernanda Lima, é prova disso. A ex-bailarina profissional garante que encontrou o caminho para a mudança no yoga. Com quase 70 mil seguidores no instagram, Dany já realizou sete viagens à Índia para recarregar suas energias e aprimorar seus conhecimentos com seu guru Sharath Jois, neto de Sri Krishna Pattabhi Jois.

Referência em Ashtanga no Brasil, Dany fez a revisão técnica e prefaciou a versão nacional da mais importante obra já escrita sobre o tema, Yoga Mala, publicada pela Editora Mantra do Grupo Editorial Edipro. Traduzido diretamente do sânscrito, os conceitos são esclarecidos para o leitor de forma cuidadosa, para que eles não apenas passem o entendimento cognitivo, mas despertem níveis mais profundos de consciência espiritual.

Conheça mais sobre a filosofia que mudou completamente a vida de famosos como Gisele Bündchen, Giovanna Ewbank, Sabrina Sato e até Madonna.

Benefícios para pais e filhos

Um dos motivos para o yoga ser unanimidade no mundo é todos os seus benefícios a curto, médio e longo prazo. A prática ancestral, nascida na Índia, propõe a ampliação da consciência e espiritualidade – para um melhor estilo de vida individual, mas também para desenvolver a saúde global.

Quando realizada com regularidade, a prática é capaz de trazer relaxamento e tonicidade ao corpo e positividade à mente, além de melhorar a memória, concentração, criatividade, disposição física e o nível de energia vital como um todo. Considerada uma filosofia milenar, os inúmeros benefícios impactam na vida de todos, independentemente de idade, gênero, raça, condição social, etc.

Mas é na primeira infância que formamos nossos hábitos para a vida. E quando a prática é iniciada quando criança os resultados são mais efetivos, pois influenciam e ajudam no desenvolvimento cognitivo e físico dos pequenos.

É o que garante  Débora Cristina S. C. Molon, professora formada pela Escola de Yoga Shanti Om e autora da obra O Pequeno Yogue. No livro, Debora apresenta de forma lúdica e didática a milenar filosofia, além de 13 posturas do yoga que podem ser praticadas por qualquer criança. Praticante de

O yoga não só traz a chance de criarmos o hábito da prática de exercícios, como também proporciona a mães e filhos a oportunidade de viver e expressar o amor que flui das profundezas do seu ser, produzindo em todos uma sensação de paz e alegria”, afirma Débora, praticante de yoga desde 2012 é também membro da Sociedade Teosófica.

Entre as inúmeras vantagens de introduzir o yoga ainda na primeira infância está: o maior controle da ansiedade e do estresse; a melhora a concentração e equilíbrio; facilita o foco nas atividades e no aprendizado escolar; aumenta a flexibilidade, deixa a musculatura forte, melhora o sistema imunológico; trabalha a respiração; melhora a qualidade do sono; estimula o conhecimento do corpo. Além de fazer bem para a autoestima, desenvolver a empatia, o respeito pelo próximo, a não violência e amor próprio.

Uma maneira de incentivar a prática é buscar nos livros uma forma lúdica de introduzir as posições. Como na obra O Pequeno Yogue, lançada este ano com o selo Mantra, do Grupo Editorial Edipro, as posições são apresentadas com ilustrações didáticas e uma ferramenta para introduzir o yoga na vida dos pequenos.

Débora lembra que a milenar filosofia é bastante presente no Brasil e instrutores e estudiosos de yoga costumam produzir material de qualidade em lives sobre a prática, aulas on-line e gratuitas, onde compartilham os ensinamentos. Pessoas de todas as idades podem experimentar e levar essa sabedoria milenar para vida.

Yoga mala: um guia sobre a Ashtanga Yoga

Com um catálogo de sucessos em vendas publicados sobre a filosofia oriental, a Editora Mantra, do Grupo Edipro apresenta “Yoga Mala”, considerado o mais importante e detalhado guia já elaborado sobre Ashtanga Yoga. Escrita por Sri K. Pattabhi Jois, responsável por trazer o Ashtanga para o Ocidente há mais de 20 anos e ser a força motriz da divulgação mundial da filosofia, a obra é um cuidadoso manual para o leitor desenvolver o fluxo energético do corpo.

Em “Yoga Mala”, Pattabhi Jois descreve os princípios éticos que estão por trás do Ashtanga Yoga. Além de explicar seus termos e conceitos, o leitor aprenderá com um dos maiores iogues da nossa era por meio das Saudações ao Sol e pela primeira série, composta de 42 asanas, a executar cada postura passo a passo e quais são os benefícios que cada uma proporciona. “Yoga Mala” também faz uma introdução à natureza atemporal da prática, com base no vinyasa, a coordenação entre respiração e movimento.

Esta edição apresenta textos introdutórios dos renomados R. Sharath Jois, neto e detentor de linhagem do Ashtanga Yoga; Eddie Stern, mestre de ioga, autor e palestrante nova-iorquino; e Dany Sá, professora autorizada pelo Instituto de Ashtanga Yoga Kpjayi, na Índia e o grande nome do Ashtanga Yoga no Brasil hoje.

 “Yoga Mala é, sem dúvida, a referência de todo o conhecimento transmitido por Pattabhi Jois. Ele descreve os oito passos da ioga, o Ashtanga Yoga, de maneira clara e objetiva, sempre com base nas escrituras antigas da Índia, como as Upanishads, os Yoga Sutras de Patanjali, o Hatha Yoga Pradipika, o Bhagavad Gita.” Dany Sá – professora autorizada pelo Instituto de Ashtanga Yoga Kpjayi, na Índia.

“Mala é um termo em sânscrito que significa guirlanda. […] O mala que o Guruji oferece é de uma antiga tradição, sagrado como uma prece e perfumado como as flores. […] Assim como o japamala adorna o pescoço, e o pushpamala adorna os deuses, essa guirlanda da ioga, quando praticada com diligência, adorna todo o nosso ser com paz, saúde, luz e, por fim, autoconhecimento.” Eddie Stern – mestre de ioga, autor e palestrante nova-iorquino, disseminador das técnicas e da filosofia do Ashtanga Yoga.

“Yoga Mala” é um conjunto impressionante de técnicas muito poderosas para a transformação e libertação espiritual do praticante.

Ficha técnica
Editora: Mantra
Assunto: Yoga
Preço: R$ 45
Número de páginas: 160

Sobre o autor: Sri K. Pattabhi Jois (1818-1883) foi filósofo, sociólogo, jornalista e revolucionário. Nascido na Prússia, relegou à História obras que contribuíram para as ciências sociais e econômicas, em especial relacionadas ao trabalho e ao modelo de produção capitalista. Estudou nas universidades de Bonn e de Berlim, logo começando uma carreira jornalística em publicações políticas radicais. Em Paris, conheceu Friedrich Engels, que se tornou um grande amigo e seu maior colaborador. Exilado, mudou-se com a família para Londres em 1849 e engajou-se em campanhas de promoção do socialismo, assumindo um papel central na Associação Internacional dos Trabalhadores.

Textos introdutórios:

  1. A. Nikam. Professor e mestre em Ciências Humanas, vice-reitor da Universidade de Maiçor, Índia.
  2. Yamunacharya. Mestre em Ciências Humanas, ex-membro do Departamento de Filosofia da Universidade de Maiçor, Índia.

Prefácio: R. Sharath Jois. Professor, praticante e detentor da linhagem do ashtanga yoga na tradição de seu avô K. Pattabhi Jois. É diretor do Instituto Shri K. Pattabhi Jois Ashtanga Yoga, anteriormente Ashtanga Yoga Research Institute, em Maiçor, na Índia.

Texto sobre o autor: Eddie Stern. Professor de yoga, autor e palestrante da cidade de Nova York nos Estados Unidos. É conhecido por sua abordagem multidisciplinar para promover a educação e o acesso ao yoga, bem como por sua experiência no ensino do ashtanga yoga.

Prefácio e revisão técnica da edição brasileira: Dany Sá. Professora autorizada nível 2 pelo Instituto de Ashtanga Yoga Sri K. Pattabhi Jois (KPJAYI), na Índia. É aluna de Sharath Jois, sucessor de Pattabhi Jois e diretor do instituto, com quem aprende há anos os ensinamentos e os fundamentos da prática. É uma das principais representantes do ashtanga yoga aqui no Brasil, onde tem desenvolvido seu trabalho ensinando esse método com seriedade e dedicação nos últimos anos.

Tradução: Priscila Catão. É tradutora literária e tem formação em vinyasa yoga. Já traduziu grandes mestres do advaita vedanta, como Sri Ramana Maharshi, e atuou como intérprete em workshops de renomados professores do ashtanga yoga, como Kino MacGregor e Mark Robberds.


Veja aqui vídeo aula de Débora ensinando a prática da Yoga para os filhos. Para saber mais sobre o livro O Pequeno Yogue acesse  https://bit.ly/37J7Ia9