Vigilantes do Peso lança +leve, novo conceito para emagrecer com saúde

vigilantesDesde que parei de fumar, faz uns 18 anos, passei a conviver com o drama do chamado “efeito sanfona” (#quemnunca?). Já experimentei de tudo: dieta da sopa, dieta da proteína, dieta do abacaxi, dieta da sopa, dieta detox…  Mas a que mais me identifiquei foi com a dieta proposta pelo Vigilantes do Peso: foram 17 quilos em um ano e meio, com disciplina, mas sem grandes sacrifícios. Recomendo a todos que entendem que emagrecer não é nenhuma fórmula mágica, mas exige comprometimento, força de vontade e muito foco.

Agora uma novidade: o programa de emagrecimento queridinho de muita gente está lançando um novo conceito em emagrecimento saudável: o +leve. O novo programa leva em conta que, muito além da balança, é preciso conquistar bem-estar e, de fato, uma vida mais equilibrada e feliz. Afinal, alcançar e manter-se no peso ideal é o desafio de muita gente. Mas não basta menos calorias no prato: fazer exercícios físicos e cuidar do bem-estar também fazem parte do processo de perda de peso.

O + leve se baseia em três pilares: aderir a uma alimentação saudável, manter o corpo ativo e despertar a mentalidade positiva. “Esse novo programa já foi lançado em outros países, como os Estados Unidos, e os resultados foram muitos positivos. Adaptamos para a realidade brasileira e apostamos que também será um sucesso no Brasil. É a grande novidade para quem quer estar em forma no verão”, comenta o diretor do Vigilantes do Peso no Brasil, Rodrigo Strickland Faro.

Segundo ele, o novo programa defende o conceito de ‘alimentação consciente’. “Quando você reserva um momento para a refeição e presta atenção nesse momento e apenas em seu prato de comida, algo muito bom acontece: você começa a ficar satisfeito comendo menos”, comenta.

Mais sobre o novo programa

O + leve conta com o apoio do aplicativo do Vigilantes do Peso, que será reformulado, e é um grande aliado dos associados no dia a dia. Na parte nutricional, o + leve traz novas receitas e sugestões de cardápios. No plano alimentar, a grande mudança é que o associado pode optar por contar pontos, pelo tradicional sistema ProPontos, ou seguir a nova modalidade Express, o que torna o programa ainda mais flexível.

Aliás, o Express é a maior novidade: pela primeira vez em mais de 15 anos os associados podem seguir um programa “sem contar pontos”.  O + leve traz ainda quatro livros principais: ‘Comer’, ‘Correr’, ‘Sorrir’ e o novíssimo Express. Os associados são convidados a se planejar e recebem dicas, por exemplo, de como montar um estoque saudável em casa, como comer fora e também utensílios de cozinha que facilitam o preparo de alimentos saudáveis.

Um capítulo inteiro é dedicado aos ‘acompanhamentos inteligentes’, como legumes picantes assados, purê de batata, cenoura e inhame e cuscuz de couve-flor. Os molhos também merecem atenção especial. Além disso, o novo programa é mais fácil de ser seguido por quem não come glúten, já que indica os alimentos sem glúten.

As reuniões semanais, ponto alto do programa, que funcionam quase que como uma “terapia de grupo”, continuam as mesmas no novo programa e são conduzidas por orientadoras treinadas – que emagreceram e aprenderam a manter o peso saudável com o Vigilantes do Peso. Eu vou experimentar… E você?!

Confira algumas dicas do ‘+ leve’

– Monitore tudo – Monitorar o que você come ajuda na perda de peso, promove a conscientização sobre o que e o quanto está comendo e ajuda você a manter-se firme em sua cota diária. É uma das ferramentas mais efetivas para uma perda de peso sustentável e duradoura.

– Planeje-se –  Confiar apenas na sua força de vontade pode ser uma estratégia arriscada. Planejar suas refeições com antecedência é uma forma de prevenir o caos, assim, você não corre o risco de fazer escolhas ruins, geralmente acompanhadas de muitas unidades ProPontos, simplesmente pela falta de planejamento.

– Monte um estoque saudável – Exemplos: Carne bovina magra crua cortada em bifes separados ou em peças pequenas para picar ou moer: alcatra, contrafilé, patinho. Ervas frescas lavadas e secas, armazenada em embalagens plásticas sem ar: alecrim, manjericão, salsa e cebolinha. Frango, carne branca magra crua: peito sem osso, sem pele e sem gordura. Água de coco natural. Leite desnatado ou semidesnatado: depois de aberto. Queijos light: cottage, queijo-de-minas frescal com 0% de gordura

Pratique a alimentação consciente

  • Vá com calma. Faça seu almoço durar mais de 10 minutos.

• Mantenha o foco em seu prato, não na tela. Isso significa nada de TV, computador, celulares e tablets e nada de trabalho.

• Se puder, coma à mesa (e nunca de pé!)

• Mastigue bem. Após cada garfada, solte os talheres.

• Fique atento às texturas, aromas e sabores. Aproveite para descobrir ou redescobrir alimentos novos e diferentes

• Espere 20 minutos antes de repetir uma refeição. Demora um pouco para o seu sistema digestório mandar um sinal de “estou satisfeito” para o seu cérebro.

• Torne esse processo da “hora da comida” um ritual e não uma rotina.

Neste link, você pode acessar cardápios, receitas e outros materiais do novo programa: https://goo.gl/LPjlOQ

Saiba mais sobre o +leve no site do Vigilantes do Peso

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais