Diagnóstico precoce do câncer infantil aumenta chances de cura

Instituto Ronald McDonald comemora resultados de programa que aumentou em 23% os encaminhamentos de pacientes mirins para tratamento

Redação

Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (23 de novembro) alerta para a importância do diagnóstico precoce da doença para garantir a saúde e o bem-estar de milhares de crianças e jovens. Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostram que, para o biênio 2018-2019, serão registrados, para cada ano, 12.600 novos casos de câncer em crianças e adolescentes até 19 anos – mais de uma ocorrência por hora.

Vencedor do prêmio de Melhor ONG em saúde e classificada entre as 100 melhores ONGs do Brasil, uma iniciativa da Época e do Instituto Doar, Instituto Ronald McDonald comemora os resultados do programa Diagnóstico Precoce apontaram os seguintes indicadores nos locais capacitados: aumento de 23% nos encaminhamentos de crianças e adolescentes com suspeição da doença para um serviço especializado, e diminuição de 61% (de 13 para 5 semanas) do tempo de trajetória da criança entre a suspeita e o diagnóstico.

Somente o programa Diagnóstico Precoce já promoveu, desde 2008, a capacitação de mais de 15 mil profissionais de saúde, responsáveis pela cobertura de quase 18 mil crianças e adolescentes de 0 a 19 anos em 14 estados brasileiros. A casa também oferece os programas de Atenção Integral, Espaço da Família Ronald McDonald e Casa Ronald McDonald -, que possibilitam o diagnóstico precoce, encaminhamento adequado e atendimento integral e de qualidade para os jovens pacientes e seus familiares.

Novembro também é o mês da solidariedade

No dia 27 de novembro, o país inteiro vai se mobilizar pelo #DiadeDoar, uma campanha nacional que promove um Brasil mais generoso e solidário. A data estimula que toda a sociedade se engaje com uma causa e a apoie por meio de doações. O Instituto Ronald McDonald conta com algumas fontes de arrecadação, entre elas a doação de pessoas físicas, por meio de doação pontual ou recorrente via o site da instituição: www.institutoronald.org.br/

– O câncer é a maior causa de morte entre crianças e adolescentes por doença. Como causa geral, a patologia só perde para as causas naturais. Em 2001, quando fizemos o primeiro planejamento estratégico do Instituto, levantamos pontos cruciais para mudar a realidade dessa doença junto às instituições que ajudaram a criar a ONG. O primeiro deles foi a importância de a criança ser tratada por um oncologista pediátrico, pois ela tem um sistema biológico singular – explica Chico Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald.

Conheça as campanhas de arrecadação

Para captar recursos e continuar com suas frentes de apoio a hospitais e programas de assistência, o Instituto também realiza campanhas e eventos, que permitem a contribuição de pessoas e empresas. Confira cada uma delas:

McDia Feliz:Todos os anos, no último sábado do mês de agosto, todo o valor arrecadado com a venda do sanduíche Big Mac é destinada a projetos de instituições que trabalham em benefício de adolescentes e crianças. Há a venda de tíquetes antecipados e somam-se à renda os produtos vendidos pelo Instituto, como camisetas e canecas.

Cofrinhos: Os cofrinhos que ficam ao lado dos caixas nos restaurantes McDonald’s ajudam a salvar vidas. As moedinhas depositadas ali são destinadas ao Instituto e, apenas em 2017, foram arrecadados mais de 3 milhões de reais.

Jantar de Gala:Criado no Brasil em 2009, o evento reúne anualmente cerca de 500 convidados, entre empresários, executivos, artistas e personalidades. Todas as empresas que doam recursos financeiros poderão deduzir do Imposto de Renda o valor da doação, como despesa operacional, respeitando o limite de 2% do lucro operacional.

Torneio de Golfe: O Invitational Golf Cup é um dos maiores e torneios de golfe beneficente da América Latina. O evento é realizado anualmente e reúne cerca de 300 participantes. A arrecadação do torneio – feita por meio de patrocínio e doações – beneficia o Programa Atenção Integral.

Doações Pessoa Física e Apoio Empresarial: O Instituto oferece a opção de pessoas físicas e empresas contribuírem de forma única ou mensal. O cadastro é feito pelo http://institutoronald.org.br/como-ajudar-criancas/#apoio-empresarial

Números relevantes de 2017

33,8 milhões arrecadados.

75 projetos apoiados em 21 estados + DF.

58 instituições beneficiadas.

26 mil atendimentos a crianças e adolescentes com câncer e seus familiares por meio dosprojetos apoiados.

405 mil crianças e adolescentes cobertas em todo o Brasil.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.