Inscrições abertas para cursos gratuitos de cuidadores de idosos

Pulseira para identificar doentes crônicos; atendimento a preços populares em universidade; serviços gratuitos em escola de samba. Veja as novidades da Agenda Positiva

O Rio de Janeiro é uma das 14 cidades brasileiras que vão receber um curso gratuito de cuidadores de idosos ao longo deste ano. A iniciativa é promovida pela Central Nacional Unimed, pelo sexto ano consecutivo, desta vez em parceria com o Senac. A primeira turma a ser aberta será em São Paulo, com início em 23 de março. No Rio, as aulas começam dia 4 de maio e as inscrições podem ser feitas a partir de 5 de abril neste link aqui.

A carga horária do curso conta com três encontros presencias de 20 horas aula e 60 horas de ensino à distância (EAD), totalizando 80 horas aula. O curso tem duração de oito semanas e oferece 40 vagas por turma. O curso também será oferecido nas cidades de Salvador, Brasília, São Luís, Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Porto Alegre, Belo Horizonte, Vitória, Fortaleza, Curitiba, Goiânia e Manaus.

O interessado deve possuir o ensino fundamental completo para se matricular. O curso tem como público-alvo pessoas que já atuam na área, mas não possuem a qualificação necessária. As aulas abordam tanto conteúdo técnico quanto vivências de interação social com o idoso e seus familiares.

O curso de cuidadores já formou 921 alunos, sendo que cerca de 70% já concluíram a formação com um emprego na área. A iniciativa faz parte do programa Unimed Ativa, cujo objetivo é garantir o bem-estar e a qualidade de vida para pessoas acima dos 60 anos.

O projeto conta também com o Núcleo de Qualidade de Vida onde são oferecidos exercícios como ginásticas geriátricas, aulas rítmicas cognitivas, alongamento, danças e demais atividades que proporcionem o bem-estar dos idosos. Ambas são abertas ao público, tanto para clientes quanto não clientes. Mais informações: www.centralnacionalunimed.com.br.

Rio terá pulseira para identificar doentes crônicos e idosos

Pessoas com Alzheimer, Mal de Parkinson, epilepsia, autistas e idosos e outros em situação de vulnerabilidade terão direito a receber do Governo do Estado uma pulseira de identificação. A determinação é da Lei 8.311/19, de autoria do deputado Filipe Soares (DEM). O texto foi sancionado pelo governador Wilson Witzel e publicado no Diário Oficial do Poder Executivo de sexta-feira (15/03).

De acordo com a norma, a pulseira deverá conter um código para o acesso de informações como o nome do portador, endereço, telefone para emergências, alergias a medicamentos, tipo sanguíneo e doenças preexistentes. O acessório, que deverá ser feito de material resistente, à prova d’água e de difícil remoção, será distribuído gratuitamente pelo Governo do Estado, que será responsável pelo cadastro dos interessados.

Escola de samba oferece serviços gratuitos de saúde

Nem só de Carnaval vive a quadra do Salgueiro. Nesta quinta (21) o Centro Médico que funciona no espaço que abriga os ensaios e shows da Academia do Samba, reabre suas portas com consultas gratuitas para a comunidade. Coordenado pela médica Vilma Araújo, o projeto já existe há 18 anos e conta com atendimento feito por médicos voluntários. Entre as especialidades oferecidas estão urologia, dermatologia, acupuntura, psicologia, fisioterapia e oftalmologia.

O projeto é totalmente voltado para a comunidade carente. Antes do atendimento, é realizada uma triagem dos pacientes, para avaliar o caso e real necessidade daquela família. Todos os médicos atuam gratuitamente no projeto, e com um atendimento de excelência”, diz Dra Vilma, que está no comando do Centro Médico há 12 anos.

 

Atendimento popular em universidade no Maracanã

O  Centro de Saúde da Universidade Veiga de Almeida (CSVA), no bairro Maracanã, Rio de Janeiro, retoma os atendimentos ao público em geral, mediante o custo apenas referente ao material utilizado. São tratamentos odontológicos em geral, prótese e cirurgias, reabilitação oral; atendimento em fisioterapia traumato-ortopédica, reeducação postural global (RPG), pilates, neurologia, pediatria, hidroterapia, reabilitação pulmonar e fisioterapia respiratória.

Já no ambulatório de fonoaudiologia, são realizados tratamento de voz, linguagem, motricidade orofacial, disfagia, fala, distúrbios de aprendizagem, exames, entre outros. O Centro de Saúde também oferece atendimentos ligados à área de nutrição. Os atendimentos são realizados pelos alunos dos últimos períodos dos cursos de Odontologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Nutrição, sob a supervisão dos professores.

O serviço funciona de segunda a sexta, das 7h às 22h na Praça da Bandeira, 149. É necessário agendamento prévio pelo telefone: (21) 2502-3238

Serviços gratuitos de saúde em shopping de Bangu

Neste sábado, dia 16 de março, das 9h às 13h, acontece mais uma edição do Unisuam em Ação, dessa vez, no Bangu Shopping. O público terá acesso a serviços gratuitos de utilidade pública, como aferição de pressão e glicose, além de ações socioeducativas e preventivas, orientação vocacional e palestras sobre carreiras.

O curso de Pedagogia vai promover uma série de atividades lúdicas. Já o curso de Nutrição vai oferecer orientação nutricional para crianças e adultos, bem como informações sobre os rótulos alimentares. Para os pais relaxarem, o curso de Estética e Cosmética oferece maquiagem e SPA das mãos.

O público poderá aproveitar ainda, as apresentações de trabalhos e maquetes dos alunos de Arquitetura e atividades de observação de lâminas ao microscópio com informações sobre doenças parasitárias.

Arte Teatro Terapia abre inscrições

Arte, teatro e terapia, juntos, são capazes de estimular a expressão, a espontaneidade, a comunicação e a criatividade. Potencializar estes recursos para proporcionar uma abordagem mais direta de autoconhecimento é o objetivo do Arte Teatro Terapia, vivência em grupo que acontecerá no Centro Cultural Casa Rio, em Botafogo (Rua São João Batista 105), sempre às terças-feiras, com duração de 1h30 cada encontro.

A proposta do projeto, que tem início dia 26 de março, é a aplicação da psicologia a partir de vivências em grupo, mediadas pela arte, com ênfase no teatro, em um ambiente externo aos consultórios terapêuticos e repleto de cultura. A iniciativa também propõe a experimentação de uma vivência coletiva que possibilite, no encerramento dos grupos, a apresentação de esquetes, peças de teatro curtas, protagonizada pelos participantes.

Os encontros serão guiados pela psicóloga, arteterapeuta e atriz Adriana Karla Rodrigues e pela também atriz e pós-graduanda em História da Arte Nanah Garcia. As atividades serão sempre mediadas pela arte e desenvolvidas de formas prática e lúdica, com desenho, pintura, fotografia colagem, dança, literatura, artes cênicas, e demais formas de expressões artísticas.

Haverá três grupos distintos, por faixa etária ou afinidade. No Transborda, a partir de 18 anos, é indicado para quem busca autoconhecimento e deseja ampliar suas possibilidades criativas e viver a experiência terapêutica mediada pela arte.

O Grupo Quirom: o curador ferido foi pensado para pais, mães, psicólogos, professores, cuidadores, profissionais de saúde e outros. Destinado àqueles que se dedicam a cuidar do outro, e por vezes, esquecem-se de cuidar de si. No Grupo Melhor Idade serão compartilhados conhecimentos de quem já viveu muitas histórias. Mais informações e inscrições: (21)98265-9000.

Maternidade inaugura Centro de Parto Natural

Foi-se o tempo em que as mães planejavam o parto cesárea, muitas vezes estimuladas pelo seu próprio obstetra. Ter um filho de parto natural está se tornando cada vez mais uma rotina nas maternidades. Para oferecer mais conforto e um parto mais tranquilo às mães, a Perinatal Laranjeiras acaba de inaugurar, em sua unidade, o Centro de Parto Natural.

São três salas, externas ao Centro Cirúrgico, equipadas com  infraestrutura para realização de partos naturais. O espaço conta com banheira para relaxamento, hidromassagem, cromoterapia, aromoterapia, cadeirinha, barra e gancho no teto para os exercícios de relaxamento.

As salas foram planejadas de modo a facilitar o acesso ao Centro Cirúrgico da unidade, caso haja alguma emergência. “Possuímos uma Política de Segurança, e caso ocorra alguma urgência, a equipe médica está apta a intervir”, afirma a diretora de operações da Perinatal Laranjeiras, Regina Gonzalez.

Segundo ela, ao nascer, o bebê não vai para o berçário. “Todas as mensurações e primeiros cuidados são realizados naquela acomodação. Nem durante a transferência para o quarto mãe e filho se separam. Ali já estimulamos a primeira mamada, valorizando a ‘Hora de Ouro’. Esse método preserva o contato e elo entre o binômio, incentiva a produção de leite e tranquiliza a paciente”, explica.

Qualidade da atenção na saúde privada em pauta

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realiza nesta quarta-feira (20) o Fórum ANS sobre Qualidade da Atenção na Saúde Suplementar. O evento acontece das 9h30 às 18h30, no auditório da Confederação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), localizado na Avenida General Justo, 307/9º andar, no Castelo, Centro do Rio de Janeiro.

No evento, serão discutidos os seguintes assuntos: modelos de remuneração baseados em valor na saúde suplementar; programas de indução da qualidade (projetos Parto Adequado, Atenção Primária em Saúde e Idoso Bem Cuidado); e rede de atenção oncológica na saúde suplementar (Projeto OncoRede).  O Fórum também será transmitido via Periscope (@ANS_reguladora).

PELO PAÍS

Ação no Dia Mundial da Disfagia

A disfagia é uma alteração no trajeto do alimento da boca até o estomago colocando o paciente em risco de adquirir pneumonia, desnutrição e podendo chegar até ao óbito. é uma doença caracterizada pela dificuldade de engolir e atinge hoje no Brasil 16% da população entre 70 e 79 anos e 33% dos pacientes acima de 80 anos. Em pacientes internados pode chegar a 47% acima dos 80 anos, segundo dados do livro Disfagia no Idoso, editora Booktoy. Os sintomas mais comuns são tosse, engasgo, sensação de alimento parado e pigarro. Em alguns casos acontece a disfagia após processos operatórios.

“O tratamento é feito mediante avaliação fonoaudiológica estrutural e funcional, terapia com exercícios de motricidade oral. Como o tempo de recuperação pode variar de paciente a paciente mostrar soluções para uma boa alimentação durante o processo é fundamental”, afirma Juliana Venites, fonoaudióloga da Clínica Nobre e doutora pela Escola Paulista de Medicina e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – seção São Paulo.

No DiaMundial da Disfagia, lembrado em 20 de março, a Nobre Saúde, especialista na transição e retaguarda de pacientes que necessitam da continuidade do tratamento hospitalar, realiza a ação “Comer com Alegria mesmo com Disfagia”.  A ideia do evento é mostrar para familiares e pacientes receitas saborosas e fáceis para odia a dia de quem sofre com o problema.

SERVIÇO: 

Programa de TV esclarece sobre a esclerose múltipla

A esclerose múltipla acomete cerca de 35 mil pessoas no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla – ABEM. Entre os diagnosticados, a maioria é mulher e, geralmente, na faixa etária mais ativa da vida, entre 20 e 40 anos. As pessoas que convivem com essa condição ainda enfrentam um cenário de muito desconhecimento.

Para mudar este contexto, a TV Cultura e a Roche Farma promovem uma edição especial do Roda Viva, que reúne médicos, pacientes e associações de pacientes para discutir quais ações podem melhorar a realidade da doença no país. O programa tem veiculação exclusivamente online e está disponível aqui.

A ação visa incentivar o debate sobre esclerose múltipla e facilitar o acesso ao conhecimento sobre a doença. Pretende também alertar sobre a relevância do diagnóstico precoce e destacar os seus sintomas – como distúrbios visuais e a fadiga.

O conteúdo, que tem como objetivo principal promover o entendimento sobre a condição, foi dividido em dois momentos: um programa direcionado ao público, que tem como compromisso alertar e conscientizar a sociedade sobre os sinais da doença; e uma edição destinada aos profissionais de saúde, que visa fomentar discussões mais científicas acerca da importância de tratar a enfermidade da forma correta.

Impedir a progressão da doença, incentivar a chegada de novas tecnologias para o tratamento, reforçar o papel do cuidado multidisciplinar e importância de empoderar o paciente foram alguns dos temas abordados. Outro assunto também discutido foi a função da participação social para mudar a realidade da doença no país.

Os avanços tecnológicos e a inovação contribuem constantemente para a medicina e para o campo da saúde como um todo, e é justamente por isso que a discussão acerca deste tema deve se manter sempre em alta.

Da Redação, com Assessorias

Por Favor, Compartilhe!
4 Comments
  1. […] Inscrições abertas para cursos gratuitos de cuidadores de idosos […]

  2. Eu moro em Recife queria muito participar do curso já só da área de cuidadora uma coisa que eu amo fazer

  3. Boa tarde
    Tenho interesse no curso de cuidadora de idoso.

  4. Boa tarde!!!

    Gostaria muito de fazer o Curso de Dança Sênior, achei incrível o curso de cuidador de idosos que me parece que está contemplando a dança.
    Somos uma equipe de voluntários que iniciaremos um trabalho no Abrigo de idosos com oficinas em Campo Grande Rio de Janeiro, necessitaríamos de um curso específico com idosos.
    Nesse sentido gostaria de estar informada quando abrir o curso de cuidador quando for no Rio de Janeiro.

    Sou Solange Cruz
    Tel. 99312-6499
    979106180
    Na certeza de receber o retorno…Agradeço desde já!!!!!!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais